sexta-feira, 28 de julho de 2017

Policia Rodoviária monta cerco a luzes apagadas

O número de autuações subiu 81% neste ano, se comparado com o último semestre de 2016.De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram mais de 40 mil multas aplicadas por não uso dos faróis nas rodovias federais que cortam o Ceará.

Reprodução
Em julho de 2016 foi sancionada a lei que obriga o uso do farol durante o dia,apesar de um periodo de suspensão a lei voltou a valer em outubro do mesmo ano.De acordo com a PRF, 41.852 autuações por não uso do farol foram registradas de janeiro a junho deste ano. Entre julho e dezembro de 2017 foram 23.076 multas. O número subiu 81%. O descumprimento da lei é considerado infração média, com 4 pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 130,16.
Conforme o chefe de policiamento da PRF, Ricardo Araújo, os faróis acessos durante o dia ajudam a reduzir os casos de acidentes com mortes. No primeiro semestre deste ano, a Polícia Rodoviária registrou 65 mortes nas rodovias federais. Nos últimos seis meses de 2016 foram 125 vítimas- uma diferença de 48%.
“Os estudos demonstram que no Ceará o uso do farol está ligado diretamente a duas situações: atropelamento e colisão frontal. Com o uso do farol, os pedestres podem visualizar com maior brevidade o veículo se aproximando na rodovia. Assim como também o motorista pode ver o outro veículo se aproximando em uma via rural”, comentou o chefe de policiamento da PRF.
De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o uso do farol é válida para qualquer tipo de rodovia, incluindo as que passam por trechos urbanos e também em túneis com iluminação pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Quintal vai bombar de helicóptero

ORLA DE FORTALEZA GANHARÁ HELIPONTO Um dos projetos mais ambiciosos de ocupação dos espigões da Orla de Fortaleza , é o q...