segunda-feira, 10 de julho de 2017

Do jornal OEstado

Vereadores aproveitam recesso para ouvir pautas da comunidade

Vereadores aproveitam recesso para ouvir pautas da comunidade
Os vereadores de Fortaleza dizem estar aproveitando o recesso parlamentar para se aproximarem da população. Atendimentos individuais, reuniões comunitárias e cobranças junto ao Poder Público local, estão entre as atividades principais apontadas por eles neste mês de julho. Em recesso desde, 30 de junho, a Câmara Municipal só retomará as sessões legislativas em agosto.
“A prestação de contas é uma grande preocupação do nosso mandato. Isso na verdade é um dever do político, que é publicizar as suas ações. A população em geral, às vezes, não tem tempo ou interesse de ver o que o vereador está fazendo, então, cabe a nós levar esse conhecimento à sociedade. Cabe a nós essa preocupação em demonstrar os nosso atos, em ter um mandato transparente e deixar claro por quais bandeiras estamos lutando”, ressalta Célio Studart, que faz um balanço dos seus primeiros seis meses de mandato com um número expressivo de proposições, além de projetos aprovados.
Quem também aproveita o recesso para acompanhar as demandas de suas bases é a vereadora Lucimar Martins (PTC), conhecida como Bá. Nas redes sociais, a parlamentar expõe que, mesmo de recesso, “o trabalho não para”. Na semana passada, por exemplo, sua agenda teve desde festejo junino até caminhada com a equipe da Coordenadoria de Conservação de Vias Públicas, comandada pelo engenheiro Guilherme Sousa, a fim de coletar dados técnicos sobre melhorias urbanísticas para diversas ruas do Parque São José. A vereadora também aproveitou o recesso para se reunir com a secretária de educação, Dalila Saldanha.
Apesar de não haver sessões em plenário, as atividades podem acontecer nas demais dependências da Câmara. Na semana passada, por exemplo, a vereadora Eliana Gomes (PCdoB) aproveitou para realizar audiência pública que debateu a criação do Plano Municipal de Regularização Fundiária. A vereadora Eliana Gomes ressalta a necessidade de uma política pública permanente de regularização fundiária em Fortaleza, por esta ser uma demanda histórica dos movimentos de luta por moradia. A parlamentar destacou que, segundo a Habitafor, cerca de 70% dos imóveis da Capital não estão completamente registrados em cartório. Segundo ela, esses debates são importantes, pois, “aqui a população tem espaço de conhecer a proposta”.
Visitas
O vereador Soldado Noelio (PR) organiza seus dias separando horários para visitar a população, além de manter agenda no gabinete pela manhã. “Vamos utilizar o tempo do recesso para fazer visitas aos nossos eleitores, às comunidades que ainda não conhecemos e reforçar os pedidos que demos entrada nas regionais durante o primeiro semestre, mas que ainda não foram atendidos”.

Além disso, o vereador diz que vai aproveitar o recesso, também, para fiscalizar o trabalho do executivo. “Tem muitas obras paradas em Fortaleza. Queremos ver de perto a situação delas, cobrar explicações e celeridade”.
O parlamentar ainda irá separar uns dias para planejar os trabalhos do segundo semestre e visitar os municípios para conhecer os projetos que deram certo nas áreas de saúde e educação das cidades para tentar implementar os exemplos em Fortaleza. “Pretendemos que essas visitas rendem tanto para o nosso mandato quanto para o cidadão fortalezense. O mês de julho será um dos mais proveitosos, pois queremos apresentar o maior número de projetos. Devido ao corre corre em dias de sessão plenária, a gente acaba tendo pouco tempo para apresentar todos os projetos que a gente tem vontade”, salientou ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mega Sena

Acumulou de novo Mega-Sena/Concurso 1971 (23/09/17)   04   10   41   44   52   54   Acumulada próximo concurso: R$...