terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Dilma assinou em 2014 o que entra em vigor neste fim de mês

Mercosul: novas placas serão obrigatórias a partir de 31

Após sucessivos adiamentos, começa a valer a partir do dia 31 de janeiro a obrigatoriedade de uso da placa do Mercosul em todos os estados do país. O prazo atende ao estipulado na Resolução nº 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de julho do ano passado, que determina que as unidades federativas do país devem utilizar o novo padrão de placas de Identificação Veicular (PIV).
Desde a decisão pela adoção da placa do Mercosul, a implantação do registro foi adiada seis vezes. A adoção do sistema de placas do Mercosul foi anunciada em 2014 e, inicialmente, deveria ter entrado em vigor em janeiro de 2016. Em razão de disputas judiciais a implantação ficou para 2017 e depois, adiada mais uma vez para que os órgãos estaduais de trânsito pudessem se adaptar ao novo modelo e credenciar as fabricantes das placas.

As novas placas já são utilizadas na Argentina e no Uruguai. A previsão é que em breve comecem a valer também no Paraguai e na Venezuela. Dos 26 estados brasileiros, já aderiram à nova PIV Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia.

Nova placa
A nova placa será obrigatória apenas nos casos de primeiro emplacamento e, para quem tiver a placa antiga, no caso de mudança de município ou unidade federativa; roubo, furto, dano ou extravio da placa, e nos casos em que haja necessidade de instalação da segunda placa traseira. A nova placa apresenta o padrão com quatro letras e três números, o inverso do modelo atualmente adotado no país com três letras e quatro números. Também muda a cor de fundo, que passará a ser totalmente branca. A mudança também vai ocorrer na cor da fonte para diferenciar o tipo de veículo: preta para veículos de passeio, vermelha para veículos comerciais, azul para carros oficiais, verde para veículos em teste, dourado para os automóveis diplomáticos e prateado para os veículos de colecionadores.


Todas as placas deverão ter ainda um código de barras dinâmico do tipo Quick Response Code (QR Code) contendo números de série e acesso às informações do banco de dados do fabricante e estampador da placa. O objetivo é controlar a produção, logística, estampagem e instalação das placas nos respectivos veículos, além da verificação de autenticidade.


CRLV
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determinou prazo até 30 de junho deste ano para que os Detrans de todo o país estejam adequados a fornecer aos motoristas o novo formato digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), o CRLV-e, conforme prevê a deliberação nº 180/2019 do Contran, publicada no início deste mês, que trata da substituição do documento em papel pelo modelo eletrônico.


Segundo o Contran, o motorista poderá, opcionalmente, utilizar uma via impressa do CRLV-e, que terá a mesma validade do documento digital. A diferença é que o documento será impresso em papel comum, validado por um QR Code específico. De acordo com o ministro substituto da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, a medida faz parte das diretrizes de transformação digital do governo do presidente Jair Bolsonaro.


“Essa é mais uma iniciativa do governo para simplificar a vida do cidadão, trazendo mais modernidade e agilidade para o dia a dia das pessoas”, disse. “O CRLV-e somente será expedido após a quitação dos débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais, vinculados ao veículo, bem como o pagamento do Seguro Obrigatório (DPVAT)”. Para ter acesso ao CRLV digital, o motorista precisa baixar o aplicativo da Carteira Digital de Trânsito (CDT) no celular e cadastrar os dados do veículo na plataforma. Com isso, terá a visualização do documento sem a necessidade de acesso à internet. O aplicativo, desenvolvido pelo Serpro, em parceria com o Denatran, está disponível gratuitamente nas lojas Google Play e App Store. (Todas as matérias são da Agência Brasil)

Um comentário:

  1. Quando pensei que toda a esperança estava perdida, encontrei ajuda, o Dr. Ajayi fez o que venho tentando resolver há 7 meses, meu nome é Sandra e eu fui casada com Mike por 8 anos e abençoada com dois filhos, todo o meu problema começou. Quando eu comecei a suspeitar que meu marido estava vendo outra mulher, antes que eu percebesse, ele saiu de casa e disse que nunca mais queria ter comigo ou com os filhos. Eu pedi que ele voltasse para casa, mas ele foi fiel aos meus pedidos. Eu conheci o Dr. Ajayi através de uma amiga que estava passando pela mesma situação que a minha, mas ela foi capaz de restaurar sua casa dentro de um curto período de tempo, perguntei-lhe como e ela me contou sobre o Dr. Ajayi, um poderoso lançador de feitiços que o ajudou a recuperá-la marido, nunca acreditei em lançar feitiços, mas decidi tentar, quando entrei em contato com o lançador de feitiços, ele me fez algumas perguntas às quais eu dou respostas e ele me disse algumas coisas que precisavam ser feitas, o que fiz para minha surpresa depois Três dias depois do feitiço, meu marido voltou para casa e me disse para perdoar suas ações erradas. Não acredito em feitiços, mas o grande dr Ajayi muda minhas crenças. se você estiver passando por momentos difíceis em qualquer aspecto do seu amor e precisar de uma solução rápida para seus problemas, entre em contato com o grande ajudante de feitiço dr Ajayi. email: drajayi1990@gmail.com ou whatsapp: +2347084887094

    Entre em contato com ele para o seguinte tipo de feitiço

    * Feitiço da loteria
    * Feitiço para ganhar um processo judicial
    * Feitiço de Riqueza
    * Feitiço para a gravidez
    * Feitiço para atualização de exame
    * Feitiço de amor
    * feitiço para recuperar seu ex-amante
    etc
    whatsapp +2347084887094 ou e-mail drajayi1990@gmail.com

    ResponderExcluir

Pauta pra hoje

Ministros da Justiça e da Defesa chegam para avaliar as ações contra o motim de policiais Os ministros Fernando Azevedo e Silva (Defesa),...