sábado, 7 de dezembro de 2019

Gênio!


As andanças e declarações do ministro Salles na Espanha

O Acordo de Paris é para o país levar vantagem
O ministro Ricardo Salles deu uma entrevista à Daniela Chiaretti, do Valor, dizendo: “Já tomamos uma decisão no Brasil, que é pró-negócio, de monetizar o ativo ambiental brasileiro. Isso significa sair da política que fizemos até hoje, de fazer gestos, e entrar para a política de resultados.”
Talvez ninguém tenha contado para o ministro que o país vendeu algo em torno de US$ 800 milhões em créditos de carbono na época em que a União Europeia os comprava, entre 2005 e 2012.
No final da matéria, Chiaretti reproduz outra fala infeliz do ministro: “Ou o Acordo de Paris tem resultado positivo para o Brasil ou não vamos ficar negociando o que não tem resultado prático. O que o Brasil ganha com isso aqui?”
Oi, ministro. O país ganha clima, agronegócio, energia, menos secas e menos enchentes. Vale?

Esquisitisse mineira

Justiça mineira diz que no jogo de amanhã no Mineirão só pode ter torcida do Cruzeiro. E alega segurança. Engraçado não não dizer esquisitissimo.
Justiça de Minas Gerais determina torcida única para Cruzeiro x Palmeiras ... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2019/12/07/justica-de-minas-gerais-determina-torcida-unica-para-cruzeiro-x-palmeiras.htm?cmpid=copiaecola
Justiça de Minas Gerais determina torcida única para Cruzeiro x Palmeiras Mineirão receberá apenas torcedores do Cruzeiro em jogo que poderá decretar rebaixamento celeste - © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro Mineirão receberá apenas torcedores do Cruzeiro em jogo que poderá decretar rebaixamento celeste Imagem: © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro Enrico Bruno Do UOL, em Belo Horizonte 07/12/2019 17h44 O Ministério Público de Minas Gerais informou que a partida entre Cruzeiro e Palmeiras, marcada para às 16h (de Brasília) de amanhã (8) seja realizada apenas com torcedores do time mandante no Mineirão. O duelo é válido pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro e... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2019/12/07/justica-de-minas-gerais-determina-torcida-unica-para-cruzeiro-x-palmeiras.htm?cmpid=copiaecola

Opinião


INACREDITÁVEL
A Comissão Mista do Congresso que teve a tarefa de analisar e aprovar o Orçamento da União para o ano de 2020, tendo como relator geral o Deputado Domingos Neto (PDS-CE), aumentou de R$ 2 bilhões para R$ 3,8 bilhões o fundo especial de financiamento de campanha ( Fundo Partidário), tirando recursos da educação, saúde (500 milhões), dentre outros. Verdadeira bofetada na população brasileira, num momento de grave crise, que, vive a sociedade com altíssimos índices de desemprego, falta de recursos na saúde pública e na educação, necessidades inadiáveis na segurança pública e na infraestrutura.
O descaramento é maior quando deputado federal da Paraíba da referida comissão, falsifica assinatura do senador Jorginho Mello (PL-SC) visando mostrar apoio geral a absurda proposta.
Por outro lado, a maioria dos representantes dos diversos partidos acordou com a proposta indecente, quando demonstram na prática que ser de direita, esquerda e centro é conversa fiada, enganação para os pobres mortais brasileiros. Acima de tudo estão os interesses pessoais e partidários dos parlamentares.
É uma vergonha!!!

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Céus abertos

Governo federal assina acordo com Argentina para aumentar número de voos entre os países
Em outubro deste ano, ministro Marcelo Álvaro Antônio esteve em Buenos Aires para tratar da política de céus abertos
Mais voos entre Brasil e Argentina. A conquista é resultado de acordo assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo presidente da Argentina, Mauricio Macri, durante a Cúpula do Mercosul, que aconteceu em Bento Gonçalves (RS). A partir de agora, o número de frequências entre os dois países passará de 133 para 170 por semana e não haverá mais limite para voos de transporte de carga. A decisão tem efeito imediato e não precisa de aprovação do Congresso Nacional.
Em outubro deste ano, durante missão oficial em Buenos Aires, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, se reuniu com o ministro do Turismo da Argentina, Gustavo Santos, para debater parcerias no intuito de aumentar o fluxo de turistas entre os dois países, desenvolver a conectividade e integrar destinos turísticos. Um dos principais assuntos discutidos foi a revisão das frequências de voos no acordo bilateral de serviços aéreos entre os países.
A reunião também contou com a presença de representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Secretaria de Aviação Civil (SAC), ligada ao Ministério da Infraestrutura. Outros temas foram tratados durante o encontro, como o reconhecimento mútuo de vistos chineses no âmbito do Mercosul, a desregulamentação e maior agilidade do fluxo de turistas nas fronteiras e o aumento da frota de navios para cruzeiros marítimos.
Principal emissor de turistas estrangeiros ao Brasil, a Argentina, segundo o ministro Marcelo Álvaro Antônio, sempre foi uma grande parceira do Brasil para alavancar o turismo, com geração de emprego e renda para ambas as nações. “Esse acordo, assinado por nosso presidente Jair Bolsonaro, é de extrema importância para o crescimento ainda maior do fluxo de turistas entre os países vizinhos e o fortalecimento de uma parceria profícua com a Argentina”, disse. “Isso traz ao cidadão mais oferta de voos, mais competividade, mais destinos atendidos, mais dinheiro na economia e mais empregos”, afirmou o ministro.
Álvaro Antônio reforça ainda que a medida vai ao encontro de uma série de resultados que vem sendo alcançados pelo governo federal com a abertura de mercado e atração de investimentos ao Brasil. “Nosso principal objetivo é trazer ainda mais turistas argentinos ao nosso país, fortalecendo a nossa economia e consolidando todo o potencial do turismo brasileiro em realidade”, complementou o titular da Pasta. Em 2018, 2,4 milhões de argentinos vieram para o país, o que representou 37,7% do total de visitantes estrangeiros.
CÉUS ABERTOS - A reinvindicação para revisar a política de serviços aéreos entre Brasil e Argentina é antiga. O acordo foi assinado em 1948 e, desde então, tem se buscado ajustes, especialmente na quantidade de frequências que as empresas de cada país podem utilizar e os direitos de tráfego na operação.
O Memorando de Entendimento mais recente foi assinado em 2006 e contém os limites que eram aplicados até hoje. Antes do aumento, todas as frequências estavam sendo ocupadas pelas companhias aéreas brasileiras e a demanda por mais voos seguia crescente. E, como as empresas não podiam solicitar voos para rotas incluídas no acordo bilateral, não havia margem para uma companhia aérea oferecer um novo voo entre Rio de Janeiro e Buenos Aires, por exemplo.

Mersocul muda de mãos

Bolsonaro passa presidência do Mercosul para Paraguai

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (5) que o nível de impostos aplicado à importação de produtos afeta a competitividade e deve ser revisado no âmbito do Mercosul. Bolsonaro abriu, no fim da manhã desta quinta-feira, a 55ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados, em Bento Gonçalves, no Vale do Vinhedos, Rio Grande do Sul.
Ele citou os acordos de livre comércio fechados este ano pelo bloco com a União Europeia e com Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA), enfatizando que precisam ser implementados com rapidez, e disse que é preciso “levar adiante as reformas que estão dando vitalidade ao Mercosul, sem aceitar retrocessos ideológicos”. Para o presidente brasileiro, a renovação do Mercosul tem papel central no aumento da integração aos fluxos globais de comércio e investimentos.
“Outro fator determinante para nossa participação na economia mundial é o nível de impostos aplicados às importações. A taxação excessiva afeta a competitividade e é prejudicial a quem produz. O Brasil confia na abertura comercial como ferramenta de desenvolvimento e por isso insiste na necessidade de reduzir ou revisar a Tarifa Externa Comum [TEC]”, destacou Bolsonaro. Durante a presidência pro tempore do Brasil no Mercosul houve empenho no plano técnico para revisar e modernizar a TEC.
O presidente brasileiro anunciou ainda que, “apesar da difícil situação fiscal do Brasil”, o país fará o pagamento de R$ 12 milhões ao Fundo para a Convergência Estrutural do Mercosul (Focem) e disse que espera regularizar a situação com o fundo num futuro próximo. O Brasil é o maior contribuinte, aportando 70% dos recursos do fundo.

