quinta-feira, 6 de julho de 2017

Demorou mas a casa caiu

Saboeiro: MPE e Polícia Civil cumprem mandados de prisão

O Ministério Público do Estado e a Polícia Civil realizaram, nessa quarta-feira, a Operação Avalanche, em Saboeiro. A ação, que envolveu oito promotores de Justiça e mais de 100 policiais, executou seis mandados de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão na Prefeitura de Saboeiro, em escritórios de contabilidade em Tauá e em residências em Fortaleza e Quixadá.
Além das prisões, cujo balanço atual ainda não foi apurado, o Ministério Público cumpriu mandados judiciais contra empresários, vereadores e servidores municipais, em especial, integrantes da Secretaria de Finanças de Saboeiro. Na Prefeitura, os mandados foram cumpridos na sede da gestão municipal, na Secretaria de Finanças, na Comissão de Licitações e no Almoxarifado.
A Operação Avalanche teve o objetivo de apurar a prática dos crimes de fraude de licitações, associação criminosa, falsidade de documento particular, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa e exclusão de dados no sistema informatizado.
A Polícia Civil encontrou uma arma de fogo na residência do ex-presidente da Comissão de Licitação de Saboeiro. Após isso, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia para a lavratura do procedimento de posse ilegal de arma de fogo.

Aliás, cadê os nomes dos presos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstado Ce