terça-feira, 4 de julho de 2017

Assembleia na cola do fechamento de comarcas


​ 
CONTRA FECHAMENTO DE COMARCAS, AUDIC MOTA URGENCIA AUDIÊNCIA PÚBLICA 
Provocado pela Associação Brasileira de Advogados Criminalistas (Abracrim-CE),  o deputado Audic Mota, primeiro secretário da Assembleia Legislativa, requereu a realização de audiência pública para debater a possibilidade de fechamento de 30 comarcas no interior do Ceará. O parlamentar já enviou ofício à Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (Cetasp) e o pedido entra em pauta na reunião desta quarta-feira, 4.
A intenção de Audic é adiantar as discussões sobre o tema, devido ao iminente risco de extinção das atividades em mais de 30 comarcas de pequeno porte no Estado. Entre elas: Potiretama, Miraíma, Potengi, Tarrafas, Umari, Salitre, Paramoti, Granjeiro, Ocara, Moraújo, Martinópole, Pires Ferreira, Ereré, Tejuçuoca, Nova Jaguaribara, Itaiçaba, Penaforte, Senador Sá, Alcântaras, Abaiara, Pacujá, Guaramiranga, Apuiarés, General Sampaio, Banabuiú, Choró Limão, Ibaretama, Palhano, Catunda, Altaneira, Deputado Irapuan Pinheiro, Milhã, São João do Jaguaribe, Arneiroz e Tururú.
Diante do crescimento populacional e das demandas, o deputado acredita não parecer conveniente e plausível a tomada de tal medida pelo Tribunal de Justiça do Estado ((TJCE). “O fechamento destas”, explica, “acarretará uma grande sobrecarga nas comarcas de grande porte, tornando a justiça cada vez mais lenta e menos acessível”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dente siso

Tem uma grande falta de vergonha no ar.