segunda-feira, 24 de julho de 2017

Amigo é pra acudir outro


Amigos para sempre.
A família do presidente Michel Temer (PMDB) é dona de imóveis comprados do empresário José Yunes, investigado na Lava Jato. A informação é de reportagem da revista Veja desta semana, que aponta valor de mais de R$ 18,4 milhões em quatro imóveis.
Segundo a revista, Temer teria comprado dois escritórios, uma casa e o andar de um prédio, todos em áreas nobres de São Paulo, entre 2000 e 2010, quanto era deputado federal.
O imóvel mais valioso seria um andar do prédio Spazio Faria Lima, no Itaim Bibi, que teria sido comprado por R$ 2,2 milhões à Yuny Incorporadora, empresa de Yunes. Atualmente, o imóvel valeria R$ 14 milhões, segundo a revista.
O empresário, que chegou a ocupar cargo de assessor especial da Presidência, é um dos citados da delação da Odebrecht como receptor de propinas destinadas a políticos do PMDB. Ele nega ter recebido valores da Odebrecht.
Ainda de acordo com a Veja, Yunes teria vendido imóveis para Temer meses após os ter adquirido. Em um dos casos, o imóvel foi doado para o filho de Temer, Michelzinho, de 8 anos.Em nota divulgada após a reportagem, o advogado de Yunes, José Luis de Oliveira Lima, informou que “todas as operações são regulares e perfeitamente legais”.
Já a assessoria do Palácio do Planalto afirmou que não irá se manifestar sobre a reportagem. Na matéria, ela afirma apenas que os negócios foram “absolutamente normais”.
(Com Agências)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A luz

Ainda bem que tem o sol.