sábado, 29 de fevereiro de 2020

Diplomata à frente do meio ambiente


Diogo Schelp
Diplomata ficará a cargo de combate a mudanças climáticas, diz Salles

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, diz que o diplomata de carreira Marcus Paranaguá, atualmente conselheiro na embaixada do Brasil em Buenos Aires, será o novo chefe da Secretaria de Relações Internacionais, encarregada do combate às mudanças climáticas. "Ela passará a se chamar Secretaria de Clima e Relações Internacionais e terá um perfil mais executivo", diz Salles. O diplomata assumirá o cargo em maio e, até lá, as funções serão desempenhadas por um interino da própria equipe do ministério. A secretaria era comandada desde janeiro de 2019 pelo também diplomata Roberto Castelo Branco Coelho de Souza. Na quarta-feira (26), foram publicadas as exonerações de Souza, de seu vice e de um coordenador. Segundo Salles, Roberto Castelo Branco saiu por motivos de saúde. "Aproveitamos e mudamos tudo", diz o ministro. Trata-se de uma área sensível para a atual gestão do Ministério do Meio Ambiente, que é acusada por ONGs e governos estrangeiros de não cooperar nos esforços contra o aquecimento global. Roberto Castelo Branco chegou a ser vaiado em agosto do ano passado em um evento em Salvador (BA), ao apresentar dados de desmatamento. Ele teve de sair escoltado do simpósio.
 

Foto - Marcos Paranagua é esse senhor ai, ao lado de quem estou numa tarde friorenta de NY.

Assembleia pronta pra trabalhar hje e amanhã




Presidente da AL faz convocação extraordinária para debater proibição de anistia a militares


Reunião entre o presidente José Sarto e deputados estaduais, nesta sexta-feira (28/02) Reunião entre o presidente José Sarto e deputados estaduais, nesta sexta-feira (28/02) Foto: José Leomar
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto (PDT), atendendo envio de mensagem do governador Camilo Santana (PT), anunciou, na noite desta sexta-feira (28/02), convocação do Poder Legislativo para a realização de sessão extraordinária neste sábado (29/02), às 9h, a fim de dar início à tramitação de Proposta de Emenda Constitucional que proíbe a anistia para militares que se envolvam em movimentos ilegítimos de paralisação ou motim.
"Teremos, a partir de amanhã, a primeira sessão extraordinária, estendendo para sessão no domingo, segunda e terça, cumprindo todo o processo legal", explicou Sarto. Segundo o parlamentar, se for necessário, é possível haver pedido de urgência e quebra de interstício para tramitação da matéria, que pode até ser votada neste fim de semana.
O presidente da AL lembrou que há um debate no Congresso Nacional sobre a anistia para militares. "O próprio ministro da Defesa salientou de forma muito clara que quem vai entrar na força militar já entra sabendo que é inconstitucional fazer greve, porque é um serviço armado e essencial", ressaltou.
"No momento, é preciso que se reafirme que não haverá anistia, pois não são policiais militares, são bandidos usando balaclava e arma para aterrorizar a população cearense. Estamos garantindo que aqueles que cometeram abusos e excessos certamente terão seu processo legal, com direito ao contraditório, que sejam responsabilizados e que não possa haver anistia para quem cometeu crime dessa natureza", avaliou o presidente do Poder Legislativo.
Na mensagem 8.491/2020, o governador Camilo Santana ressalta que a medida é necessária "diante da gravidade e dos prejuízos que tais movimentos, ilegítimos por natureza, acarretam para toda a sociedade cearense, em evidente desrespeito à ordem jurídica e constitucional".
Na sessão extraordinária sábado, os deputados também deverão votar mensagem 8.485/20, também de autoria do Poder Executivo, que altera a Lei nº 14.101, de 10 de abril de 2008, para fixar novo piso salarial aos agentes comunitários de saúde vinculados ao estado do Ceará.
(Da Agência de Notícias da AL)

Opinião

- Quando um comando é fraco, os subalternos são covardes". Coronel Cintra ex comandante geral da PM do Ceará.

Bom dia


Eis que o sábado começou assim em Fortaleza.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Capa do jornal OEstadoCe


O dia


Está no UOL


Bolsonaro ataca jornalista e alfineta Congresso: "Não consigo aprovar lá"

Do UOL, em São Paulo
27/02/2020 20h23Atualizada em 27/02/2020 23h14
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) atacou duramente a jornalista Vera Magalhães durante transmissão ao vivo realizada na noite de hoje pelas redes sociais.
A jornalista foi a primeira a noticiar que Bolsonaro teria compartilhado vídeos no WhatsApp que convocam a população a participar de manifestações em favor do governo e contra o Congresso Nacional e o STF (Supremo Tribunal Federal), marcadas para 15 de março. Ela, então, passou a ser hostilizada por bolsonaristas e teve até mesmo dados pessoais divulgados nas redes sociais.

Durante a live, Bolsonaro disse que Vera divulgou apenas prints da mensagem e que o vídeo, em questão, era de convocação para uma manifestação de 2015.
"É um vídeo que eu peço comparecimento do pessoal no dia 15 de março de 2015 que, coincidentemente, também cai no domingo. Então, em cima disso, você fez uma matéria que eu estaria disparando WhatsApp pedindo na manifestação, no dia 15 de março, agora", disse Bolsonaro.
Realmente, o dia 15 de março de 2015 ficou marcado por uma série de manifestações contra a corrupção. Porém, diferentemente do que diz o presidente, Vera Magalhães divulgou, sim, o vídeo de quase 1min29seg —e não só uma print— em seu perfil nas redes sociais e em sua coluna no BR Político, do jornal O Estado de S. Paulo. Nas imagens, Bolsonaro aparece já com a faixa presidencial e ao lado da primeira-dama, Michelle. A imagem em que Bolsonaro leva uma facada, durante ato de campanha em setembro de 2018, também aparece no vídeo.
Ainda durante transmissão, Bolsonaro usa termos como "eu não sou da sua laia" e "toma vergonha na cara" para se dirigir à jornalista.
O presidente ainda repetiu frase que havia proferido contra outra jornalista, Patricia Campos Mello, da Folha de S. Paulo, na semana passada, dizendo que Vera Magalhães "queria dar o furo, um furo de reportagem". À época das ironias contra Campos Mello, Bolsonaro foi criticado por órgãos e associações de imprensa, entidades de defesa do direito da mulher e por políticos.
O compartilhamento de vídeos pelo presidente da República contra o Congresso e o STF também foi criticado, inclusive pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e por ministros do Supremo, como Celso de Mello.

"Tenho vergonha na cara. Espero o mesmo do senhor"

Minutos depois, Vera Magalhães respondeu aos ataques de Jair Bolsonaro também através das redes sociais.
"O presidente Jair Bolsonaro me atacou na live semanal e, antes, na porta do Alvorada. 'Já que você é mulher, se eu falar qualquer coisa vão falar que eu estou agredindo as mulheres, tenha mais vergonha na cara'. Eu tenho vergonha na cara, presidente. E espero o mesmo do senhor", disse ela.