Paraguai
A Cúpula do Vale dos Vinhedos encerra a presidência brasileira do Mercosul, que será transferida para o Paraguai pelos próximos seis meses. Durante seu discurso hoje, o presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez, enfatizou o compromisso do país com o fortalecimento e respeito aos valores democráticos e aos direitos humanos e disse que as nossas diferenças de origem, de visão e ideológicas “devem servir para enriquecer o debate regional em busca da construção de uma sociedade mais justa e igualitária”.
“Continuaremos impulsionando o processo de integração levando em consideração os desafios do mundo de hoje. […] Entre os temas prioritários está o impulso de agenda digital, do comércio eletrônico e fortalecimento das ferramentas para favorecer um comércio regional mais inclusivo, enfatizando as micro, pequenas e médias empresas, assim como o empoderamento econômico das mulheres e jovens”, disse o presidente do Paraguai.
Benítez destacou ainda a importância de “alcançar a verdadeira complementaridade produtiva, aproveitando as realidades e potenciais do Mercosul e de cada um dos seus integrantes, de modo a seguir desenvolvendo cadeias de valor, especialmente em setores não tradicionais”. Ele citou como exemplo o setor automobilístico e defendeu a sua inclusão nas regras comerciais e tarifárias do Mercosul. “Todos os países do sistema contribuem para uma genuína cadeia de produção e consumo”, disse. (Todas as matérias são da Agência Brasil)

Do jornal O EstadoCe

Manifestação de agentes de segurança toma Assembleia

Um grupo de agentes de segurança foi à Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (AL-CE), na manhã de ontem (5), em manifestação pela aprovação de reajuste para a categoria. A reivindicação é de aumento salarial de R$ 3.250 para R$ 4.700, no caso dos soldados. O movimento teve participação de policiais militares, policiais civis, peritos e agentes penitenciários.

Os manifestantes se aglomeraram nas galerias e, depois, na entrada do Plenário, acompanhando o pronunciamento do deputado estadual Soldado Noelio (Pros) – que teve destaque em meio à movimentação, sendo o principal representante da categoria na Casa Legislativa. Em sua fala, ele desafiou o governador Camilo Santana a tomar ciência do salário de um policial militar do Estado e comparar ao pago pelo governo do Maranhão. “Sabe quanto o governador que é aliado do Camilo Santana paga aos policiais do Maranhão? R$ 1.500 a mais que ele. São cinco anos encolhendo o salário desses profissionais que não estão pedindo nenhuma regalia, apenas o que lhe é de direito”, apontou.


Soldado Noélio informou que a ida da categoria à Assembleia, nesta quinta-feira, foi apenas a primeira e que a quantidade de policiais e bombeiros a comparecerem na ocasião seguinte dependerá da resposta do governo. “Outros estados em situação de crise estão concedendo reajuste. Se temos mil policiais aqui hoje, teremos ainda mais até o governador agir.”
Na mesma ocasião, o deputado estadual Vitor Valim (Pros) pediu que o governador se espelhasse em outros governadores de esquerda que valorizam os profissionais de segurança pública. “Gasta milhões com o aquário e esquece de quem se arrisca todo dia. Se não querem paralisação, atendam a essa categoria”, alertou. Fernanda Pessoa (PSDB) também declarou apoio ao movimento: “Se não fossem nossos policiais e bombeiros, quem nos daria segurança? Colocam a vida em risco todos os dias e precisam ser valorizados, tanto na questão do salário quanto na saúde.”


Situação
Houve apoio inclusive por parte de parlamentares da base governista, como no caso do deputado Elmano Freitas (PT), que defendeu a reivindicação dos profissionais de segurança. Para o parlamentar, o reajuste salarial desses profissionais precisa ser tratado, assim como a necessidade de se debater a reforma de quartéis, assinalando que o assunto será abordado nas discussões orçamentárias para o ano que vem. “No momento adequado estes debates virão à tona, especialmente na discussão do Orçamento do Estado para 2020. Nesta ocasião, vamos discutir efetivamente qual o reajuste se dará para a categoria”, salientou, na tribuna.


SSPDS
A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), no mesmo dia, informou que comissões passaram a tratar do reajuste, uma sobre aquele a ser concedido para policiais e bombeiros militares e outra especificamente para os policiais civis e peritos. Ainda segundo a pasta, os trabalhos, além de serem presididos pela SSPDS, contam com membros da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp).


Destaca ainda, em nota enviada à imprensa, que a política de valorização do sistema de segurança do Governo do Estado soma, de 2015 a 2018, um investimento de R$ 599,6 milhões, com a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e a Perícia Forense do Ceará (Pefoce) tendo passado por reestruturação e descompressão. A nota, por fim, pontua que aproximadamente 10 mil novos profissionais foram contratados por meio de concursos públicos, em investimento de R$ 478 milhões.

ítica de valorização do sistema de segurança do Governo do Estado soma, de 2015 a 2018, um investimento de R$ 599,6 milhões, com a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e a Perícia Forense do Ceará (Pefoce) tendo passado por reestruturação e descompressão. A nota, por fim, pontua que aproximadamente 10 mil novos profissionais foram contratados por meio de concursos públicos, em investimento de R$ 478 milhões.

Capa do jornal OEstadoCe


Coluna do blog


Ceará de senador novo
Prisco Bezerra, irmão de Roberto Cláudio, é senador da república pelo Ceará. Prisco devera assumir depois do dia 11, data em que Cid Gomes entregará formalmente um pedido de licenção de 120 dias do mandato dado pelo povo do Estado.Este é o enunciado da notícia. Danado é o que tem debaixo dela; um mundo de especulação de toda monta. Na escolha do suplente, ainda na pré-campanha de Cid ao Senado, se especulava que a escolha de Prisco acenava com um velho desejo de Cid ser candidato a Prefeito de Fortaleza. Agradou a Roberto Claudio, irmão do aquinhoado. Ficaria bem mais fácil a escolha de seu possivel substituto. Não haveria guerra urbana na capital para a escolha do candidato dos FGs nem do PDT e menos ainda do aliado Camilo Santana,do PT que por seu turno provavelmente não teria candidato. E muito se falou em candidato forte. Isso, porém, é só uma vertente das perguntas: Por quê? Como? Pra quê? Oficialmente a conversa dá conta de que Cid chegaria à presidência do PDT para organizar a sigla e o grupo e seus aliados para os embates do ano que vem. Prefeitos em todo o Ceará,vereadores, lideranças já de olho em 2022 quando será a vez de Camilo se despedir. E lá terá mais uma disputa pro senado etc.etc. e tal. Uma pedreira que vai do granito rosa à esteatita. O granito rosa enfeita e a esteatita é conhecida como pedra sabão, ótima para escultura porque fácil de ser esculpida e, ao relento, tende a endurecer e se perpetuar. Entendeu, agora?

A frase: “Esta é a nova Rádio Difusora de Acarau; 102.5, FM". É assim que o locutor vai anunciar neste domingo a migração da velha AM e soltar o verbo no Baixo Acaraú.

Delegado pede CPI pra Enel (Nota da foto)
Segundo o deputado estadual Delegado Cavalcante, a Enel vem causando sérios problemas à população cearense, com registros de má prestação de serviço e descumprimento de normas de consumo. Por isso Cavalcante está pedindo uma CPI pra cuidar do assunto que bole com todo o Estado.

