quinta-feira, 29 de junho de 2017

Selo

Assembleia Legislativa aprova criação do Selo Escola Sustentável

Foi aprovada hoje pela manhã, na Assembleia Legislativa, o projeto de lei 038/2017, que cria o Selo Escola Sustentável, de iniciativa das secretarias estaduais de Educação (SEDUC) e Meio Ambiente (SEMA). “O objetivo é fomentar a consciência e o engajamento da comunidade escolar em relação ao uso racional dos recursos públicos e naturais”, explica o titular da SEMA, Artur Bruno.
As cerca de 700 escolas estaduais concorrerão à certificação e prêmios. Ainda segundo Bruno, de acordo com a iniciativa, a Educação Ambiental deverá ser ferramenta de planejamento e gestão escola, bem como haverá incentivo do uso de metodologias de ensino interdisciplinares baseadas no contato com o natureza. A meta é reduzir os impactos ambientais nas escolas, promovendo a melhoria da qualidade de vida e de trabalho nestes espaços. “Queremos consolidar uma mentalidade sustentável desde cedo, começando com as crianças e jovens, de forma que eles incentivem e repitam estas práticas em suas casas, influenciando toda a comunidade escolar”, complementa Bruno.
O Selo – que terá validade de três anos – será atribuído a partir do julgamento do Comitê Gestor composto por servidores da SEMA, SEDUC, e representantes das Comissões de Educação e Meio Ambiente da AL, do Conselho Estadual do Meio Ambiente (COEMA), e do Conselho Estadual de Educação, que premiará os estabelecimentos melhor classificados. O Comitê pautará sua decisão a partir de vários critérios, tais como uso de materiais sustentáveis, gestão eficiente da água, uso de anergias limpas, práticas de respeito ao patrimônio cultural e ecossistemas locais, práticas de promoção dos direitos humanos e promoção do conhecimento das condições do bioma e clima locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstado Ce