"Não consigo aprovar o que eu quero lá"

Apesar de dizer que compartilhou vídeos de 2015, Bolsonaro aproveitou a transmissão desta noite para alfinetar o Congresso Nacional.
"Alguns falam que eu não tenho articulação com o Congresso. Realmente eu não consigo aprovar o que eu quero lá. Até gostaria que fosse botada alguma coisa, muita coisa, mas [o projeto] não é botado em pauta. É a regra do jogo. E você tem que respeitar", disse ele.
"Gostaria de fazer muito mais pelo Brasil. Estou há seis meses com um projeto na Câmara. Não vou desistir, vou buscar fazer tudo o que eu prometi. O Parlamento nosso tem lá os seus problemas. Eu quero o Parlamento mais atuante. Pelo que eu estou sabendo, vai ser uma rede diferente da Globo. Torço para que isso seja verdade", prosseguiu, em tom de desabafo.
"Eu gostaria que a nossa Medida Provisória da carteira digital de estudante, por exemplo, não caducasse. Não foi colocado em pauta. Acabou o tempo, acabou. Quem quiser ter carteira de estudante, terá que pagar R$ 35. É dinheiro para a UNE. Nem é questão de tirar dinheiro da UNE. É para o estudante não ter que gastar", concluiu.

Rachadinha na Mega

Mega sena
concurso 2237 | quinta 27.02.20


11

20

27

28

53

60

2 ganhadores

Um dos ganhadores é de Fortaleza.

Não custa tentar


O Ministério Público do Estado do Ceará recebeu nesta quinta-feira (27/02) a segunda reunião da Comissão dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) que trata de uma solução para a crise gerada pela paralisação de parte dos policiais militares e bombeiros. Estavam presentes o procurador-geral de Justiça, Manuel Pinheiro, o deputado estadual Evandro Leitão, representante do Executivo, o desembargador Teodoro Silva Santos, representante do Judiciário, o procurador-geral do Estado, representante do poder Executivo, e o representante dos militares, Walmir Pereira. O presidente da OAB-CE, Erinaldo Dantas, e os coronéis do Exército Marcos Cesário e Menezes Neto, também participaram na condição de observadores. 

Ao final da reunião, o procurador-geral de Justiça concedeu entrevista à imprensa afirmando que o encontro foi muito proveitoso mas não poderia antecipar os temos discutidos, para preservar a negociação. O representante dos militares se dirigiu ao quartel do 18º batalhão da PM para apresentar aos manifestantes as propostas discutidas.

Fogo no parquinho,mas deputados, oh!!!

AL: conservadores condenam desfile de escola de samba do Rio retratando Jesus

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) lamentou, durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) de ontem (27), o desfile da escola de samba Mangueira, no Rio de Janeiro, durante os festejos de Carnaval. No desfile, Jesus Cristo era representado, na cruz, como um jovem negro, com cabelo platinado e marcas de tiros.
Segundo o parlamentar, o enredo do desfile “desrespeitou a fé cristã” quando retratou Jesus e os 12 apóstolos. “Colocaram várias situações, entre elas, Jesus como um favelado levando um tiro de policiais. Acredito que os cristãos se sentiram desrespeitados e espero que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) possa se pronunciar”, assinalou.
A deputada Dra. Silvana (PL) foi outra deputada que lamentou o ocorrido na Assembleia. Segundo ela, é necessário respeitar qualquer fé e buscar não ofender as pessoas. “Todos querem adequar Jesus à própria imagem. Se é comunista, retratam como comunista; se é homossexual, retratam como homossexual. Ninguém quer se adequar ao que é Jesus. O certo é que nos espelhemos em Cristo e não tentar fazer o contrário”, assinalou.
Silvana, na mesma ocasião, enfatizou sua opinião de que as festividades de Carnaval são odiosas. “Detesto o Carnaval porque as pessoas morrem e matam. Pessoas deixam suas famílias, entre demais outras coisas odiosas”, apontou a deputada.

Coluna do blog



Ministro Weintraub prova novamente que não manja nada de português
Esse não foi o primeiro erro de português do Ministro da Educação. O Ministro da Educação Abraham Weintraub voltou a provar, nas redes sociais, que não manja nada de português. Isso porque ele fez uma publicação em sua conta no Twitter em que foi capaz de cometer dois erros em uma curta frase. Weintraub postou uma selfie no avião em que estava, e escreveu: “Aonde está a pompa e a liturgia do cargo? Na poltrona 16A…”.Primeiramente ele comete um erro ao usar o advérbio “aonde”, que só deveria ser utilizado caso o verbo seguinte exigisse a preposição “a”, o que não é o caso. O verbo “estar” não rege preposição. Então, o correto seria ter escrito “onde”.O segundo erro acontece com a concordância do verbo “estar”. O ministro se refere a dois elementos, “pompa” e “liturgia do cargo”, portanto, o correto seria o uso do verbo “estão”.Esse não foi o primeiro erro. Weintraub tem uma tradição quando o assunto é língua portuguesa. Nosso Ministro da Educação não parece dominar muito bem algumas regras básicas, e vira e mexe comete erros grosseiros nas redes sociais.Ele já chegou a escrever “imprecionante“, com “c” mesmo, não utilizou hífen na palavra “pós-doutorados“, escreveu “paralização” com “z”, e trocou a palavra asseclas, que significa correligionários, por acepipes, que são aperitivos ou petiscos.Não está fácil!Pra não ter trabalho no carnaval de poucas notícias, o texto aí, teve parte chupado do catracallivre. ImpreCionante!

A frase: “Eu não entendi o recuo da categoria quanto à proposta que, naquele momento, foi acordada em consonância por todos os presentes, inclusive pelos representantes da categoria. No momento seguinte, aqueles representantes já não representam mais. Onde vamos chegar assim? Imagine se fosse o governador a voltar atrás em relação ao acordo”. José Sarto, presidente da Assembéia do Ceará intermediando negociações entre Governo e Policiais em demanda por dinheiro.



Na Taiba tem pousada e 7 mil contos por dia
Carmel Taíba Exclusive Resort tem suites cheias de charme.  A mais sofisticada é a Vila Nordestina Carmel, onde Juliana Paes se hospedou. O espaço 260 m² tem capacidade para abrigar até quatro pessoas. O conjunto de comodidades tem seu preço: a diária no espaço com jacuzzi, piscina e sauna exclusiva sai por R$ 6.975*.

Almoço a quatro
O lider do Governo na Assembleia do Ceará, deputado Júlio César Filho, almoçou antes do carnaval com três colegas, lá dele, numa longa conversa política.

A estrelas
Julinho juntou Elmano de Freitas, Salmito Filho e Augusta Brito. Além dele e Salmito, do PDT, Elmano é do PT e Augusta do PCdoB. Um convento.

Cuidado com o que diz
A conversa foi ouvida na indiscrição de um banheiro, onde muitos deveriam falar baixo ou silenciar, ainda mais se a conversa for política.

Cacifando
-Olhe, o Eunício está se cacifando pra virar um Zé Sarney. Ele poderá ser candidato a senador da república por Brasilia, pelo DF, onde o MDB manda.