Expediente
Vazia em plenário, foi preciso chamar os deputados dos gabinetes para escutarem a leitura de projetos de lei de uma pauta desta semana na Assembléia do Ceará.

Dos gabinetes
Assim foram lidos: De autoria de Antonio Granja, denominando Nodge Nogueira Diógenes a Areninha de Alto Santo.

Capital
De Bruno Pedrosa, projeto denominando a cidade de Quixeramobim de Capital do Leite do Ceará.

Reconhecimento
Sérgio Aguiar pediu para que fosse reconhecida a destacada relevância do troféu César Cals para o Turismo do Estado, organizado pelo Skal.

Cidadania
Júlio César Filho, líder do governo na Assembléia, pediu o título de Cidadão Cearense para o chefe de gabinete do governador, José Élcio Batista.

Leriado do seu Jair!!!
Naquela conversa fiada que seu Jair tem quase todo dia com os jornalistas na saída de casa pro Planalto, o homem andou bem humorado.

Disse ele...
-Não teve uma pergunta chata hoje. -Vou acabar me apaixonando pela imprensa. -Vou até fazer umas assinatura da Folha.

E mais...
-Por enquanto tou casado com o Mourão. Sem amante, e sobre Moro vir a ser vice dele numa segunda tentativa de mandato.

BB?Nannn!!!
Aí os meninos perguntaram sobre a privatização do Banco do Brasil. – Nunca pensei, nem pensarei em privatizar o Banco do Brasil.Isso é coisa de gente do terceiro escalão.

Bom dia

Tem quem ache que na vida tem que ser assim: matou, morreu. Bateu, levou. Pela aí, fora das fronteiras do Brasil tem até lei que rege esses sentimentos. Pois bem; ontem, os deputados brasileiros aprovaram uma lei que aumenta de 30 para 40 anos o tempo máximo de pena por crimes diversos. Ainda não há pena de morte nem prisão perpétua, mas a mudança já é alguma coisa. Um dia, quem sabe, alguém projete algo que acabe com esse cocô que é a tal progressão de pena. Aí sim, bichim vai ver o que é bom pra tosse.
Bom dia meio esquisio esse, e não estou com raiva de ninguém.
Ainda.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Ceará, por uma peinha pra ficar na primeira classe do futebol

Grêmio derrota  Cruzeiro de Minas (2 a 0) que fica pela bola sete pra cair pra segundona.Só se manterá na classe A se o Ceará perder pro Botafogo e ele  proprio, Cruzeiro, ganhar do  Palmeiras.
Grêmio vence, e Cruzeiro não depende só de si para escapar do rebaixamento Enrico Bruno, Jeremias Wernek e Thiago Fernandes Do UOL, em Porto Alegre e Belo Horizonte 05/12/2019 21h06 O Grêmio venceu o Cruzeiro e por 2 a 0 na noite de hoje, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019. Ferreirinha e Pepê garantiram a vitória para o mandante e deixaram o visitante em momento ainda mais complicado na tabela. Com o resultado, os mineiros ficam com 36 pontos e chegam à última rodada dependendo de uma vitória sobre o Palmeiras e uma derrota do Ceará para o Botafogo para se salvar de um rebaixamento inédito em sua história. O Grêmio, por... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2019/12/05/gremio-x-cruzeiro.htm?cmpid=copiaecola

Já fizemos isso no Ceará

Coisa velha copiada
A Rede Globo anunciou que apresentadores do jornal nacional, aqueles que foram dos estados para o Rio comemorando os 50 anos do noticiário, passariam a fazer parte dos rodízios fixos do JN. Há pelo menos vinte anos, aqui no Ceará o diretor de jornalismo Marcus Nunes fazia a mesma coisa, chamando colegas do interior para cobrirem férias e folgas de outros parceiros. Um rodízio fixo, tambem.

Nao era ouro, era bijuteria




"Eduardo Bolsonaro é um dos líderes dos ataques virtuais", diz Joice



Constança Rezende
Do UOL, em Brasília

Resumo da notícia

  • Desafeto do filho do presidente no PSL, deputada diz haver um "gabinete do ódio"
  • A parlamentar depõe na CPMI das Fake News
  • Segundo ela, assessores atuam em rede social do filho do presidente para fazer ataques
  • Eduardo está em viagem fora do país e não comentou declarações
A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) acusou ontem, em depoimento na CPMI das Fake News, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o chamado "gabinete do ódio" de liderar os ataques virtuais nas redes sociais feitos contra pessoas consideradas inimigas da família.
"Eduardo está amplamente envolvido e é um dos líderes desse grupo que chamamos de milícia virtual", disse Joice.

A deputada também detalhou o que disse ser o método utilizado nesses ataques. Segundo ela, escolhe-se o alvo, combina-se o ataque, entram pessoas de verdade e, depois os robôs, para disparar as mensagens.
"Em questão de minutos, temos uma informação espalhada para o mundo inteiro. A sensação que é passada é para que muitos fiquem aterrorizados com o levante da internet", disse.
Ela afirmou que a rede social de Eduardo é uma das que mais influenciam os ataques, com a colaboração de assessores. Ela citou, por exemplo, o perfil "Bolsofeios", que seria do assessor de Eduardo, Carlos Eduardo Guimarães.
Disse também que, segundo peritos acionados por ela, há 1,4 milhão de seguidores robôs no perfil do twitter do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e 468.775 no do filho Eduardo.
"São quase 2 milhões de robôs seguidores. Quero crer que o presidente não sabe disso", disse.
O deputado Eduardo Bolsonaro, que costuma participar das sessões da CPMI das Fake News, está fora do país, em uma viagem à Cisjordânia pela Comissão de Relações Exteriores da Câmara.

Valores gastos

Joice também afirmou haver uso de R$ 500 mil de dinheiro público para os ataques de "perseguições de desafetos" da família, incluindo a utilização do "gabinete do ódio". Segundo ela, para fazer cada disparo por robôs, uma hashtag, gasta-se R$ 20 mil.
"As publicações são pautadas e influenciadas por políticos. Eduardo e assessores ativam as militâncias políticas. Muitos perfis são fakes para dificultar a responsabilização desses conteúdos. A expansão para a vida real é feita por robôs", disse.

Todos são alvos

A deputada afirmou que "qualquer um pode ser alvo dos ataques, seja de direita, esquerda ou centro". "Somos considerados traidores porque não entramos nesse jogo de ataques ou porque discordamos de algo", afirmou, acrescentando que muitos dos ataques vêm de pessoas ligadas a Olavo de Carvalho, escritor que exerce influência sobre a família Bolsonaro e integrantes do governo.
Joice disse também que seu objetivo "não é arruinar a imagem do presidente": "Ajudei a eleger o presidente e parte da bancada. Meu objetivo é mostrar o fruto de uma investigação que fiz depois que virei alvo coordenado de ataques na internet coordenados, e, infelizmente, com dinheiro público", afirmou.
Para ela, o "esquema criminoso não se trata de tias do Whatsapp", mas afirmou que "preservaria" a Presidência da República em sua apresentação, por conta da "estabilidade do país".
Na sua opinião, os ataques são coordenados por vários grupos e funcionam igual para todos os alvos. De acordo com ela, há também uma tabela com cronograma de dias de qual grupo do gabinete do ódio fará o ataque da vez.

"Abin paralela"

A deputada disse ainda que teve a informação de que o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) chegou a propor a criação de uma "Abin paralela" no governo, que funcionaria como um órgão clandestino, nos moldes da Agência Brasileira de Inteligência do Brasil, que incluiria a instalação de grampos telefônicos.

Ela sugeriu que a comissão chame para depor o ex-ministro da Secretaria-Geral da República Gustavo Bebianno, hoje no PSDB, que saberia do caso e teria discordado da ideia de Carlos.


