quinta-feira, 22 de junho de 2017

Coluna do blog

Uma senzala de amor
Bom dia minha Branca! Oi meu Preto. Bom dia. Sinhazinha chegava com seu passo lento, calmo, como quem pisa com cuidado pra não machucar o chão. Quase como que pedindo desculpas. E abríamos o melhor sorriso nesse cumprimeiro cheio de respeito, admiração e carinho. E as conversas eram as mais simples. As mais frugais. As fora do contexto da política, da economia, por fim, da pauta jornalística. Falávamos de musica, tempos, memórias e até, quase, amores. Tenho certeza de que gostava muito dela. Um gostar amigo, despregado, parceiro, companheiro. Sabe quando você é recebido pela branca na sala com o mesmo sem cerimônia de como é recebido de volta pra cafua? Éra assim que a via. É assim que vou preserva-la até...sei la. Ontem perdí meu bom dia mais caloroso e cheio de criatividade e de cumplicidade. Aquele bom dia era um momento de magia. Queria muito descreve-la com seu olhar profundo, arguto, meigo e firme, sonhador e realista. Eram olhos diferentes, como se rissem da alma, dos gracejos, do instante que se avizinhava do passado e do futuro. Engraçado quando se perde alguém assim. Trava. Dá uma vontade imensa de falar de seus feitos, de sua coragem, de seu sentimento feito elo a unir família e amigos e a nunca reclamar de nada. Ve-la hoje, com o rosto sereno depois da visita da indesejavel, dá uma vontade danada de pedir pra não ir, mas é a inexorabilidade da vida. Vamos todos. Iremos todos. Um dia, na senzala do céu a gente se encontra Wanda Palhano.

A frase: "Governo Temer parece ter ficado mais forte à medida que perdeu a vergonha." Celso Rocha de Barros, analista do Banco Central.

O nome da obra (Nota da foto)
Este senhor de sorriso aberto, cheio de otimismo e bom caráter, foi o Comandante Ariston Pessoa de Araujo que construiu uma obra em cima de trabalho, sacrifício e desejo de ver o Ceará maior, e melhor. Sábado emprestará seu nome para batisar o aeroporto Regional do Oeste do Ceará em Jeriquaquara. A foto é minha e dos meus arquivos.

Contagem
Quando somaram os participantes da parada gay de São Paulo, os numeros revelaram: entre ativos, passivos e armaristas, foram mais de 3 milhões. Entendido.

Flerte
Enquanto tenta retomar o comando do PSB que perdeu pra Odorico Monteiro, o ex comunista Danilo Forte, dizem, flerta abertamente com o DEM. Ê, ê!

Grana do BNDES
O BNDES liberou mais de R$3 bilhões de reais para financiar instalações de energia eólica no Brasil. Grande parte desse dinheiro foi pra Ex Coelce faturar em Icapui.

Pisada de  bola
Quando da audiencia pública sobre a PEC do fim do TCM, foram espalhadas faixas com nomes de deputados, ex-prefeitos, tidos como apenados pelo órgão fiscallizador.

Ira
Os deputados explodiram em ira. Munidos de certidões negativas muitos deles vieram à imprensa dizer que era tudo mentira e que buscavam constrange-los.

A volta
Se a volta faz o anzol o TCM, aos extertores, foi fisgado pelo beiço. Arrumou mais animosidade junto a quem vai votar pelo SIM ou pelo NÂO de sua permanência.

Toca o andor
Com a queda da liminar que suspendeu por uns dias a tramitação do processo da tal PEC do TCM a procissão voltou a rodar e o andor carregado por ombros fortalecidos.

Correndo do PR
Tem um deputadio federal aí chamado Cabo Sabino. É inscrito pelo PR. Está dizendo que anda desprestigiado no grêmio e que por isso está se mudando pro Podemos.

Colocação
Sobre ter causado espécie ao colunista o fato de Cid Gomes instar Zezinho Albuquerque a ter Sérgio Aguiar na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, ouvi...

Confiança
-Sempre tive a confiança e estive ao lado de Cid e Ciro. Na eleição da presidencia foi o único momento discrepante, mas isso não nos separou ou arranhou nossa confiança mútua. A expllicação é de Sérgio Aguiar sobre nota desta coluna.

A rádio francesa de Jeri...
Se anuncia assim...”La programmation de Radio Brasil FM fait la part belle aux artistes comme...” e cita um bocado de artistas e cantantes, inclusive brasileiros. Isso pode,
Arnaldo?

Histórias
Iranildo Pereira foi caçar votos pra deputado federal no Icó. A parceiro daquele MDB honesto, icoense engraçado, Iranildo propõe dobradinha, Ouviu de volta: “Iranildo dois lisos num banheiro só dá escorrego”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dura lex sede latex.

Dallagnol virou procurador contra o que diz a lei. E ficou na base da “teoria do fato consumado” O agora coordenador da Força Taref...