segunda-feira, 24 de julho de 2017

Coluna do blog



Fazendo o que eu faria
Cada um tem sua fórmula de se defender. Há quem agrida, há quem apenas se defenda e há os que sabiamente agem pra fazer acontecer. Estou nesse ultimo lote. Se me agridem, defendo o momento e guardo. Ou aguardo a primeira de copas pra derribar de vez o mal e quem o fez. Preciso de exemplo comum, não, mas tenho um que agora estou vendo ser seguido por gente razoavelmente inteligente. Depois que a violência disparou no Rio de Janeiro, lugar onde vivi grandes dias da minha juventude e começo da maioridade, simplesmente nunca mais fui ao Rio. Morro de saudades, mas aquele meu Rio de Praça Mauá, Angu do Gomes, Aterro da Glória, Cine Paissandu, Largo do Machado, Lamas e seu filé, Final do Leblon, Hotel Debret, Pérgula do Copa...não há mais. Motivos quais ir ao Rio correr riscos desde a chegada pela Linha Vermelha até ser assaltado na Santa Clara onde comia meus maravilhosos rollmops? Pois bem; a mesma coisa fizeram os empresários de transportes de cargas do Rio e de São Paulo. Ninguém carrega mais nada pro Rio. A ordem é desabastecer o Rio até de combustível. Por que? Ora, quando faltar tudo alguém vai tomar uma providência contra a bandidagem dos assaltos a transportadoras, contra o sequestro de motoristas, contra...cê sabe do que estou falando se leu um jornal, ouviu uma rádio ou viu um noticiário na televisão. É tratamento de choque. Aí ce pergunta: O que é que esse besta tá dizendo se ele sozinho não representa nada indo ou não indo ao Rio de Janeiro? E eu respondo: Cê aí já leu a história do beija-flor e do elefante quando se encontraram num incêndio na floresta?

A frase: “Pensar enlouquece. Pense nisso.” Observando a cena.


Violência obstétrica (Nota da foto)
Aprovado Projeto de Lei, da deputada Aderlânia Noronha (SD), assegurando a implantação de medidas de informação e proteção à gestante e parturiente contra a violência obstétrica, na Assembleia Legislativa do Ceará. “Toda grávida tem direito a um atendimento respeitoso e humanizado. Tem direito a ser recebida por profissionais e serviços de saúde capacitados e que respeitem a gestação, o parto, a amamentação e a mulher”, defende a deputada Aderlânia Noronha.

A frase: "Existem investigações em curso, e uma está mais adiantada". Janot esticando o arco e apurando o bambuzal no rumo do Interino.

É guerra
Record diz em longa reportagem do Domingo Espetacular, viralizada nas redes sociais que o boi dançou na Globo. E anuncia  Palocci perto de dedurar a arrumação.

E os tucanos, hein?
O senador tucano Tasso Jereissati, tentou duas vezes convocar a Executiva do PSDB em Brasília para formatar uma convenção, mas esbarrou na relutância de parte da legenda.

Então...
O grupo de Aécio resiste à ideia de uma mudança total do comando partidário, que viria acompanhada de uma "autocrítica" e "atualização do programa" da legenda.

Meio de campo
A saída seria a realização, em agosto, de uma reunião com todos os membros do Diretório Nacional. No encontro, Tasso seria efetivado presidente, e Aécio se afastaria.

Vaidade
O Estado Verde chega ao número 500. Iniciativa pioneira, atualmente, única na sua modalidade, a publicação semanal trouxe uma nova linha editorial para a imprensa cearense – verde na sua essência -, que além de informar, é um posicionamento, um modo de ser.Sou amigo da editora, a “operária” Tarcília Rego que faz um belo trabalho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contas fechadas

Bolsa Família: fila de espera é zerada no Ceará Em agosto, 52,2 mil famílias começam a receber o benefício Brasília – A fila de espera...