sábado, 27 de novembro de 2010

Deu no Diário do Nordeste

Bando ataca a cidade de Monsenhor TabosaCriminosos agiram com violência e atiraram contra viatura da PM. Foi o 26º ataque do mesmo tipo do Interior cearense

Pela 26ª vez neste ano, bandidos armados invadem uma cidade do Interior cearense, rendem os poucos policiais responsáveis pela segurança do lugar e atacam a agência bancária utilizando armas de grosso calibre e mantendo inocentes como reféns. O palco agora, e pela segunda vez em 2010, foi a cidade de Monsenhor Tabosa (a 320Km de Fortaleza).

A ação dos ladrões teve início por volta de 4 horas, quando a cidade ainda estava às escuras, mas os primeiros clientes do banco já estavam na frente da agência, pois era dia de pagamento de benefício para trabalhadores rurais aposentados.

Bala

Segundo informações colhidas pela Polícia, a quadrilha, integrada por cerca de dez homens que usavam capuzes, dividiu-se na hora da ´operação´. Parte seguiu para a sede do destacamento da PM onde havia apenas três militares.

Os três soldados foram surpreendidos pelos assaltantes, que já chegaram atirando nos pneus da única viatura que havia ali. Depois, atiraram também contra a sede do Projeto Pró-Cidadania, que auxilia na segurança da cidade.

Segundo o cabo PM Lopes, que comandava o destacamento da PM, os ladrões fizeram ainda duas pessoas como reféns antes de atacar o posto policial. "Esse casal vinha avisar a gente que a cidade estava sendo invadida, mas os bandidos pegaram ele antes", afirmou o militar.

No banco, outra parte da quadrilha agiu também com violência, destruindo a bateria de caixas eletrônicos com tiros de escopeta calibre 12. As portas de vidro da agência também foram danificadas pelos disparos. A ação durou quase 40 minutos.

Depois de apoderar-se de todo o dinheiro que havia no BB, os ladrões decidiram fugir. Sumiram da cidade em dois veículos. Um deles seria um Gol branco e o outro, um jeep modelo Vitara, de cor azul.

Sequência

Somente depois que os ladrões desapareceram, os policiais militares tiveram condições de ligar para os destacamentos das cidades vizinhas e pedir apoio. Mais tarde, policiais do 7º BPM (Crateús) e do Comando Tático Motorizado (Cotam) chegaram a Monsenhor Tabosa para dar início às buscas aos assaltantes.

Este foi o 26º ataque a banco desta forma no Ceará, sem contar com outros delitos como arrombamentos, que totalizam 31 ações criminosas em 2010.

Setores de Inteligência reuniram-se na tarde de ontem junto com os comandos de forças especiais para traçar novas estratégias de combate aos assaltos a bancos no Interior.

Além de Monsenhor Tabosa, já ocorreram ataques a banco, neste ano, em cidades como Pedra Branca, Banabuiú, Novo Oriente, Palhano, Aiuaba, Saboeiro, Nova Russas e Orós.

FERNANDO RIBEIRO
EDITOR DE POLÍCIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pauta pra hoje

Ministros da Justiça e da Defesa chegam para avaliar as ações contra o motim de policiais Os ministros Fernando Azevedo e Silva (Defesa),...