terça-feira, 1 de agosto de 2017

Coluna do blog



O rabo do macaco
 Diz a história que sentados numa passagem remota dos trilhos da velha RVC-Rede de Viação Cearense, tambem conhecida como Rapariga Velha Cansada, um macaco e uma cotia conversavam animadamente, alheias aos predadores naturais, cientes de suas agilidades pessoais. Mas a cotia, que tinha um rabão enorme, vez em quando olhava pra tras e dizia pro macaco: compadre, cuidado com o rabo. De surpresa veio um trem. O macaco mais que depressa pulou fora do trilho salvando o rabo mas a cotia que passou o tempo cuidando do rabo do amigo, perdeu o seu, cortado pelas rodas implacáveis da composição ferroviária. Daí veio a expressão popular de que a cotia só olha pro rabo do macaco. Tucano, por seu turno, tem a mania de  bulir  com todo mundo, se achando a última coca-cola do deserto. Esculhambava o PT, batia nos comunistas, xingava todo mundo de ladrão, bandido e etc. e coisa e tal. Viu a máscara cair na figura de seu bico mais coroado, o presidente Aécio Neves. E vieram outros de menor monta. Pesquisa daqui, pesquisa dali, entregaram a tucanagem a um cearense, o senador Tasso, que é meio peixe fora dágua porque tucano, paulista, não suporta cearense, nordestino e ainda mais louro de olhos azuis. Um desrespeito à pseudo classe dominante da paulicéia desvairada. Pois bem; o tucano daqui resolveu meter o bedelho dele na vida da Assembleia do Estado, chamando os deputados de irresponsáveis porque em dois meses só discutiram o fim do TCM deixando de lado questões de saúde e água. Ora, ora, ora. O tucano acabou entrando naquela de esquecer o muro em que estão, discutindo há meses se ficam ou não com as possíveis corrupções de Temer o Interino. Esqueceram saude nacional, segurança nacional, educação nacional, a ponto de o chanceler da tucanagem dizer que ta na hora de o PSDB baixa a bola. Alguem esqueceu de tirar o bico do trilho. E apesar da fala não é Tasso, que não tem rabo preso na Lava Jato e é queimado pelo Interino que preferiu chamar Aecinho pra pedir apoio dos tucanos à sua, dele, permanência.

A frase: "A cotia só olha pro rabo do macaco". O povo que diz.



Campeoníssimo (Nota da foto)
Cearense, seleção sub 14 de basquete, João Victor Correia virou campeão sul americano da modalidade, no Rio Grande do Sul ao ganhar, disputando pelo Santa Cruz, de Pernambuco um campeoanto com 70 aquipes de toda a América do Sul. Deus madruga a quem cedo se ajuda. Ou seria...isso é bom.

Pegaram o Hellosman
O Ministério Público do Estado propôs Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Milagres, Hellosman Sampaio de Lacerda.

Diz que...
Segundo apuração, constatou-se que o ex-prefeito não empregou o mínimo exigido constitucionalmente na Educação e na Saúde.

O buraco do Hellosman
Foram aplicados apenas 16,21% do montante da receita de impostos e transferências na manutenção e desenvolvimento do ensino, quando se exige o mínimo de 25%.

Já na saúde...
No que diz respeito à aplicação de verbas na saúde, a legislação prevê o mínimo de 15% das receitas municipais, mas o ex-prefeito aplicou apenas 14,05%.

Candidato dos coxinhas
O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) aprovou apenas dois projetos de lei em 26 anos de atividades no Congresso Nacional, diz o jornal O Estado de S. Paulo.

A última do filho
Outro Bolsonaro, este o filho, tambem deputado, tem projeto de lei para criminalizar os comunistas. Ser comunista e falar de suas idéias passaria a ser crime. Os dois estão soltos.

90 anos
Padre Amorim, aquele que passou meia vida na Igreja de Fátima e agora,aposentad serve com empenho ao Shalon, comemorou 90 anos de idade, lépido, lúcido e fagueiro.

Contradição
Na missa que comemorou domingo na igreja do Seminário da Prainha, agradecendo os tantos elogios e votos de longa vida, Pe. Amorim arrancou risos ao dizer: "Não sou demônio, nem sou santo; sou contradição".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

EDUCAÇÃO EM CAUCAIA

Capacitação: Prefeitura entrega Centro de Formação para profissionais da Educação   ​ O prefeito Naumi Amorim inaugurou na tarde dest...