quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Fim das férias

Câmara e AL retomam trabalhos esta semana

Com o fim do recesso parlamentar, iniciado em dezembro de 2017, chegou a hora de voltar ao dia a dia no plenário das casas legislativas. Na Câmara Municipal de Fortaleza, o retornos dos trabalhos acontece na quinta-feira, em sessão marcada para às 9 horas com a presença do Chefe do Executivo. Na Assembleia Legislativa, o ano começa na sexta-feira com a presença do governador Camilo Santana.
Os trabalhos este ano, no entanto, serão marcados por eventos como a Copa do Mundo e as eleições gerais que tendem a deixar o ano “mais curto”. Além disso, o carnaval já garante aos deputados e vereadores uma folga na semana seguinte à volta das atividades.
Com a experiência de quem já foi presidente da Câmara Municipal, o vereador Acrísio Sena (PT), pondera, no entanto, que a Casa “ terá um papel primordial” no acompanhado das principais demandas da população.

“A Câmara continuará o papel de diálogo e debate em 2018. Mesmo se tratando de um ano eleitoral para deputados estaduais e federais, senadores, governador e presidente, os vereadores não deixarão de ter o seu protagonismo nos trabalhos”, ressalta.
Já falando sobre uma atuação dos vereadores, em conjunto, Acrísio cita questões da alçada do Executivo estadual. “Temos muito o que ajudar, principalmente o governador Camilo Santana, nos dois grande desafios do estado do Ceará: Primeiro, a necessidade da recomposição do sistema hídrico que, se não chover ou não nao tiver alternativas viáveis, poderá entrar em colapso e, pra isso, a transposição é imprescindível. Depois, no tocante a segurança, que eu creio que não é um problema particular apenas do Ceará, embora a gente evidencie o crescimento do número de assassinatos e isso nos preocupa, mas, da mesma forma que existe uma política nacional para educação e saúde, está na ordem do dia, é primordial a implementação de uma política nacional de Segurança Pública”, pontua.
Para o vereador Célio Studart (SD), o foco deve estar nas questões municipais. “Certamente, a prioridade é a saúde pública. É a grande queixa da população, em nível igual a violência. Porém, nos debates da Câmara Municipal, até por competência municipal, a saúde pública deve ser o assunto mais pautado para que as cobranças dos vereadores surtam efeito na gestão”, afirma.
Eleições
Vereador de primeiro mandato, Studart admite que o debate eleitoral deve contaminar os discursos nas casas legislativas. “A questão fundamental deste ano é que os políticos, pré-candidatos ou não, compreendam que os anseios da sociedade, em um país que amargura uma grande crise econômica e política, avalia.
Mas, no caso da Câmara Municipal, a avaliação geral dos próprios vereadores ouvidos pelo jornal O Estado é de que os trabalhos não devem ser prejudicados, uma vez que menos de 10% dos parlamentares serão candidatos em 2018. Entre os nomes que já confirmaram presença na disputa estão o do presidente da Casa, vereador Salmito Filho (PDT) e o da vereadora Larissa Gaspar (PPL).

Em entrevista ao O Estado, Larissa avaliou que os trabalhos não serão prejudicados por eventos como a Copa do Mundo e as eleições gerais. “A casa deve tratar todas as questões com muita dedicação, não devendo a eleição ou outro evento, como a copa, influenciar na qualidade dos trabalhos legislativos”, ressalta.
AL retoma trabalhos com presença de Camilo
Já no caso dos deputados estaduais, o retorno dos trabalhos acontece na sexta-feira (02) com a realização de sessão solene, às 10 horas. O governador Camilo Santana já confirmou presença. O rito tradicional começa com a chegada do chefe do Executivo, que passa a tropa em revista antes de ser recebido por uma comissão de líderes formada por deputados estaduais. O presidente da AL, deputado Zezinho Albuquerque, abrirá a sessão, convocando uma comissão de parlamentares que será formada para encaminhar o governador ao plenário. Camilo Santana ocupará a tribuna da Casa onde fará a leitura da mensagem governamental com o balanço dos últimos três anos de gestão e as propostas para 2018. Em sua fala, o governador pedirá o apoio do Legislativo para a aprovação de matérias “de interesse da sociedade”. A expectativa é de que, após a solenidade, Camilo convide os deputados para um almoço no Palácio da Abolição, sede do governo estadual, seguindo a tradição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...