Atrás da porta
Na "casinha" vizinha, em silêncio absoluto, o ouvinte tratou de terminar seu serviço e correu pro salão pra saber quem tinha feito o comentário.Pelo personagem,é crivel,diz.

Já diz Golbery
O general Golbery era  da redentora um grande nome. É dele a frase: Lider do Governo é o diário oficial.Golbery do Couto e Silva.




Bom dia

Fortaleza 2 Independiente 1
Ganhou mas não levou. Na Copa Sul Americana um gol fora de casa vale por dois.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Capa do jornal OEstadoCe


MPCE recebe Comissão dos 3 Poderes para tratar de soluções para a paralisação dos militares



A Procuradoria Geral de Justiça foi sede da primeira reunião da Comissão dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário que irá tratar das soluções para a crise gerada pela paralisação de parte dos militares estaduais, iniciada na última terça-feira (18/02). O encontro ocorreu na manhã desta quarta-feira (26/02) no plenário dos Órgãos Colegiados. Além do Procurador-Geral de Justiça, Manuel Pinheiro, também participaram os membros da Comissão,  Desembargador Teodoro Silva Santos, representante do Poder Judiciário; o Procurador-Geral do Estado Juvêncio Viana, representante do Poder Executivo; deputado estadual Evandro Leitão, representante do Poder Legislativo; e, como observadores, o Presidente da OAB, Erinaldo Dantas e os representantes do Exército Brasileiro,  coronéis Marcos Cesário e Menezes Neto.  
Em entrevista coletiva, o procurador-geral de Justiça, Manuel Pinheiro, explicou que o objetivo da iniciativa é estabelecer um canal de diálogo institucional para superar a crise. “Há um caminho para a solução do impasse com base numa decisão do STF e é por ele que a Comissão irá seguir”.  afirmou.  
A Comissão definiu que a OAB será responsável por identificar um interlocutor dos militares paralisados para conversar com a Comissão. O presidente da Ordem no Ceará, Erinaldo Dantas, foi ao quartel do 18º Batalhão da PM, no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza, nesta tarde para ter o primeiro contato com os manifestantes. O representante escolhido apresentará, por escrito, as pretensões dos grevistas para serem discutidas pela Comissão.

Assim eu vou pro jogo

Marcel Rizzo


Exército faz a segurança dos jogos de Ceará e Fortaleza na Arena Castelão

Homens do Exército fazem segurança da Arena Castelão antes de jogo Ceará x Botafogo (PB), pela Copa do Nordeste - Marcel Rizzo/UOL
Homens do Exército fazem segurança da Arena Castelão antes de jogo Ceará x Botafogo (PB), pela Copa do Nordeste Imagem: Marcel Rizzo/UOL
Marcel Rizzo
Colunista do UOL
26/02/2020 18h10

Homens do Exército farão a segurança externa da Arena do Castelão para o jogo entre Fortaleza e Independiente (ARG), nesta quinta (27), pela primeira fase da Copa Sul-Americana — também já estiveram trabalhando durante Ceará x Botafogo (PB), nesta quarta (26), pela Copa do Nordeste. A paralisação de parte dos policiais militares do Ceará fez com que o governador, Camilo Santana (PT), pedisse ajuda ao Governo Federal. Foram enviados primeiro 150 agentes da Força Nacional e, depois, cerca de 2,6 mil homens das Forças Armadas por meio da Garantia da Lei e da Ordem (GLO).
A cena chamou a atenção já nesta quarta (26), quando era possível ver soldados postados em pontos estratégicos ao redor do Castelão, inclusive com a utilização de carro blindado. A greve dos policiais disparou o número de homicídios no Ceará, que teve 170 assassinatos entre a meia-noite de quarta (19) e às 23h59 de segunda (24), uma média de pouco mais de 28 homicídios por dia. Em janeiro de 2020 inteiro foram 261 mortes violentas, o que dá uma média de pouco menos de nove por dia.

Fora "militancia do terror", diz Solidariedade

Solidariedade expulsa de forma sumária vereador que liderou motim da PM no CE

O Solidariedade decidiu expulsar sumariamente do partido o vereador Sargento Ailton, da cidade de Sobral, no Ceará. A decisão, tomada pela direção nacional da sigla junto com o diretório estadual, ocorreu após o político ser identificado como um dos principais líderes do motim que acabou ferindo à bala, nesta quarta-feira (19), o senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE).
Reprodução
Questionado se a expulsão sumária estaria de acordo com as normativas previstas no estatuto da sigla, o presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força, afirmou que não haveria problemas.
“Conversei com toda a direção do partido e resolvemos. Vamos mandar um comunicado a ele apenas informando que foi expulso”, disse.
A rigor, para expulsar um membro do partido, seria necessário a abertura de um processo e submetê-lo ao conselho de ética da sigla. “Se a gente for seguir, teríamos que passar pelo conselho. Mas já foi decidido. O conselho apenas recomenda. Quem toma a decisão é a direção”, disse Paulinho.
O dirigente afirmou que não se pode permitir que um membro do partido participe de um motim como o que ocorreu no Ceará. “Se as pessoas atiram contra um senador, imaginem o que fazem com pessoas pobres.

dentificamos que ele foi um dos líderes daquele motim. Por isso, tomamos a decisão”, destacou.
O vereador é um dos principais apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Sobral. “Nós não trabalhamos com militância do terror que causa a depredação do patrimônio. Não podemos aceitar que policiais e agentes públicos, encapuzados e armados como milicianos, levem o terrorismo às ruas.”
O Solidariedade assegurou que a decisão tem caráter irrevogável. A reportagem não conseguiu entrar em contato com o vereador Sargento Ailton.
Fonte: Folhapress

Leão, o daqui, só pensa naquilo

Em meio a motim, Fortaleza promete segurança para jogo da Sul-Americana

O Fortaleza emitiu um comunicado em que promete a segurança necessária ao Independiente (ING) e seus torcedores durante a estadia na capital cearense, onde, na noite desta quinta-feira (27), o time de Rogério Ceni e os argentinos voltarão a se enfrentar pela primeira fase da Copa Sul-Americana, às 21h30 (de Brasília).
Reprodução
O Independiente desembarcou no Ceará na terça (25), dia em que a greve de policiais militares no estado completou oito dias. No período, o governo cearense registrou a ocorrência de 170 assassinatos, entre outros graves problemas de segurança.
“Já estão na cidade membros da Força Nacional de Segurança Pública, assim como o Exército brasileiro, que garantem a ordem e integridade de todos que estão em Fortaleza”, diz trecho da nota publicada pelo Fortaleza no dia da chegada dos argentinos.
“O clube local e as autoridades de segurança garantem, absolutamente, a normal ocorrência da partida entre Fortaleza x Independiente e o bem estar dos torcedores que estarão na Arena Castelão na próxima quinta-feira”, acrescenta.
No duelo de ida, na Argentina, o Independiente levou a melhor ao bater o Fortaleza por 1 a 0. O time tricolor agora precisa de uma vitória por 2 a 0 para avançar direto à segunda fase -se vencer por 1 a 0, o duelo vai para os pênaltis.
O Fortaleza estará desclassificado com qualquer outra vitória por um gol de diferença, uma vez que há gol qualificado. Empates também beneficiarão os argentinos.
Fonte: Folhapress

Pautas ridículas


Começaram. Não vai faltar peixe na Semana Santa, é uma delas.

