sexta-feira, 20 de julho de 2018

A Copa chegou

Foi realizada na madrugada de ontem, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, o início das operações da Copa Airlines, que conectará o Ceará a cerca de 80 destinos nas Américas do Sul, Norte, Central e região do Caribe. O voo CM 342, proveniente da Cidade do Panamá para Fortaleza, chegou à capital cearense por volta das 23h50 da última quarta-feira, com 80% de ocupação dos seus 160 assentos, o que foi considerado muito bom pelo gerente geral da Copa no Brasil, Emerson Sanglard, que participou do voo inicial. Após o desembarque dos passageiros, que foram recepcionados por um trio tocando forró e pelo humorista que interpreta a personagem Aurineide Camurupim.
Enquanto isso, era finalizado o check in das pessoas que embarcariam no voo CM 343, com destino ao Panamá, que também contou com 80% de assentos ocupados, e decolou pouco depois das duas horas da madrugada de ontem. Para este voo direto, que tem duração aproximada de pouco menos de sete horas, a companhia panamenha vai utilizar uma moderna aeronave Boeing 737-800, que garante muito conforto aos passageiros A princípio, a empresa vai oferecer duas frequências semanais, decolando no início da madrugada das segundas e quintas-feiras, chegando à Cidade do Panamá pela manhã. Mas, dependendo da demanda, esse número de voos poderá ser aumentado. Afinal, da capital panamenha os viajantes podem realizar conexões para os principais aeroportos dos Estados Unidos, Canadá, Caribe, América Central e América do Sul.
Expectativa
Segundo Emerson Sanglard, a companhia está com uma expectativa bastante positiva com relação aos voos de Fortaleza, a fim de que a operação seja consolidada, podendo resultar, inclusive, no aumento de frequências semanais. “É uma oportunidade muito grande que se abre para o Nordeste e aqui para o Ceará, especificamente, como também para que os cearenses possam viajar por todo o continente americano, sem ter de descer para São Paulo ou Rio de Janeiro, para buscar outras opções de voos. Estamos conectando Fortaleza a 78 destinos, a partir do Hub das Américas, com muita eficiência operacional e pontualidade. Ele é o mais importante da América Central, pois a Copa opera 350 voos diretos diários, conectando o Norte ao Sul americano, começando no Canadá, passando pelos Estados Unidos, América Central, Caribe e toda a América do Sul, finalizando na Argentina e Uruguai”, explicou.

Ele lembrou que Fortaleza é a oitava capital brasileira da companhia e, na próxima semana, iniciam as operações no aeroporto de Salvador. A Copa está no Brasil há 18 anos, mas são 71 anos de história da companhia aérea. “Hoje, o Brasil é o segundo maior mercado da companhia, pois nos Estados Unidos temos 13 capitais e cidades importantes regionais conectadas e, a partir da próxima semana teremos nove capitais em nosso país. É uma operação muito robusta que temos aqui e somos a segunda maior companhia aérea internacional operando no Brasil, perdendo apenas para a TAP em número de cidades e frequências, pois eles operam em 11 capitais brasileiras. Essas novas operações consolidam a nossa presença aqui no País e fortalecem a nossa expectativa em relação ao futuro da economia e do Brasil como um todo”, destacou o gerente da Copa.
O voo inaugural da companhia panamenha foi prestigiado por alguns integrantes do trade turístico do Ceará, que ressaltaram a importância da conectividade internacional que a Copa vai proporcionar. Segundo o presidente da Abih Nacional, Manoel Cardoso Linhares, as novas conexões de Fortaleza são motivo de orgulho. “Primeiro com a chegada da Fraport, que facilitou a vinda do Hub Nordeste da Air France-KLM-Gol. Depois, Latam e, agora, com esses voos do Panamá. Então, hoje, Fortaleza depois de São Paulo e Rio de Janeiro é a capital com o maior número de voos internacionais. Com isso, ganham 52 setores da cadeia produtiva”, completou Manoel Linhares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...