Ser ou não ser...não é a questão.

Doutora Silvana contesta decreto governamental sobre diversidade de gênero

A deputada estadual Dra. Silvana (PL) cobrou ontem (4), no plenário da Assembleia Legislativa (AL), que o governador Camilo Santana reveja o decreto do Poder Executivo relativo à Coordenadoria de Diversidade e Inclusão Educacional. Segundo a parlamentar, o decreto 33.376, de 2 de dezembro de 2019, insere a questão da ideologia de gênero no currículo escolar, desrespeitando o que foi estabelecido pelo Plano Estadual de Educação, que exclui o tema.

“Nós fomos vitoriosos na votação do Plano de Educação nesta Casa, quando retiramos dele toda e qualquer menção à ideologia de gênero. E em nível federal essa questão também foi pacificada, com o ministro da Educação, Abraham Weintraub”, salientou.


De acordo com Dra. Silvana, deve ter havido algum equívoco na assinatura do documento pelo governador Camilo. “Talvez ele não tenha condições de ler detalhadamente cada papel que assina, pois esse decreto é confuso, confrontando e ameaçando a paz dos cristãos, e não vamos aceitar”, avaliou.“Nós não podemos permitir isso, pois vai inquietar toda a sociedade. Nós não fazemos guerra com ninguém, e queremos que todas as pessoas sejam respeitadas independente de suas opções sexuais”, ressaltou, ainda.


A parlamentar comunicou que pretende entrar em contato com o secretário-chefe da Casa Civil do Estado, Élcio Batista, para explicações sobre o que aconteceu.

Do jornal OEstadoCe

Zoneamentos: Plano Diretor avança em comissão especial

Foi aprovada ontem (4), na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), a tramitação de três projetos de lei complementar que alteram o dispositivo legal do Plano Diretor de Fortaleza, em reunião da Comissão Especial de Apreciação de Matérias que Alterem o Plano Diretor. O presidente da Comissão, vereador Esio Feitosa (PDT), acredita que as propostas possam ser aprovadas ainda este semestre.

Os vereadores aprovaram o parecer contrário do vereador Dr. Porto (PRTB) ao projeto de lei n° 26/2019, de autoria do vereador Professor Elói (Patriota), que altera o zoneamento constante no mapa 02, do anexo 02, da Lei Complementar nº 250, de 03 de julho de 2018, impedindo a tramitação do projeto. A proposta queria retirar da Zona de Proteção Ambiental (ZPA) o trecho do sangradouro do Açude João Lopes.

Professor Elói afirma que na lei de 2009 não existia previsão da ZPA, pois tratava-se de um afluente ao corpo d’água original, de modo que se faz necessária somente a drenagem.
Conforme Esio Feitosa, a proposta modificava o zoneamento de uma área de proteção ambiental, que ainda existe. No voto do relator, vereador Dr. Porto, a Lei 250/2018 alterou o sangradouro do Açude João Lopes para Zona de Preservação, com o propósito de resguardar aquela área de qualquer impacto ambiental. “Sua recolocação ao status anterior seria um retrocesso às diretrizes que norteiam o Plano Diretor Participativo do Município de Fortaleza,” argumentou o relator na sua justificativa de voto.


O projeto de Lei Complementar n° 32/2019, por sua vez, de autoria do vereador Didi Mangueira (PDT), altera a lei complementar 62/2009 e também teve parecer favorável. A proposta, segundo o autor, tem o objetivo de adequar a legislação urbanística à realidade do município de Fortaleza. “Justifica-se o pleito pela necessidade de requalificação da área nas proximidades da estrada do Ancuri, compatibilizando a norma com os parâmetros urbanísticos já existentes nas áreas circunvizinhas. Isto porque essa área, apesar de totalmente urbanizada, antropizada e consolidada, com vias urbanizadas ladeando todo o perímetro, presença de energia elétrica e serviço de transporte urbano, está tendo seu desenvolvimento impedido em razão do seu zoneamento urbanístico”.


Segundo o vereador, o fundamento para a mudança da classificação do zoneamento reside no estudo técnico apresentado pelo professor Fábio Perdigão de Vasconcelos. “Naquela área inexiste qualquer recurso hídrico, não havendo a função ambiental necessária para a existência de zoneamento ambiental restritivo. O próprio órgão ambiental concluiu pela necessidade de mudança no zoneamento do perímetro”, pontua.
Limites
Já o projeto 35/2019, de autoria do vereador Benigno Júnior (PSD), alterando a Lei Complementar n° 236/2019, também recebeu parecer favorável. A proposta visa adequar a legislação levando em conta os limites territoriais de Fortaleza. A mudança se deve ao fato de que a área apresenta características similares a áreas vizinhas, que se enquadram como Zona Especial de Dinamização Urbanística e Socioeconômica (Zedus) – Aldeota. “Razão pela qual justifica-se a mudança de classificação do trecho incorporando-a à zona, de forma a estimular a dinamização urbana e socioeconômica, que é o objetivo principal da Zedus.” concluiu.
Habite-se
A Comissão também aprovou o parecer favorável e a tramitação do projeto de lei complementar n° 30/2019, de autoria do presidente da CMFor Antônio Henrique (PDT), alterando a Lei Complementar nº 270, de 2 de agosto de 2019. A proposta altera vários artigos da lei, que tratam da emissão de fumaça, criação de sistemas de reúso de efluentes, transporte de cargas perigosas e expedição de licenciamento ambiental.
Outra alteração foi no prazo de 12 meses para emissão de certificado de conclusão da Obra (Habite-se), pelo município de Fortaleza, procedendo a declaração de nulidade, sem direito a qualquer indenização, além da aplicação das demais penalidades administrativas cíveis e penais, caso sejam constatadas divergências entre o projeto e a obra executada.

Escandalo na terra de Patativa

Assaré: operação do MPCE cumpre mandados na casa do prefeito e na Prefeitura

Uma nova operação deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) fez com que fossem cumpridos mandados de busca e apreensão a imóveis de residência do prefeito do município de Assaré, na Chapada do Araripe. Evanderto Almeida (PSD) e seu chefe de gabinete, Francisco Paulo Paiva Almeida, tiveram aparelhos celulares, equipamentos eletrônicos e documentos apreendidos, em ações que foram feitas também na sede da Prefeitura.

Os mandados foram cumpridos, também, nas sedes de empresas situadas nos municípios de Assaré, de Juazeiro do Norte e na capital cearense.
As ordens judiciais, conforme divulgou o Ministério Público, são decorrentes de procedimento investigatório criminal que tramitam na Procuradoria de Justiça dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap) do MPCE. As investigações do Ministério Público apontam suspeitas de crime de peculato em diversas contratações, como no fornecimento de combustíveis, na realização de obras e na locação de veículos, com possível participação de autoridade com foro por prerrogativa de função.


A operação Coisas de Pai foi deflagrada por meio da Procap e com o apoio de promotores de Justiça da região do Cariri e do Departamento Técnico Operacional (DTO) da Polícia Civil do Estado do Ceará. Foram cumpridos, no total, 13 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE).

Capa do jornal OEstadoCe


Coluna do blog


Líderes avaliam que privatização do BB não passa no Congresso
A intenção do governo federal de privatizar o Banco do Brasil provocou reações contrárias de líderes na Câmara dos Deputados e no Senado, que não acreditam que a matéria vai ser pautada.. O jornal O Globo publicou  que o ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende enviar um projeto de privatização do Banco do Brasil no próximo ano ao Congresso Nacional.. Frente Parlamentar dos Bancos Públicos reage. O presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos, deputado José Carlos (PT-MA), pediu que antes de ser enviado um projeto ao Congresso, o tema seja discutido por plebiscito.“Terá, como consequência imediata, o encarecimento dos alimentos e da moradia. O BB é o principal responsável pelos créditos concedidos no âmbito do PRONAF e agricultura familiar, que por sua vez, é a responsável por 70% dos alimentos consumidos por toda a população brasileira”, disse. O petista defendeu ser contra a privatização de todos os bancos públicos, mas afirmou que o caso do Banco do Brasil é mais sensível que o restante: "Os parlamentares do Congresso Nacional têm a responsabilidade de se contrapor às propostas de privatização dos bancos públicos de modo geral, e do Banco do Brasil em particular, por conta dos impactos que essas privatizações terão junto às classes mais pobres da população brasileira, que são as classes beneficiadas com os juros mais baixos fornecidos por esses bancos na aquisição de moradia e no fomento à agricultura, por exemplo". Penso eu: privtizar o Banco do Brasil é mais ou menos como vender a Mãe. E entregar.

