quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Coluna do blog


Não brigue com porcos; eles adoram
Lembra frase famosa atribuída ao humorista Mark Twain: "Uma mentira pode dar meia volta ao mundo antes de a verdade ter tempo de calçar os sapatos." Porque a verdade - aqui no sentido de decência e de complexidade do mundo - é chata e comprida, empalidece e gagueja ante o descaramento da falsidade e da demagogia. Porque a verdade necessita de tempo para desmontar as mentiras, para se demonstrar. Porque ser sério e fundamentado dá muito mais trabalho do que mandar leriados e dizer coisas que vão ao encontro dos estereótipos, dos preconceitos, dos ódios. E agora, ainda por cima, temos o estribilho da "censura do politicamente correto" de cada vez que nos indignamos contra afirmações e posições que põem em causa valores basilares da civilização que julgávamos (et pour cause) inquestionáveis para sempre, como a igualdade e o princípio da não discriminação. O problema é portanto o de saber quando entrar na liça, se alguma vez. Quando estamos, ao rebater um demagogo populista, a fazer o que ele mais quer - dar-lhe oxigénio, atenção, fazê-lo conhecido, acicatar a sua possível base de apoio através daquilo que ele qualificará como a "censura" dos "elitistas" e "politicamente corretos" - e quando temos mesmo de o combater. É um dilema terrível, como o fenómeno Trump demonstrou - e os seus imitadores tentam explorar. Fernanda Câncio, coleguinha portuguesa diz:" Nunca lutes com um porco;ficas todo sujo, e ainda por cima o porco gosta. Esta frase, do dramaturgo irlandês Bernard Shaw, encerra em si mais do que o sarcasmo em que ele era exímio: é uma lição de sabedoria política. Mas tem limitações, como todas. Às vezes somos mesmo forçados a lutar com porcos, quando algo muito importante depende disso, quando tem mesmo de ser. A questão é a de saber se chegou a hora de o fazer. Porque o risco é sempre enorme, e não tem nada que ver com coragem, ou falta dela: é que o porco leva-nos uma incomensurável vantagem na porcaria, e é muito difícil terçar, com seriedade, argumentos com alguém apostado em sacar de todos os truques baixos do cardápio, de todas as cartadas do populismo, da demagogia e das falsidades mais abjetas, usar todos os maus sentimentos e toda a ignorância e ingenuidade dos que assistem à refrega no sentido de fazer valer a sua posição.

A frase: "O povo da Venezuela está comendo mais". Do aprendiz de ditador Maduro quando faltou até papel higiênico no desabastecimento do país vizinho.



Ceará conselheiro (Nota da foto)
O cearense Valdetário Monteiro, que foi presidente da OAB/Ceará, foi indicado pelo pelo plenário do Senado Federal para uma vaga no Conselho Nacional de Justiça.


E aí?
Não se falou mais na convocação, pela AL, da procuradora de contas do TCM, Neiliane Feitosa. Ela chamou os deputados de “moleques”. A turma do “abafa” teria aconselhando Zezinho Albuquerque a esfriar o jogo e à procuradora foi-lhe dito não adiantar mexer com o poder. 

Do Peru
Dia 15 próximo o ofício de turismo de Fortaeza tem reunião agendada com o embaixador do Peru no Brasil.

Assunto
Fortaleza anda em tratativas de ativar uma linha aérea, dessas nacionais, fazendo voos diretos entre esta capital e Lima.

Falem, falem
Na comemoração dos quatro anos do Estatuto da Juventude, a deputada Aderlânia Noronha deu entrada, na Assembleia Legislativa, em projeto de lei,que institui a obrigatoriedade de divulgação dos benefícios de gratuidade para jovens de baixa renda.

Saber e conhecer
“O Ceará tem 1,15 milhão de jovens que podem se beneficiar do programa federal, tendo direito a passagens gratuitas em viagens para outros estados brasileiros e pagamento de meia-entrada em eventos artísticos-culturais. E isso precisa ser amplamente divulgado.

Turismo corporativo
O turismo de negócios deve movimentar o mês de agosto em Fortaleza. De acordo com o Centro de Eventos do Ceará, cerca de doze congressos e convenções devem acontecer durante o mês.

Estimando
 A estimativa da Secretaria do Turismo do Ceará é de que 378 mil turistas tenham visitado o Ceará em julho e gerado uma receita de  R$ 907 milhões no Estado, 10,6% a mais que o registrado em julho de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deputado do PSOL chama Temer de "bandidão" e diz que sessão da CCJ "dá nojo".

Leia em UOL com.br ou siga em face do macario. Durante sessão da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) que aprovou nesta quarta-feira (...