quarta-feira, 12 de julho de 2017

Bom dia


Foi hilátio, inédito e constrangedor.
Senadoras que desconhecem o que venha a ser democracia, assumiram a mesa do senado e sentaram na cadeira do presidente. Não queriam uma votação, a da nova legislação trabalhista, da qual a sociedade brasileira é contra. Ai o presidente chegou e não conseguiu assumir a cadeira. Tirou o microfone da lapela de uma delas, encerrou a sessão e mandou apagar as luzes.
O sócio e um dos raros amigos dele, Gaudêncio Lucena morreu de rir com a presepada.
O Brasil é terra de cenas fortes. Nós estamos no país errado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DURISTAS

Os duridanos de Jeri Achados do Comandante Genário.