A frase: "O que me choca é o comportamento de nove ministros generais vendo, coniventes, nossa soberania (e nossa economia ) ser entregue por pura vassalagem!". Ciro Gomes,ex-Ministro da Fazenda.



Lá de dentro (Nota da foto)
Uma revista digital, Crosué, anuncioou que O Posto Ipiranga do Governo poderá trocar o presidente do Banco do Nordeste. O presidente atual, de carreira do BNB, seria substituido por um funcionário do Banco do Brasil. No BNB a turma morre de medo que isso seja sinais para o jogo da privatização.Cada dia vai um dedo;fica o anel.

Cai MP de Bolsonaro que prejudicava jornais
A medida provisória que desobrigava as empresas de capital aberto a publicarem seus balanços em jornais perdeu a validade nesta terça-feira (3) sem nem entrar na pauta da Câmara dos Deputados. A MP 892 já havia recebido parecer contrário de uma comissão parlamentar mista que viu a proposta como um ataque do governo Bolsonaro à imprensa, mas ainda poderia ser retomada caso fosse votada nos plenários da Câmara e do Senado. Essa votação, porém, precisava ser realizada até terça, no último dia de vigência da MP, o que não aconteceu.

Bolsonaro quer reeditar medida provisória que prejudica jornais
A MP 892 foi editada em agosto pelo presidente Jair Bolsonaro com o intuito de reduzir o custo das empresas públicas e privadas, que não teriam mais que pagar para publicar seus balancetes em jornais e passariam a divulgar esses documentos apenas em mídias digitais. Na ocasião, contudo, o próprio Bolsonaro sugeriu que a proposta poderia inviabilizar o funcionamento de alguns jornais porque tiraria uma fonte de receita importante dessas companhias.

Olhar enviezado
Por conta dessa declaração, a medida provisória já chegou mal vista no Congresso. E os parlamentares ainda encontraram outros poréns para o texto. Alguns senadores lembraram, por exemplo, que a medida provisória anulava a Lei das Sociedades Anônimas aprovada neste ano. A Rede Sustentabilidade ainda foi ao Supremo Tribunal Federal dizendo que a medida era inconstitucional porque não tinha a urgência necessária para ser tratado por meio de MP.

Pegou "maus"
Tudo isso pesou, então, na avaliação da comissão mista que foi criada no Congresso com o intuito de analisar a medida provisória. No mês passado, essa comissão rejeitou a MP 892, apesar dos apelos da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS), que é aliada de Bolsonaro e foi relatora da medida provisória. "Quando o presidente se pronunciou dizendo que esse era um instrumento que poderia amanhã esvaziar a imprensa, isso é um demérito para essa matéria", argumentou à época a senadora Rose de Freitas (Podemos-ES), que apresentou o parecer contrário à MP 892.

Sem leitores?
A senadora lamentou, então, o fato. Ela argumentou que a proposta aliviaria as empresas do custo da publicação de seus balanços em um meio que, segundo a senadora, "ninguém mais lê nessa era digital". "O argumento contrário foi ridículo. Um argumento que só privilegia uma minoria. Além do mais, é um absurdo dizer que a MP é inconstitucional por conta da urgência, porque a nossa situação econômica gera essa urgência", argumentou, dizendo que o dinheiro gasto pelas empresas com essa publicação nos jornais poderia gerar novos investimentos ou empregos.

Por conta desse entendimento, a senadora já havia até cogitado a possibilidade de apresentar um projeto de lei que retomasse essa proposta. Nesta terça, ela admitiu, por sua vez, ter desistido da ideia para que o próprio governo trate do assunto. Afinal, o próprio Bolsonaro já revelou a intenção de reeditar essa medida provisória no próximo ano. "Acho que a solução do Executivo pode ser mais rápida", justificou Soraya.

Bom dia


Apostador ganha sozinho R$ 51 milhões na Mega-Sena; confira os números

Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados



Uma apostador acertou sozinho os seis números da Mega-Sena e vai levar para casa R$ 51 milhões. O sorteio do concurso 2213 foi realizado na noite desta quarta-feira (4). As dezenas foram: 

05 - 07 - 10 - 32 - 46 - 60. 

O sortudo é de São Gonçalo, no Rio de Janeiro. 
 
De acordo com a Caixa, 96 apostas fizeram cinco pontos e recebem pouco mais de R$ 39 mil cada. A quadra vai pagar R$ 744,46. 
 
Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 4,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Turismo - Balancê


MTur apresenta balanço das ações realizadas neste ano em reunião do CNT
Os resultados de medidas como o Investe Turismo, Programa de Regionalização e Segurança Turística foram apresentados aos membros do Conselho
O balanço das ações realizadas pelo Ministério do Turismo em 2019 e os próximos passos do setor foram os temas da última reunião do ano do Conselho Nacional de Turismo (CNT). O encontro, que reuniu as principais lideranças do setor, deu continuidade ao primeiro dia da Semana Nacional do Turismo, realizada entre os dias 3 e 6 de dezembro, em Belo Horizonte (MG).
Na reunião, o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Daniel Nepomuceno, destacou os objetivos e desafios deste primeiro ano de gestão. “O nosso grande desafio era desburocratizar as nossas medidas para abertura do mercado, e estamos conseguindo. Para o ano que vem, começaremos a discutir mais sobre os nossos patrimônios e como aumentar emprego e renda para o país. Vamos também incentivar os modelos modernos de políticas públicas privadas”, finalizou.
Entre os avanços destacados estão o Programa de Regionalização do Turismo, que hoje conta com 3.054 interlocutores e 8.144 atrativos mapeados; o Fungetur, que repassou R$ 300 milhões para os bancos regionais de desenvolvimento e conta com 186 projetos contratados; e as cerca de 5 mil obras em andamento, que movimentaram R$ 4,5 bilhões e geraram cerca de quase 100 mil empregos.
O programa Investe Turismo e o Cadastur também receberam destaque importante durante a reunião do CNT. O primeiro, que é desenvolvido pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Embratur e o Sebrae, já rodou todos os estados do País e reuniu mais de quatro mil pessoas do setor. Já o segundo, está quase na marca de 100 mil inscritos, além de ter fornecido cerca de 10 mil crachás para guias de turismo em todo o país e incluído os barcos-hotéis no sistema.
Por fim, as ações interinstitucionais também garantiram bons resultados em 2019 para a Pasta. Entre elas, a realização do 1º Seminário de Segurança Turística, que contou com vários membros do governo federal; o diagnóstico de mobilidade urbana e a Rede Brasileira de Cidades Criativas. Além disso, foram destacados o acordo de cooperação técnica sobre turismo em áreas protegidas, as áreas especiais de interesse turístico e a gestão compartilhada de área de interesse da União, que foi uma das metas atingidas durante os 100 dias da atual gestão.
CNT - O Conselho Nacional de Turismo é um órgão colegiado com a atribuição de assessorar o Ministro de Estado do Turismo na formulação e na aplicação da Política Nacional de Turismo e dos planos, programas, projetos e atividades dela derivados. O CNT é composto por representantes do Governo Federal e por entidades dos diversos segmentos relacionados à atividade turística.
MINISTROS - O fim do primeiro dia de programação da Semana Nacional do Turismo foi marcado pelo encontro dos ministros do Turismo do Mercosul. A reunião presidida pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, contou ainda com o a participação dos ministros da Argentina, Gustavo Santos, do Paraguai, Sofia Montiel, e do Uruguai, Liliam Kechichi. Na pauta, a importância de ações de promoção em conjunto para impulsionar o turismo regional e atrair os visitantes de longa distância.
Para o ministro Marcelo Álvaro Antônio, o encontro foi uma forma de celebrar o bom ano do setor na região e marcou mais uma entrega de sua gestão: a Rota das Missões Jesuítas que deverá ser assinada na quinta-feira (05). “Esse circuito composto por Brasil, Paraguai e Uruguai reúne todas as condições para atrair visitantes estrangeiros de longas distâncias para conhecer nossos atrativos e por isso uma das grandes ações que temos discutido à frente dos ministérios é o aumento da conectividade aérea, fundamental para esse momento de desenvolvimento e fortalecimento do turismo”
Gustavo Santos reforçou a importância da união entre os países. “O mais importante desse movimento é que construímos uma relação de confiança para promovermos o aumento do turismo em nossa região. Devemos pensar cada vez mais no fortalecimento do mercado sul-americano porque agir sozinho é antieconômico e não é inteligente”, comentou.