O Leão ruge

Comprovantes para Imposto de Renda devem ser enviados até amanhã

As empresas e as instituições financeiras têm até sexta-feira (28) para enviar aos contribuintes os comprovantes de rendimentos referentes ao ano passado. Os informes são usados para o preenchimento da declaração do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física 2020, cujo prazo de entrega começa na segunda-feira (2).
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Os dados não precisam ser enviados pelos Correios. Os comprovantes podem ser mandados por e-mail, serem baixados na internet ou divulgados em aplicativos para dispositivos móveis. Os documentos de rendimento servem para a Receita Federal cruzar informações e verificar se o contribuinte preencheu dados errados ou sonegou imposto.
Os documentos fornecidos pelos empregadores devem conter os valores recebidos pelos contribuintes no ano anterior, assim como detalhar os valores descontados para a Previdência Social e o Imposto de Renda recolhido na fonte. Contribuições para a Previdência Complementar da empresa e aportes para o plano de saúde coletivo devem ser informados, caso existam.
Comprovantes do Imposto de Renda na Internet
Os aposentados e os pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem pegar os comprovantes na internet. O documento está disponível na página Meu INSS ou no aplicativo de mesmo nome disponível para os sistemas Android e iOS. O segurado deve digitar a mesma senha para consultar os demais extratos. Caso não tenha senha, basta seguir os passos informados pelo site.
Planos de saúde individuais e fundos de pensão também são obrigados a fornecer os comprovantes, cujos dados serão usados para o contribuinte deduzir os valores cobrados no Imposto de Renda. Os bancos e corretoras devem informar os valores de todas as contas correntes e de todos os investimentos. Caso o contribuinte tenha conta em mais de uma instituição, deve obter os comprovantes de todas elas.
Atraso e Erros
Caso o contribuinte não receba os informes no prazo, deve procurar o setor de recursos humanos da empresa ou o gerente da instituição financeira. Se o atraso persistir, a Receita Federal pode ser acionada. Em caso de erros ou de divergência de dados, é necessário pedir um novo documento corrigido.
Se não receber os dados certos antes de 30 de abril, dia final de entrega da declaração, o contribuinte não deve perder o prazo e ser multado. É possível enviar uma versão preliminar da declaração e depois fazer uma declaração retificadora.
Fonte: Agência Brasil

Êpa!


Projeto de José Guimarães susta decreto legislativo que reestrutura Embratur

Projeto de autoria do deputado federal cearense José Guimarães (PT) tenta sustar os efeitos do Decreto 10.172, de dezembro de 2019, que transformou a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) em serviço social autônomo. Com o Projeto de Decreto Legislativo 758/19, que hoje tramita na Câmara dos Deputados, a agência permanece vinculada ao Ministério do Turismo, mas terá orçamento próprio, com recursos que deixarão de ir para o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).
Para o deputado autor do projeto, o decreto desrespeita a Constituição, que estabelece que a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios promoverão e incentivarão o turismo como fator de desenvolvimento social e econômico. Pelo decreto, a nova estrutura da Embratur passa a ser composta por um conselho deliberativo, um conselho fiscal e a diretoria-executiva. O conselho deliberativo será composto por representantes do governo e por quatro representantes de entidades do setor privado do turismo.
“O presidente Jair Bolsonaro, por meio do decreto, tem claro intuito de retirar a sociedade civil e evitar a democracia nas decisões; assim; enfraquecer e esvaziar os mais variados órgãos legitimados para defesa do meio ambiente e por consequência de um turismo sustentável”, afirma José Guimarães, sobre a iniciativa.

Coluna do blog



Rota Turística do Cariri
O Governo do Estado do Ceará e a Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Turismo e Romaria (Setur), promovem na terça-feira, 03 de março, às 10h, o lançamento oficial da Rota Turística do Cariri. O momento irá acontecer no Centro de Convenções do Cariri, e contará com a presença do Secretário de Turismo do Estado do Ceará, Arialdo Pinho, e demais prefeitos dos municípios que compõem o Cariri cearense.Desde o início da gestão, por meio de parcerias, a roteirização do turismo da região do Cariri vem sendo desenvolvido com as premissas do Ministério do Turismo (MTur), e seguindo a metodologia já estabelecida para criação de roteiro. De acordo com o secretário, Júnior Feitosa, o objetivo do roteiro é abranger as potencialidades turísticas de cada cidade que compõe a rota com “respeito a identidade e particularidade de cada Município”.A pedido do Prefeito Arnon Bezerra, foi realizado trabalho conjunto, com uma gestão compartilhada entre órgãos públicos, trade turístico e comunidade. “Pois o crescimento do turismo gera melhorias para a economia e possibilita a transformação dos moradores de uma determinada região em investidores e beneficiados por esses recursos investidos”, afirmou o chefe do executivo.

A frase: "Na educação fundamental, o Governo não gastou 1% do orçamento em 2019".  Deputado fed. Rigoni, do  Espírito Santo.



ESA 2020 (Nota da foto)
Ministro do TCU, Bruno Dantas virá a Fortaleza para o Encontro ESA de Direito Eleitoral. O Encontro ESA de 2020, que ocorrerá nos próximos dias 07 e 08 de maio e terá como tema Direito Eleitoral, com enfoque nas eleições de 2020.

O Makro vai virar Atacadão
O Grupo Carrefour, dono do Atacadão, seu braço popular, compra a loja do Makro em Fortaleza e vai fazer uma grane reforma. Diz que poderá crescer 60% nas vendas.

Fim de Jeri
Devagar, no começo, agoa com pressa, estão matando Jeriquaquara, praia que tive a honra de ser o primeiro repórter de televisão a fazer reportagem sobre seus instantes de glória.

A duna morreu
Jeri não tinha sequer uma pousadinha quando fui lá, no começo dos anos 1980,mostrar a beleza de seu coqueiral ao pé da duna do por do sol. A duna tá um catabilho.

Especulação
Especulada, explorada e sem identidade que lhe fez famosa no mundo, Jeri é só mais um lugar de hoteís caríssimos e invadida por estrangeiros que he roubaram a alma.

A última pá de cal
Uma estrada toda arrumadinha do Preá pra Jeri é o fim da picada.Não se anda mais pelas dunas,porque dunas não há mais.Tem asfalto até o Preá e pra Jeri um estradão.

Carnaval
Fui a Jeri agorinha. É triste ver que os versos de seo Joaquim Canuto Pedro,declamados pra mim na reportagem que fiz para o Fantástico,da TV Globo,não só se perderam no tempo, como se perderam os símbolos de sua oração.

Resgate
Está sendo resgatado o projeto de conrução de um aeroporto regional em Icó, cidade centro na entrada do Cariri cearense. Já há verba sendo discutida para as obras e negociações sobre o terreno, á margem da BR 116. O projeto está inticado no DER.

