quinta-feira, 22 de junho de 2017

Em memória de Wanda Palhano

Camilo, RC e Eunício destacam trajetória de Wanda Palhano

Políticos cearenses lamentaram a morte da presidente do jornal O Estado, Wanda Palhano. Advogada e jornalista, ela faleceu, ontem, aos 84 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória.
O governador Camilo Santana disse que Wanda Palhano foi “uma das mulheres mais queridas e ilustres do nosso Estado”. O Chefe do Executivo destacou a trajetória da profissional que esteve à frente de seu tempo.
“Recebi, com muito pesar, a notícia de que o Ceará perdeu a jornalista, advogada e presidente do Jornal O Estado, Wanda Palhano. Uma das mulheres mais queridas e ilustres do nosso Estado, teve atuação destacada à frente da Procuradoria-Geral do Dnocs e como procuradora-federal e primeira conselheira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE)”, destacou o governador.
No Senado, o presidente da Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB) manifestou seu voto de pesar durante sessão no plenário da Casa. O senador lamentou o ocorrido e prestou solidariedade a todos os profissionais que fazem o dia a dia do jornal e aos familiares. “Quero nos termos do regimento interno e de acordo com as tradições desta Casa homenagear, consistentemente, e que fique inserido na ata meu voto de pesar e apresentação de condolências à família pelo falecimento da doutora Wanda Palhano. Quero aproveitar para abraçar a todos que fazem o jornal O Estado, ao Ricardo, ao Ricardinho, enfim, a todos que compõem a direção e ao dia a dia do jornal e lamentar a perda dessa grande jornalista e dessa grande figura humana”, disse.
Em nota, Eunício disse que Wanda Palhano foi “destemida e atuante” destacando-se “em todas as atividades às quais se dedicou, pela coragem, determinação e pioneirismo. Foi a primeira mulher a assumir o cargo de procuradora-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e primeira conselheira da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará. Atuou ainda como procuradora federal e estava, desde 1996, na presidência do Jornal O Estado, primando pela ética e pela liberdade de imprensa, além da garantia dos direitos fundamentais de todas as pessoas”.
O senador ainda defendeu que “a memória de Wanda Palhano sirva como um verdadeiro farol para as futuras gerações de jornalistas, advogados e demais profissionais que tenham na cidadania a pedra fundamental de atuação”.
O prefeito Roberto Cláudio (PDT) ressaltou o papel da presidente do OE na história do Ceará. “A jornalista e advogada Wanda Palhano ocupa na história do Ceará um espaço de significativa relevância cidadã, a partir da sua atuação como presidente do jornal O Estado. Mulher pioneira e empreendedora, Wanda Palhano brilhou, também, na advocacia, tendo sido a primeira mulher a assumir o cargo de procuradora geral do DNOCS e também a primeira Conselheira da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Ceará”.
Para Roberto Cláudio, “a trajetória de dona Wanda também ganha relevo e destaque no jornalismo, estando à frente do jornal O Estado desde 1996, deixando uma sólida marca de quem sempre prezou pela informação de qualidade e pelo compromisso com os maiores interesses do Estado”.
Os presidentes da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), e da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), também destacaram a trajetória de Wanda Palhano. “Ao longo de uma vida pública em que acumulou relevantes funções, Wanda Palhano honrou os cearenses e é um exemplo de empreendedora. A imprensa cearense tem uma grande perda. Que Deus ilumine o caminho de seus familiares e amigos”, disse Albuquerque.

“Foi com grande pesar que recebi a notícia do falecimento de dona Wanda Palhano. Um grande destaque em nosso Estado, com um trabalho extremamente relevante no que tange ao fenômeno da seca, sendo a primeira mulher cearense a ocupar o cargo de procuradora geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Dona Wanda também realizou um belo trabalho como procuradora federal e esteve à frente do Jornal O Estado nos últimos 21 anos.Deixo aqui minhas condolências à família e aos amigos. Que Deus conforte os seus corações nesse momento de dor e ilumine a todos”, ressaltou o presidente da CMFor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mega Sena

Acumulou de novo Mega-Sena/Concurso 1971 (23/09/17)   04   10   41   44   52   54   Acumulada próximo concurso: R$...