Fedeu

PSL suspende Eduardo Bolsonaro por 1 ano e pune outros 17 deputados

Mídia de cabeçalho
 
 
Política
PSL suspende Eduardo Bolsonaro por 1 ano e pune outros 17 deputados
O Diretório Nacional do PSL confirmou as punições na tarde desta terça-feira. Além de Eduardo, Bibo Nunes (RS), Alê Silva (MG) e Daniel Silveira (RJ) também foram suspensos por um ano. Durante o período, esses deputados não poderão participar de comissões, assinar listas ou falar em nome da sigla no Congresso. Sendo assim, o filho do presidente poderá ser destituído da liderança da bancada. Outros 14 deputados tiveram suspensões entre 3 e 10 meses. Quatro foram apenas advertidos. As punições ocorrem após divergências políticas levarem a saída de Jair Bolsonaro e seus apoiadores do partido no mês passado.
Foto via @ultimosegundo

Você fala e lê em ingles? Repare bem o que diz o Financial Times

Please use the sharing tools found via the share button at the top or side of articles. Copying articles to share with others is a breach of FT.com T&Cs and Copyright Policy. Email licensing@ft.com to buy additional rights. Subscribers may share up to 10 or 20 articles per month using the gift article service. More information can be found here. https://www.ft.com/content/bc552d72-15cf-11ea-9ee4-11f260415385

Brazilian economic data glitch stirs concerns among analysts 


‘People made or lost money’ as a result of confusion over true state of exports A worker separates coffee cherries at a plantation in Brazil. The economy ministry said it was satisfied that revised data on exports reflected the true position A worker separates coffee cherries at a plantation in Brazil. The economy ministry said it was satisfied that revised data on exports reflected the true position © Bloomberg Share on Twitter (opens new window) Share on Facebook (opens new window) Share on LinkedIn (opens new window) Jonathan Wheatley in London yesterday Print this page 1 Brazil’s economy ministry has revised its export figures for the second time in less than a week, casting doubt on key data releases and leaving analysts wondering whether they should still trust the reliability of Brazilian statistics. Doubts surfaced last week when the country’s currency was hit by central bank figures showing a sharp deterioration in Brazil’s current account balance in the period January to October, driven by a slide in exports. But the currency recovered on Thursday when the Ministry of Economy revealed that exports in the first four weeks of November were not, as previously stated, a disappointing $9.7bn, but a much better $13.5bn. The controversy has continued this week. On Monday night, the economy ministry said its error had been caused by a failure to record large numbers of declarations by exporters for the past three months, and that exports in September and October had also been under-reported, by $1.37bn and $1.35bn respectively. That was followed on Tuesday by better than expected data for third-quarter gross domestic product — compiled before Monday’s revised trade figures became available. “The GDP numbers showed a pretty significant contraction in exports in the third quarter, so maybe that will be revised as well,” said Gustavo Rangel, chief economist for Latin America at ING Financial Markets in New York. He said the GDP data, although better than expected, had raised doubts among some analysts because of an unusually large figure for company inventories, a negative indicator for economic activity. It was possible, he said, that some of the inventory had in fact been exported, but it was not yet possible to tell. The recent revisions and the possibility of more to come have raised doubts for the first time about Brazilian data, long seen as an example of timeliness and transparency among emerging nations. The Brazilian Institute of Geography and Statistics said it might have to revise the third-quarter data but would normally do so only a year from now. However, given the magnitude of the economy ministry’s error, it was possible that a revised number would be released along with the fourth-quarter figures, scheduled for early March. Recommended The Big Read Brazil reforms: has Jair Bolsonaro missed his moment? The economy ministry said it was satisfied that the revised data on exports reflected the true position and stressed that it operated a policy of full transparency and good practice. The IBGE said GDP rose 0.6 per cent in the third quarter compared with the second, and by 1.2 per cent compared with the third quarter last year, comfortably beating analysts’ expectations. However, it said exports of goods and services fell sharply, by 2.8 per cent from the second quarter. The real advanced from R$4.22 to the dollar at Tuesday’s open to R$4.19 after the data release, before giving up some gains in later trading. Last week’s moves were even sharper. The real started the week at about R$4.20 to the dollar and plunged to a record low of almost R$4.28 on Tuesday before rebounding to R$4.18 on Friday. “The real sold down because of the sharp erosion of the trade balance and the current account, which would mean the underpinnings of the currency were weaker,” said Alberto Ramos, an analyst at Goldman Sachs in New York. “People certainly made or lost money” as a result of the confusion over the true state of exports, he added. He said there was no suspicion that the data had been manipulated but that the incident had nevertheless raised various concerns. “This is a big mistake,” he said. “I don’t think there is any foul play, just incompetence or negligence at a time when markets are getting anxious about the erosion of trade.” Mr Rangel at ING said the true explanation was more likely to be that Brazil’s economy ministry — a “super ministry” created this year by merging the finance ministry with other parts of the government’s economic administration — had fallen victim to its own cost-cutting measures. “They can’t hire and a lot of people are retiring, so they are stretched,” he said. “How does the public sector function when the fiscal accounts are so tight? There is even the risk of a government shutdown next year if they are unable to cut other spending.”

Capa do jornal OEstadoCe


O mundo se encontra em Sobral


XIII ENCONTRO MESTRES DO MUNDO COMEÇA QUARTA-FEIRA (4), EM SOBRAL, COM VASTA PROGRAMAÇÃO CULTURAL



Vivências, intercâmbios culturais com os Mestres da Cultura, apresentações artísticas, feiras de artesanias e gastronomia tradicional integram a programação, que é gratuita e aberta ao público


De quarta a sábado, 4 a 7 de dezembro, o município de Sobral, localizado a 231 km de Fortaleza, recebe o XIII Encontro Mestres Mundo, evento que irá reunir os Tesouros Vivos da Cultura do Ceará, representados pelos 78 Mestres e Mestras da Cultura vivos, 13 grupos e 3 coletividades, reconhecidos como detentores dos saberes da cultura popular tradicional e do patrimônio imaterial do Estado do Ceará. A ação é uma iniciativa da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e oferece uma vasta programação cultural gratuita e aberta ao público durante os quatro dias de evento, com atrações regionais, nacionais e internacionais.