Audiência
O deputado estadual Heitor Férrer (SD) requereu audiência pública na Assembleia Legislativa para discutir a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos médicos do Estado, aprovado em 2008 pelos parlamentares. O debate acontecerá no próximo dia 04, quarta-feira, às 14 horas, no Complexo das Comissões Técnicas.

Bom dia



E assim parece que vai começar 2020 no Brasil. Será?

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Inaugurada a linha aérea comercial Fortaleza-Tauá


 
A terça-feira de Carnaval, 25 de fevereiro, foi histórica para o município de Tauá, na Região do Inhamuns. Aconteceu o primeiro voo comercial entre as cidades de Fortaleza e Tauá, operado pela Gol/Two Flex. O deputado federal Domingos Neto, a deputada estadual Patrícia Aguiar e o ex-vice-governador Domingos Filho fizeram questão de participar do voo inaugural. Logo que chegaram ao aeroporto Pedro Teixeira Castelo foram recebidos por centenas de populares.
“É mais desenvolvimento e mais qualidade de vida para o Interior do Ceará e para Tauá. Esse é o resultado de um esforço é um trabalho conjunto”, destacou Domingos Neto. “Esses voos consolidam o desenvolvimento do nosso município e trará mais oportunidades para Tauá”, comemorou Patrícia Aguiar. “É a prova de que com trabalho, responsabilidade e compromisso podemos trazer mais desenvolvimento para Tauá e para o Interior do Estado”, resumiu Domingos Filho.
Os voos Fortaleza-Tauá acontecerão as terças-feiras e quintas-feiras e foram anunciados pelo governador Camilo Santana no fim do ano passado.

Bom dia

Hora de comer comer.
Hora de beber, beber.
Hora de trabalhar...
Pernas pro ar que ninguém é de ferro.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Pauta pra hoje

Ministros da Justiça e da Defesa chegam para avaliar as ações contra o motim de policiais

Os ministros Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) e André Luiz Mendonça (Advocacia-Geral da União) desembarcam hoje, segunda-feira (24) em Fortaleza. A comitiva interministerial acompanhará a Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que está sendo realizada no estado para tentar conter a onda de violência. Desde a última quinta-feira (20), 150 agentes da Força Nacional e 2,5 mil soldados do Exército reforçam a segurança no Ceará.
No comando da 10ª Região Militar, as autoridades terão informações sobre as atividades que estão sendo realizadas pelas Forças Armadas e pelos órgãos de segurança pública federais, estaduais e municipais. Os ministros também serão recebidos pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT).

Investigação no Ceará

Até hoje, o governo do Ceará afastou 167 policiais militares que participam da paralisação. O afastamento por 120 dias e a abertura de processos disciplinares foram divulgados no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (21). Os agentes investigados ficarão fora da folha de pagamento a partir deste mês de fevereiro. Os policiais também deverão entregar identificações funcionais, distintivos, armas, algemas, além de quaisquer outros itens que os caracterizem nas suas unidades.
Desde o início da paralisação, na última terça (18), homens encapuzados invadiram quartéis, depredaram e esvaziaram pneus de veículos da polícia. O grupo protesta contra a proposta de reajuste da categoria apresentada pelo governo. Os processos disciplinares contra os militares afastados serão conduzidos de duas maneiras. Um deles envolve os inquéritos militares que serão julgados pela Justiça Militar. Já os procedimentos administrativos disciplinares serão realizados pela Controladoria-Geral de Disciplina (CGD).

Da Agência Brasil.

domingo, 23 de fevereiro de 2020

Bom dia

Opinião

Bolsonaro e ministros expandem medidas danosas a sucessivos setores

País se aproxima de uma situação-limite 

Ver opinião de Janio em uol.com.br



.

Politica terrorista, diz Major

Olimpio crítica líderes "visando urnas" e atitude "terrorista" de PMs no CE

Major Olimpio (PSL-SP) fez parte de uma comitiva de senadores que foi negociar o fim do motim no Ceará - VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL
Major Olimpio (PSL-SP) fez parte de uma comitiva de senadores que foi negociar o fim do motim no Ceará Imagem: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL
Igor Mello
Do UOL, no Rio
22/02/2020 18h58
O senador Major Olimpio (PSL-SP) voltou do Ceará assustado com o quadro de "quebra de hierarquia absoluta" que encontrou nos quartéis tomados por policiais militares amotinados em greve.
O motim em quartéis de Fortaleza, capital cearense, e cidades do interior, foi iniciado na última terça-feira (18), horas depois do anúncio de um acordo de reajuste costurado entre representantes da PM, do governo do estado e deputados estaduais. Nos principais quarteis rebelados, políticos oriundos da PM cearense assumem um papel de liderança.
Segundo Olimpio, há interesses políticos evidentes por trás da greve. "Alguns [líderes] estão visando o 4 de outubro nas urnas", afirma, fazendo referência à data da eleição deste ano.
O líder do PSL no Senado cita ainda o ex-deputado federal Cabo Sabino (Avante-CE) como uma dessas lideranças. "Sabino é meu amigo. Ele ficou quatro anos comigo como deputado. Eles estão irredutíveis, dizem que ou dão anistia, ou o movimento vai continuar", lamenta o senador, lembrando de um encontro com os grevistas, do qual também participaram os senadores Eduardo Girão (PROS-CE), e Elmano Férrer (PODE-PI), além do deputado federal Capitão Wagner (PROS-CE).
"Só faltamos ficar de joelhos e implorar para eles. A maioria dos policiais acha que vai ter anistia", explica.
Além de Sabino, Major Olimpio cita outros políticos cearenses que estão atuando na caserna, mobilizando os PMs amotinados.
Um deles seria vereador de Sobral, Sargento Ailton (Solidariedade), que comandava o piquete onde o senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado. Olimpio aponta também do deputado estadual Soldado Noelio (PROS-CE) e o vereador de Fortaleza Sargento Reginauro (Sem partido).
Todos têm em comum a forte oposição à família Ferreira Gomes —liderada pelo ex-governador Ciro Gomes (PDT), que apoia o governador Camilo Santana (PT).
Olimpio defendeu o petista no que diz respeito à negociação de aumento com a categoria.
O governador me disse que não tem mais condição de esticar a corda. Já botou R$ 600 milhões para dar o reajuste e eles vieram com um pleito que custa R$ 2 bilhões. Eles merecem mais do que estão pedindo, mas o governo do Ceará está dando R$ 4.500 para um soldado. São Paulo, que tem R$ 239 bilhões de orçamento, paga R$ 3.180.Major Olimpio, senador do PSL-SP
Além dos políticos locais, Olimpio cita também o deputado estadual da Bahia Soldado Prisco (PSC), presidente da Aspra (Associação Nacional dos Praças). Segundo o senador, Prisco tenta fomentar movimentos como o do Ceará em outros estados.
"O Prisco foi expulso da PM da Bahia [conseguiu ser reintegrado pela Justiça em 2017] e se tornou um mobilizador de greves profissional", critica.

