domingo, 29 de setembro de 2013

Do blog do Fabricio Moreira

MANIFESTANTES PARAM RODOVIA 282 EM ICÓ.



Uma manifestação pacífica e com apoio da sociedade icoense, ocorreu na última sexta-feira(27), quando entidades comunitárias, moradores do conjunto Gama, servidores públicos, agricultores, clubes de serviços, estudantes, comerciantes, profissionais liberais, e lideranças políticas, interditaram a Rodovia Estadual 282, que liga o município de Icó à Iguatu.

A rodovia, no acesso ao conjunto Gama, tem uma das maiores estatísticas de acidentes automobilístico da região, que chama atenção, pelo número de óbitos ocorrido nos últimos anos.
O ato público teve por objetivo chamar a atenção das autoridades estaduais para a necessidade de ampliação da rodovia que é estreita, não tem acostamento e apresenta tráfego elevado de veículos.
Os manifestantes conduziram cruzes de madeira, cartazes e faixas no ato público que teve como tema central ‘Pela valorização da vida em Icó’. Eles vão encaminhar ao Departamento Estadual de Rodovias (DER) documento solicitando o alargamento da rodovia, construção de ciclovia, redutores eletrônicos de velocidade e melhoria na sinalização.
De acordo com a organização do protesto, de janeiro a setembro deste ano, foram registrados 421 acidentes no trecho de cerca de seis quilômetros de extensão entre a Ponte Piquet Carneiro, sobre o Rio Salgado, e a localidade de Gama, no Perímetro Irrigado Icó – Lima Campos. Desse total, foram registrados quatro óbitos.
“Esse trecho transformou-se na estrada da morte”,disse a contadora, Eliane Soares dos Santos.
“Já encaminhei junto ao governo a nossa preocupação quanto à gravidade e número de óbitos desta rodovia. Irei, novamente, tratar o assunto e exigir uma resposta mais rápida e concreta face a situação registrada”, disse o Deputado Neto Nunes.
(Com Honório Barbosa).

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...