A programação tem início na quarta-feira, 4, às 18h40, com um Cortejo Ritual de Abertura que parte da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretinhos em direção à Arena dos Mestres, localizada na Praça São João. Após o cortejo, haverá a coroação das rainhas dos maracatus Reis de Paus, grupo de Fortaleza titulado este ano, e Nação Tremembé, de Aracatiaçu, e a solenidade de abertura, comandada pelo Secretário da Cultura, Fabiano Piúba. As atrações artísticas da primeira noite começam às 21h20, com o grupo mexicano Fuocco di Strada, o Coco São Francisco (Juazeiro do Norte) e o Grupo Bongar, de Casa Xambá em Recife (PE).

Na quinta-feira (5), as atividades iniciam pela manhã, das 9h às 12h, com vivências desenvolvidas entre os Mestres e Mestras, os grupos convidados e o público. O campus Cidão, da Universidade Vale do Acaraú, recebe os Girassóis em Rodas de trocas ou Trocas em Rodas, terreiradas de vivências e experiências com os Tesouros Vivos nas Rodas do Sagrado, do Corpo, da Oralidade, das Mãos e dos Sons. Haverá, também no campus da Universidade, os Girassóis Curumins na Fazenda Caiçara, a Roda Semente com transmissão de saberes para a gente miúda.

Os mestres encantados serão relembrados na atividade O saber dos Encantados: Espalhando Mandacarus, durante a oficina Cana Verde do Mucuripe – o saber de D. Gerta, com sua filha Maria José, em Lisieux, Santa Quitéria. Os grupos Fuocco di Strada (México), Carroça de Mamulengos (Juazeiro do Norte) e Borgar (PE) também realizam vivências durante a manhã. O período da tarde será dedicado a ações formativas com o a mesa de abertura do III Seminário Interdisciplinar de Patrimônio Imaterial, que este ano tem como tema “Patrimônio: territórios ameaçados, riscos às comunidades tradicionais e originárias” e será realizado no Teatro São João.

A programação noturna começa às 19h, na Arena dos Mestres (Praça São João), com a atividade infanto-juvenil Entre Girassóis e Mandacarus, com o Teatro de Bonecos de Cassimiro Coco. Às 19h30, os povos originários serão homenageados com um ritual, seguido de Toré, dança que será realizada pelos povos indígenas do Ceará. Às 20h, o Grupo Rabecacello (Itapipoca) se une aos Mestres Totonho, Quincas da Rabeca e Mestra Ana na apresentação Rabecas do Ceará. Em seguida, o público terá a presença do Boi Paz no Mundo, de Sobral, e da Carroça de Mamulengos, de Juazeiro do Norte. A banda Fulô da Aurora, de Fortaleza, encerra a segunda noite de atrações do Encontro.

Sexta-feira (6) as rodas de trocas de saberes com os Mestres e Mestras da Cultura continuam, na Universidade do Vale do Acaraú. A Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto participa de uma aula espetáculo e a atividade O saber dos Encantados: Espalhando Mandacarus será realizada na Serra da Meruoca, com o tema a Dança do Leruá e Maneiro Pau e participação dos Mestres Cirilo e Ricardinho e do grupo Mira Ira. Tanto na quinta quanto na sexta, o povo indígena amapaense Wajãpi irá realizar pinturas corporais com os participantes. A Arte Kusiwa – Pintura Corporal e Arte Gráfica Wajãpi recebeu da Unesco o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade em 2003.

No período da tarde, das 14h às 18h, as ações formativas do III Seminário Interdisciplinar de Patrimônio Imaterial continuam com a realização de simpósios temáticos. Às 15h, o teatro São João será o palco para a entrega dos títulos em Notório Saber em Cultura Popular dos mestres titulados este ano, realizada pela Universidade Estadual do Ceará. Das 14h às 17h, as escolas da rede municipal de ensino de Sobral recebem aulas-espetáculo Boi de Maracanã, do Maranhão, e Bois e Reis, do Rio Grande do Norte. De quinta a sábado, das 14h às 18h, a Casa do Capitão Mor de Sobral abriga duas atividades: a exposição Valores do Meu Lugar e a mostra de vídeo No intangível sem fronteiras espalhando mandacarus, no mini auditório.

As atividades culturais noturnas começam na sexta-feira, às 18h30, com o Som das Seis “Ritual Reisados”, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição. Na Arena dos Mestres, a partir das 19h30, a programação infanto-juvenil Entre Girassóis e Mandacarus terá como estrela o Mestre Palhaço Pimenta. Às 20h haverá o espetáculo Violas do Ceará, com os Mestres Antônio Pontes (Sobral) e Geraldo Amâncio (Fortaleza), seguida pelo Coco da Batateira (Crato), Reisado Euclides Rufino (Cariré), Boi de Maracanã – Sotaque de Matraca (São Luís-MA) e Forró Pé de Serra, com Luís Paulo (Quixeramobim).

A manhã do sábado (7), será marcada pela confraternização e troca de afetos entre os Tesouros Vivos da Cultura durante a caminhada nativa No Coração do Boi de Aracatiaçu tem Cabaçais e sons de Rosinha, que será realizada no terreiro do Mestre do Boi Coração e do Boi Lagoa, em Aracatiaçu.  A programação de encerramento do XIII Encontro Mestres do Mundo inicia às 19h com os Brincantes Sementes, apresentação infanto-juvenil com os Bois Mirins de Sobral. Às 20h10, os Mestres e Mestras da Cultura se reúnem na Arena dos Mestres para a Residência Resiliente – Geminando Girassóis e Espalhando Mandacarus, resultado dos quatro dias de vivências.

A partir das 21h30, o Encontro terá como atrações apresentação de Balandê e Danças Rurais Típicas de Monsenhor Gil (PI), a Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto (Crato) e a energia contagiante do carimbó de Dona Onete (PA) fecha a noite.

Durante todos os dias do evento, em paralelo à programação da Arena dos Mestres, o público poderá desfrutar, ainda, de espaços com programação permanente: Espaço dos Encantados, local de valorização dos saberes e fazeres dos Mestres que se foram; Feira de Artesanias, com saberes e fazeres artesanais; Feira de Gastronomia Tradicional, com a participação da comunidade e pratos da culinária tradicional local; Pintura Corporal, realizada pelo povo indígena Wajãpi (AP); e o Espaço Solidário e Inclusivo, privilegiando a economia da cultura e agricultura familiar das comunidades tradicionais do Ceará.

O XIII Encontro Mestres do Mundo é uma realização da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – SECULT, com produção do Instituto Assum Preto, parceria da Prefeitura de Sobral e das secretarias municipais e apoio do Fórum Cearense de Cultura Popular Tradicional e da Comissão Cearense de Folclore. O Encontro recebeu em 2017 o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade do IPHAN, pela sua importância na preservação e difusão do patrimônio imaterial cearense.


PROGRAMAÇÃO XIII ENCONTRO MESTRES DO MUNDO

ESPAÇOS E PROGRAMAÇÃO PERMANENTE – PRAÇA SÃO JOÃO
Sob a flor branca do Mandacaru multiplicando força solidária

ESPAÇO DOS ENCANTADOS – Local de valorização dos saberes e fazeres dos Mestres que se foram

FEIRA DE ARTESANATO – Feira de saberes e fazeres artesanais

FEIRA DE GASTRONOMIA TRADICIONAL – Comunidade e Culinário tradicional local

PINTURA CORPORAL com o povo indígena Wajãpi (AP)

ESPAÇOS SOLIDÁRIOS E INCLUSIVOS – economia da cultura e agricultura familiar, comunidades tradicionais do Ceará

04/12/2019 | QUARTA – FEIRA

NOITE
18h40 – SOM DAS SEIS, Igreja N. Sra. do Rosário dos pretinhos
CORTEJO RITUAL DE ABERTURA: “Tambores para Maria Tomázia”, tesouros vivos da cultura, convidados, atrações culturais e grupos locais.
19h – COROAÇÃO DA RAINHA E DO REI: Maracatu Reis de Paus (Fortaleza) e Maracatu Nação Tremembé (Aracatiaçu /Sobral), participação Mestre Almeida.
20h30 – SOLENIDADE DE ABERTURA
21h20 – Fuocco di strada (México)
21h50 – Coco São Francisco (Juazeiro do Norte, CE)
22h20 – Grupo BONGAR, Casa Xambá (Recife, PE)