Para Olimpio, os homens encapuzados e armados na rua "pareciam o Hezbollah [partido e grupo paramilitar libanês]". Já ataques contra bens públicos e privados —um PM chegou a ser preso em flagrante em Crato, interior cearense, por incendiar o carro de uma moradora contrária à greve— são "coisa de terrorista e de criminoso", como definiu em um vídeo publicado nas redes sociais.
O senador teme que o exemplo cearense seja seguido por policiais de outros estados. "Eu me preocupo demais com isso nesse momento. Porque por salários miseráveis, piores que os que têm no Ceará, você tem no Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul. Na Paraíba tem um movimento semelhante."
Olimpio, porém, garante que uma anistia aos grevistas do Ceará não passa no Congresso. Nem mesmo a bancada da bala apoiaria uma medida desse tipo.
"A bancada de profissionais de segurança aumentou pela credibilidade dos policiais e da atividade policial. Não vamos criar lideranças criminosas em uma atividade fundamental do Estado. Por isso que está escrito na Constituição que é vedada sindicalização e greve".

Baixou horror!


A Praça do Ferreira é o maior símbolo da vida de Fortaleza. A capital do Ceará nasceu culturalmente no seu entorno. A vida ali pulsa e as memórias nos remetem a grandes acontecimentos como por exemplo a Padaria Espiritual, um movimento cultural que por anos encantou o Brasil e deu regras ao jogo das letras. Pois bem. A Praça do Ferreira de hoje, está entregue a drogados na noite, sem teto nas manhãs e o dia todo com absurdos como esse ponto de moto taxi, que faz jus ao menor e mais pobre dos municípios do Brasil. Triste ver a que ponto chegamos na Praça do Ferreira. E ninguém diz nada. Esse abrigo, quem construiu? Quem delimitou esse POSTO DE MOTO TAXI? Quem autorizou? Se de um lado a cidade se reconstroi e cresce e se desenvolve sob o rítmo frenético de Roberto Claudio, de outro, involui. A Praça do Ferreira não é lugar pra isso. Sequer pra ponto de táxi,muito menos esse absurdo que está aí registrado.

Opinião

Greve ou motim?

Policiais militares nunca se limitam a ficar em casa sem comparecer ao serviço 

Busque a opinião no uol.com.br

Bom dia


Mega-Sena

Resultado Concurso 2236 (22/02/2020)


Acumulou!

Sorteio realizado Espaço Loterias Caixa em SÃO PAULO, SP

07 20 38 43 45 53
 
Próximo sorteio será quinta feira

sábado, 22 de fevereiro de 2020

Carnaval em Juazeiro do Norte

Encontro de blocos e atrações musicais abrem Carnaval Cultural em Juazeiro do Norte

A festa terá início às 17 horas deste sábado, 22, com show de DJ Arthur no estacionamento do Cariri Garden Shopping, onde haverá concentração dos 12 blocos carnavalescos, que sairão em cortejo ao Largo do Teatro Marquise Branca, a partir das 18h30.
   A banda de música Padre Cícero acompanha o desfile pela Avenida Padre Cícero em direção ao local da festa.
   Às 19h, o grupo paraibano Camboi sobe ao palco, com repertório musical carregado de cultura popular, tendo como referência os folguedos tradicionais do maracatu, ciranda, capoeira, samba de roda e maculelê.
  Já às 20h30 é a vez do Bloco Embrasadas fazer a alegria dos foliões, trazendo ao público show musical dançante com muito axé, brega samba e funk, encerrando a programação do primeiro dia do Carnaval Cultural 2020.

A turma que veio da China

REPATRIADOS SERÃO LIBERADOS NESTE DOMINGO
Os 58 brasileiros que estão cumprindo quarentena na Base Aérea de Anápolis serão liberados às 10h deste domingo (23). Eles realizaram a terceira coleta, nesta sexta-feira (21), e hoje todos os resultados deram negativos para novo coronavírus, de acordo com análise do Laboratório Central do Estado de Goiás. Vale destacar que todos os repatriados permanecem sem nenhum sintoma e que serão transportados, pela Força Aérea Brasileira, para nove estados brasileiros.

Vida que segue

Sem representatividade

Ajufe desautoriza associação que pediu que Cid Gomes fosse denunciado

Ajufe desautoriza associação que pediu que senador Cid Gomes fosse denunciado
A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) divulgou na noite desta sexta-feira (21/2) nota pública em que afirma que a Unajuf não tem legitimidade para se colocar como uma entidade representante da magistratura brasileira.
A desconhecida União Nacional dos Juízes Federais do Brasil divulgou um pedido protocolado na Procuradoria Geral da República em que pede que o senador licenciado Cid Gomes seja denunciado por tentativa de homicídio "com emprego de meio resultante em perigo comum" e de "impossibilidade de defesa das vítimas".
O pedido está relacionado com o episódio em que Cid Gomes foi alvejado por dois tiros de pistola ao tentar derrubar com uma retroescavadeira o portão de um quartel da PM ocupado por policiais amotinados em Sobral, no interior do Ceará, no último dia 19.
Na nota, a Ajufe afirma que a Unajuf é uma entidade inexpressiva, com pouco mais de dez associados e que que defende posições desconectadas com o pensamento preponderante da magistratura federal brasileira. Leia a nota na íntegra abaixo:
A AJUFE – Associação dos Juízes Federais do Brasil, entidade de âmbito nacional que representa cerca de 2 mil associados, vem a público alertar que uma inexpressiva associação de juízes federais de primeiro grau, com pouco mais de 10 associados, denominada UNAJUF, não tem legitimidade para falar em nome da magistratura federal brasileira.
A única entidade que representa nacionalmente a magistratura federal é a AJUFE, amplamente conhecida pela imprensa, por outras entidades associativas do sistema de justiça e reconhecida pelos representantes dos três poderes.
Assim, reiteramos a todos os veículos de comunicação e à toda sociedade que não se deixem confundir por entidades que defendem posições desconectadas com o pensamento preponderante da magistratura federal brasileira.
Somente a AJUFE, fundada há quase 50 anos, tem legitimidade para ecoar a voz e os posicionamentos dos Juízes Federais do Brasil.
AJUFE - Associação dos Juízes Federais do Brasil
Revista Consultor Jurídico, 21 de fevereiro de 2020, 21h41

Resposta

Pediram aqui uma sugestão de filme pra ver no carnaval. Gosto é coisa esquisita. Tem quem goste de giló e tem quem goste de osttra crua,só com limão. Tem quem tenha a coragem de dar 7 contos num pacotinho com 10 canapuns, com o nome de phissales. E tem que adore uma goiaba comida no pé. Aliás, bicho de goiaba, goiaba é. Pois bem; lá vai uma sugestão:

 

Sacco e Vanzetti

Sinopse e detalhes

Boston, início dos anos 20. Nicola Sacco (Riccardo Cucciolla) e Bartolomeo Vanzetti (Gian Maria Volonté) são dois imigrantes italianos, sendo o primeiro um sapateiro e o outro um peixeiro, que são detidos pela polícia. Ninguém negava que eram anarquistas, na verdade eles mesmo admitiam, pois acreditavam que era a única forma de o homem ser explorado pelo homem. Porém era duvidoso que Sacco e Vanzetti fossem culpados de um assassinato, que aconteceu em 15 de abril de 1920. O julgamento deles deixou de ser algo baseado na justiça e sim na política, pois deviam ser condenados por serem estrangeiros e seguirem uma doutrina política que se opunha ao conservadorismo, que tinha as rédeas do poder nos Estados Unidos. 
 
Segunda sugestão
 
Persona 
 
Em um de seus filmes mais complexos — por vezes referido como o Monte Everest da análise cinematográfica — Bergman mostrou a intensidade de suas capacidades como cineasta em termos de imagem e conteúdo. Trata-se de Persona (1966), que no Brasil foi lançado com tétrico título Quando Duas Mulheres Pecam. Estrelado por Bibi AnderssonLiv Ullmann em uma trama sobre o complicado relacionamento entre uma enfermeira e uma atriz de teatro que aborda temas como identidade, sexualidade e dualidade com uma abordagem técnica experimental que chega a flertar com o terror.
Visualmente, Persona é lembrado por muitas de suas características imagéticas, como a maneira como os rostos de Andersson e Ullmann são enquadrados, pela quebra da quarta barreira, pelo uso de superfícies espelhadas, construção de cenas que causam uma estranheza, aparecimento de uma "mensagem subliminar". Há um momento em que até a própria película entra em combustão.

Basta: ce terá em mãos assunto pra pensar por duas semanas de cinco proximos carnavais. E mais: se não topar, vai na livraria, compra Ulisses, do Joyce ou um livro de arte pra estudar Guernica durante o carnaval. Se nada disso agradar a seu refinado gosto, vai pro pagode da Mocinha.
 

Sabe quem foi Dom Helder²

“Carnaval é a alegria popular. Direi mesmo, uma das raras alegrias que ainda sobram para a minha gente querida. Peca-se muito no carnaval? Não sei o que pesa mais diante de Deus: se excessos, aqui e ali, cometidos por foliões, ou farisaísmo e falta de caridade por parte de quem se julga melhor e mais santo por não brincar o carnaval. Estive recordando sambas e frevos, do disco do Baile da Saudade: ô jardineira por que estas tão triste? Mas o que foi que aconteceu… Tu és muito mais bonita que a camélia que morreu. Brinque, meu povo povo querido! Minha gente queridíssima. É verdade que quarta-feira a luta recomeça. Mas, ao menos, se pôs um pouco de sonho na realidade dura da vida!”
Dom Hélder Câmara

Bom dia


sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Carnaval em Sobral

Prefeito Ivo Gomes se reúne com representantes das forças de segurança para discutir ações a serem desenvolvidas durante o Carnaval


Nesta sexta-feira (21/02), o prefeito Ivo Gomes esteve em reunião com autoridades policiais que atuam em Sobral para discutir estratégias de patrulhamento em todos os bairros e distritos do município durante o período de Carnaval.

Como providências a nível municipal, Ivo Gomes garantiu o pagamento de horas extras aos guardas municipais e a contratação de 100 seguranças privados que vão atuar nos eventos que serão realizados pela Prefeitura nos distritos, assim como no Desfile das Escolas de Samba, que acontecerá na terça-feira (25/02), na Praça São João.

A nível estadual, o prefeito solicitou ao secretário da Casa Civil do Governo do Estado do Ceará, Élcio Batista, o envio para o município de um contingente do Exército e da Força Nacional de Segurança. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Comando Tático Rural (COTAR) já receberam reforços nesta sexta-feira.

Participaram da reunião com o prefeito o comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Acácio; o subcomandante do COTAR, tenente-coronel Cléber Mesquita; o comandante do Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) de Sobral, tenente-coronel Santiago; o secretário da Segurança e Cidadania de Sobral, Erlânio Matoso; o chefe da 4ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, David Breno; e o comandante da Unidade Integrada de Segurança (Uniseg Sobral), tenente Marcos Paulo; além do procurador-geral do município, Rodrigo Araújo.

Sem carnaval

Dez,10, cidades do Ceará anunciaram que não fariam festas de carnaval por falta de segurança para as pessoas. Na realidade só Paracuru tem alguma importância como polo carnavalesco no Estado.

Tarcisio Holanda morre em Brasilia

Morre Tarcisio Holanda
Morreu agora a tarde em Brasillia, o jornalista Tarcisio Holanda. O enterro será amanhã na capital da república.

Olha o voto

Fique atento: 6 de maio é a data-limite para regularizar a situação eleitoral e estar apto a votar nas Eleições 2020

A partir do dia 7 de maio até o final do pleito, nenhuma alteração poderá ser efetuada no cadastro do eleitor
Consulte sua situação eleitoral no Portal do TRE. O serviço é gratuito
Faltam apenas oito meses para que os mais de 148 milhões de eleitores se dirijam às urnas para eleger os vereadores, os prefeitos e os vice-prefeitos dos 5.568 municípios brasileiros. No entanto, para votar nas eleições de outubro próximo, o eleitor deve normalizar sua situação até o dia 6 de maio (151 dias antes do pleito), segundo o Calendário Eleitoral 2020.
Dia 6 de maio também é a data-limite para o cidadão procurar o cartório eleitoral para tirar o primeiro título e pedir transferência de domicílio eleitoral, estando apto a exercer o direito de voto.
A partir do dia 7 de maio até o final da eleição, o Cadastro Eleitoral ficará fechado – período em que nenhuma alteração poderá ser efetuada no registro do eleitor –, sendo permitida somente a emissão da segunda via do título. Esse prazo é importante para que a Justiça Eleitoral tenha um retrato fiel do eleitorado que participará do pleito.
Cancelamento
A regularidade do título de eleitor é uma exigência para obter diversos outros documentos. Por isso, o ideal é evitar o cancelamento do título, normalizando o quanto antes a situação no cartório eleitoral.
É possível verificar a regularidade do título acessando o Portal do TSE. Basta clicar, na parte central da homepage, em Serviços ao Eleitor, e, depois, em Situação Eleitoral. A consulta pode ser feita pelo nome completo, pelo número do título de eleitor ou pelo CPF.
No ano passado, a Justiça Eleitoral cancelou mais de 2,4 milhões de títulos de eleitores em situação irregular. O título é cancelado, entre outros casos, quando o eleitor deixa de votar e de justificar a ausência às urnas por três eleições consecutivas. É importante lembrar que cada turno de um pleito é considerado uma eleição diferente.
Consequências para quem tiver o título cancelado
O título de eleitor também precisa estar regular para que o cidadão esteja em dia com outros documentos, tais como o passaporte e a carteira de identidade.
A regularidade do título é exigida para: obtenção de empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo; inscrição em concurso público, investidura e posse em cargo ou função pública; renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e prática de qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou Imposto de Renda, entre outros.

E a gramática, oh!