05/04/2019 | QUINTA – FEIRA
MANHÃ
9h às 12h – Vivência Teatral – Fuocco di strada (México), ECOA
9h às 12h – Vivência Comunitária – Carroça de Mamulengos (Juazeiro do Norte, CE), Vila União.
9h às 10h – Terreiros em Vivências – Grupo BONGAR, Casa Xambá (Recife, PE)
9h às 12h – Girassóis em Rodas de trocas ou Trocas em Rodas (terreiradas de vivências e experiências) – Roda do Sagrado, Corpo, Oralidade, Mãos, Sons.
9h às 12h – Girassóis curumins – Roda Semente na Fazenda Caiçara (Transmissão de saber para gente miúda)
9h às 12h – Pintura corporal com o povo indígena Wajãpi (AP)
9h às 12h – O saber dos Encantados: Espalhando Mandacarus
OFICINA: Cana Verde do Mucuripe – o saber de D. Gerta, com a filha Maria José (Lisieux, Santa Quitéria).

TARDE
14h às 18h – III SEMINÁRIO INTERDISCIPLINAR DE PATRIMÔNIO IMATERIAL – MESA DE ABERTURA: “Patrimônio: territórios ameaçados, riscos às comunidades tradicionais e originárias”, Teatro São João.
14h às 17h – OFICINA: Grupo Rabecacello, com alunos da Escola de Música de Sobral.
14h às 18h – EXPOSIÇÃO: Valores do Meu Lugar, Casa do Capitão Mor
14h às 18h – MOSTRA DE VÍDEO: No intangível sem fronteiras espalhando mandacarus – Mini auditório da Casa do Capitão Mor.

NOITE
19h – PROGRAMAÇÃO INFANTO-JUVENIL: Entre girassóis e mandacarus, Teatro de bonecos (Cassimiro Coco), Arena dos Mestres.
19h30 – RITUAL DOS POVOS INDÍGENAS
20h – DANÇA DO TORÉ, povos indígenas do Ceará.
20h – RABECAS DO CEARÁ: Mestre Ana, Mestre Totonho, Mestre Quincas da Rabeca” (CE) e grupo Rabecacello (Itapipoca, CE)
21h10min – BOI PAZ NO MUNDO, Sobral (CE)
21h50 – CARROÇA DE MAMULENGOS (Juazeiro do Norte – CE)
22h30 – BANDA FULÔ DA AURORA (Fortaleza, CE)

06/12/2019 | SEXTA–FEIRA
MANHÃ
9h às 12h – AULA ESPETÁCULO: Banda Cabaçal Irmãos Aniceto (Crato, CE)
9h às 12h – Girassóis em Rodas de trocas ou Trocas em Rodas (terreiradas de vivências e experiências) – Roda do Sagrado, Corpo, Oralidade, Mãos, Sons.
9h às 12h – Girassóis curumins: Roda Semente na Fazenda Caiçara (Transmissão de saber para gente miúda)
9h às 12h – Pintura corporal com o povo indígena Wajãpi (AP)
9h às 12h – OFICINA O saber dos Encantados: Espalhando Mandacarus: Dança do Leruá e Maneiro Pau, na Serra da Meruoca com Ricardinho, Mestre Cirilo e Miraira.

TARDE
14h às 18h – III SEMINÁRIO INTERDISCIPLINAR DE PATRIMÔNIO IMATERIAL – SIMPÓSIOS TEMÁTICOS “Patrimônio: territórios ameaçados, riscos às comunidades tradicionais e originárias”.
15h – TÍTULO “NOTÓRIO SABER EM CULTURA POPULAR” – pela Universidade Estadual do Ceará - UECE - Teatro São João.
14h às 17h – AULA ESPETÁCULO: Boi de Maracanã – Sotaque de Matraca, (MA), Escolas de Sobral.
14h às 17h – AULA ESPETÁCULO: Bois e Reis (Natal – RN), Escolas de Sobral.
14h às 18h – EXPOSIÇÃO: Valores do Meu Lugar, Casa do Capitão Mor
14h às 18h – MOSTRA DE VÍDEO: No intangível sem fronteiras espalhando mandacarus – Mini auditório da Casa do Capitão Mor.

NOITE
18h30min - Som das Seis “Ritual Reisados”, Igreja de Nossa Senhora da Conceição
19h30min - Programação infanto Juvenil diurna e a noite no Espaço de Delicadezas Arena dos Mestres “Entre girassóis e mandacarus”, com – Mestre Palhaço Pimenta.
20h00min – Violas do Ceará, Antônio Pontes e Geraldo Amâncio (Sobral e Fortaleza, CE)
20h20min - Reisado dos Irmãos, (Juazeiro do Norte CE)
21h00min - Coco da Batateira, (Crato CE)
21h30min - Reisado Euclides Rufino ( Cariré CE)
22h10min - Boi de Maracanã, Sotaque de Matraca (São Luís MA)
23h00min - Forró Pé de Serra – Luís Paulo, (Quixeramobim CE)

07/04/2019 | SÁBADO
MANHÃ
9h às 11h – CAMINHADA NATIVA: no coração do boi de Aracatiaçu tem cabaçais e sons de Rosinha – no terreiro do Mestre do Boi Coração e do Boi Lagoa (Aracatiaçu/Sobral, CE)

TARDE
14h às 18h – EXPOSIÇÃO: Valores do Meu Lugar, Casa do Capitão Mor
14h às 18h – MOSTRA DE VÍDEO: No intangível sem fronteiras espalhando mandacarus – Mini auditório da Casa do Capitão Mor.

NOITE
19h – Brincantes Sementes: Bois mirins de Sobral.
19h30 – Bois e Reis (Natal, RN)
20h10 – RESIDÊNCIA RESILIENTE – Geminando girassóis e espalhando mandacarus
21h30 – Balandê e danças rurais típicas (Monsenhor Gil, PI).
22h10 – Banda Cabaçal Irmãos Aniceto (Crato, CE)
22h40 – Dona Onete (Belém, PA)

Serviço:
XIII Encontro Mestres do Mundo
Data: 4 a 7 de dezembro de 2019
Local: Sobral-CE
Horário: 09h à meia noite
Classificação: Livre
Programação gratuita e aberta ao público

Luiziane vai à cadeia


Deputada Luizianne fará diligência ao presídio feminino Auri Moura Costa

A deputada federal Luizianne Lins (PT/CE) participará, nesta quinta-feira, 05/12, de diligência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM) ao Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa, em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza). O objetivo é verificar a situação e o tratamento recebido pelas mulheres detentas, tendo como base informações levantadas pelo Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT). A diligência é requerimento de Luizianne à Comissão de Direitos Humanos. A deputada também subscreve requerimento conjunto à Comissão da Mulher para diligências a presídios femininos no Ceará e Pará.

Além da visita, estão previstas as seguintes atividades: oitiva com familiares/reunião movimentos sociais e colegiados, na sede da OAB, em Fortaleza; e audiência pública na Assembleia Legislativa do Ceará com autoridades. Também participarão das atividades os deputados federais Helder Salomão (PT-ES), presidente da CDHM, e Talíria Petrone (PSOL-RJ).

AGENDA
05/12 – Quinta-feira
9h30 – Visita ao Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa – Município de Aquiraz
14h – Oitiva com Familiares/Reunião Movimentos Sociais e colegiados (sede da OAB)

06/12 – Sexta-feira
13h – Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Ceará com autoridades.

Gênio!

As andanças e declarações do ministro Salles na Espanha O Acordo de Paris é para o país levar vantagem O ministro Ricardo Salles deu uma ent...