MPF nega pedido de parlamentares por impeachment de Weintraub

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante Comissão de Educação do Senado Federal em Brasília (DF) - Estadão Conteúdo
O Ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante Comissão de Educação do Senado Federal em Brasília (DF) Imagem: Estadão Conteúdo
Do UOL, em São Paulo
21/02/2020 12h24
A Procuradoria-Geral da República indeferiu hoje o pedido de denúncia contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub. Um grupo de 19 parlamentares, incluindo deputados e senadores, havia encaminhado uma denúncia de crime de responsabilidade contra o ministro anteontem.
O Vice-Procurador, José Bonifácio Borges de Andrada, analisou o mérito e concluiu que pedidos bastante semelhantes foram a votação no Supremo Tribunal Federal (STF) e acabaram perdendo a votação pela ausência de legitimidade dos autores. Ele citou ainda que o STF tem jurisprudência para propor ações em casos como o retratado na denúncia dos parlamentares e nem entrou no mérito do que foi denunciado.
O grupo de parlamentes acusa o ministro da Educação de crime de responsabilidade devido à "omissão" do Ministério da Educação no uso de R$ 1 bilhão resgatados pela Lava Jato, pela suposta falta de decoro de Weintraub e pela ineficiência na gestão de políticas de alfabetização.

Troca troca no PSL

PSL Ceará anuncia o novo presidente do PSL Fortaleza

O deputado federal e presidente do PSL Ceará, Heitor Freire, informa que o Dr. José Alcy Pinheiro Neto, advogado inscrito na OAB/CE sob o nº 28.290, pós graduado, especialista em Direito Tributário, assumiu a presidência do PSL Fortaleza desde a última quarta-feira (19). Heitor Freire informa ainda que o Dr. Alcy Pinheiro segue no comando da estruturação do partido e possíveis candidaturas na capital, visando o pleito eleitoral de 2020, bem como conduzindo as ações do Programa de Compliance, implantado em junho passado (2019).

Na Assembleia do Ceará


Base repreende oposição e cobra que acabem os motins

Deputados da base do Governo do Estado repudiaram ontem (20), na Assembleia Legislativa (AL), as ações recentes da movimentação que os policiais militares têm tocado, exigindo um reajuste maior ao poder público estadual. Um dia após confronto que terminou com o senador Cid Gomes (PDT) baleado por arma de fogo no tórax, em Sobral, os deputados cobraram responsabilidade de parlamentares da oposição – muitos dos quais têm atuado como representantes dos agentes de segurança no movimento –, pedindo ainda o fim das movimentações dos policiais.

Em meio a isso, surgem ainda acusações ao deputado federal Capitão Wagner (Pros), que não atua na Assembleia, mas que é reconhecido como um dos principais líderes da categoria no Estado e deverá ser candidato à Prefeitura de Fortaleza no pleito deste ano. O parlamentar do Pros registrou, na manhã de ontem, um boletim de ocorrência contra Cid Gomes por tentativa de homicídio aos policiais de Sobral – levando em conta que o senador avançou contra o grupo com uma retroescavadeira antes de ser atingido – e depois divulgou a iniciativa em suas redes sociais.


O deputado Salmito (PDT) lamentou a postura do deputado de oposição. Para ele, este é um claro uso político da situação: “Os deputados Soldado Noelio, Vitor Valim, o vereador Reginauro, todos do mesmo partido de Capitão Wagner, não tiveram essa postura. Ele não deveria fazer isso.” Já Elmano de Freitas (PT) questionou as prioridades de Wagner na situação: “Qual o critério que temos que vai além das paixões políticas? Para mim, o bom critério é o critério da vida”, considerou. Segundo ele, um líder se mede pela capacidade de representar as pessoas, mas também pela coragem de dizer que os seus liderados estão errados. “Lamento a postura de quem não coloca a vida como critério central de qualquer julgamento”, apontou.


O líder do governo na Casa, Júlio César Filho (Cidadania), por sua vez, lamentou um vídeo divulgado na internet pelo deputado federal Cabo Sabino (Avante) convocando a tropa da Polícia Militar a não se apresentar para a operação de Carnaval. O parlamentar parabenizou a Polícia Civil, que está nas ruas e não aderiu a nenhum movimento de paralisação. “A Polícia Civil está esperando o Delegado Cavalcante (PSL) falar alguma coisa sobre as ameaças que eles estão recebendo de pessoas mascaradas, por não estarem paralisados. Neste momento, parabenizo esse segmento, que está a favor do povo”, assinalou.


Encerramento
O deputado Sérgio Aguiar (PDT) pediu, em seu pronunciamento, que os policiais encerrem os motins nos batalhões militares e voltem às ruas para garantir a segurança da população do Estado. “Ações essenciais para a comunidade estão deixando de ser executadas por esses policiais e podem resultar em perda de vidas de pessoas inocentes. Conclamo aqueles que os estão se manifestando ilegalmente: pensem bem e se importem com o bem-estar da coletividade. Deixem de lado todo e qualquer interesse político e eleitoreiro para pensar na nossa população.”


Já a deputada Dra. Silvana (PL), que em ocasiões recentes manifestou apoio à movimentação da polícia, assinalou ontem que é contra a perspectiva de paralisação dos agentes. “A população não pode ficar refém dos bandidos. Aconselho aos policiais que busquem negociação e entendimento”, acrescentou. Ela disse ainda, sobre o caso ocorrido em Sobral na véspera, que “pessoas encapuzadas atirando, para mim, são bandidos”.


Oposição
Os parlamentares de oposição falaram menos na sessão de ontem da Assembleia, em comparação a ocasiões anteriores, deixando a maior parte das declarações para a base. No entanto, Soldado Noelio (Pros), que tem despontado como o principal interlocutor no Parlamento com a categoria, chegou a subir à tribuna para criticar as colocações dos colegas, pontuando que há muita “politicagem e nenhuma proposta de solução”.


Já Delegado Cavalcante disse, sobre o caso em Sobral, que Cid Gomes “convocou seus correligionários junto com o secretário de Segurança do município para uma guerra”. “O senador destruiu patrimônio histórico, derrubou um portão e lesionou pessoas em cima de uma retroescavadeira. Para se de defender, os policiais que estavam dentro do quartel atiraram”, complementou. Ele rebateu, ainda, que Fortaleza está calma e as ações que aconteceram em Sobral foram isoladas. “Esses profissionais são pessoas de bem que estão precisando de solução”, afirmou.


Acordo
O deputado Salmito, em outra fala sua na tribuna, defendeu um acordo suprapartidário, liderado pelo Legislativo estadual, para retomar a paz no Estado. Segundo o parlamentar, como o poder que representa o povo cearense, a Assembleia precisa deixar claro que não aceita retomar diálogos e negociação enquanto a Polícia Militar não voltar ao seu funcionamento normal. “Peço a união suprapartidária dos 46 deputados desta Casa para pedir oficialmente que todos os militares voltem às suas funções, garantindo a segurança do povo cearense, para que as negociações sejam reabertas”, anunciou.


Segundo ele, a população cearense precisa ser colocada em primeiro lugar, diante de qualquer desacordo. “Divergências precisam ficar em segundo plano quando é dever e obrigação dos representantes do povo preservar a vida do povo cearense”, avaliou. O parlamentar pontuou, ainda, que a vida está acima de qualquer partido e até da democracia. “Só existe democracia para viabilizar a vida, partilhando o poder com a soberania popular.”

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...