terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Coluna do blog




Proteção cambial em concessões de aeroportos

O Ministério dos Transportes iniciou  a consulta pública sobre a proposta de norma que irá disciplinar o mecanismo de proteção cambial que o governo quer oferecer aos contratos de concessões de infraestrutura aeroportuária. As contribuições para aprimoramento do texto serão recebidas somente por e-mail e deverão ser encaminhadas  até o dia 20 de fevereiro ao endereço eletrônico "audiencia.cambial@transportes.gov.br". A minuta da norma poderá ser acessada no site do Ministério, segundo cita o aviso da consulta divulgado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira.  Conforme o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, já informou, essa cobertura contra variações bruscas do câmbio (hedge) que o governo oferecerá aos participantes dos leilões dos aeroportos de Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Porto Alegre, marcado para o dia 16 de março, não funcionará por todo o prazo das concessões. Só depois de receber sugestões para aperfeiçoar o mecanismo, o governo fechará a versão final da regulamentação. Na próxima semana, o governo fará uma reunião com bancos e conselheiros dos interessados nas concessões para tirar dúvidas sobre esse hedge, criado para facilitar a atração de financiamentos externos ao Brasil. Pela ideia inicial, o governo dará proteção cambial a empréstimos tomados no exterior, até um montante equivalente a até 25% do valor do investimento previsto na concessão. Esses empréstimos poderão ser tomados em qualquer moeda estrangeira, mas o mecanismo de proteção usará como referência a variação do dólar. Na mão contrária, se o dólar baratear mais do que o benchmark, o concessionário pagará mais outorga ao governo. Nessa situação, a parcela de 5% das receitas brutas poderá ser elevada para até 10%. Essa conta de perdas e ganhos em relação ao dólar será feita só até o vigésimo ano da concessão, nos aeroportos de Fortaleza, Salvador e Florianópolis, e até o décimo quinto, no de Porto Alegre. Em todos os casos, isso corresponde a dez anos antes do fim do contrato. O período restante será destinado a "zerar" as perdas remanescentes. "Ao fim dos dez anos, o saldo que houver, para um lado ou para o outro, será extinto", disse o secretário Rogério Coimbra.

A frase: “Se os homens de bem tivessem a ousadia dos canalhas, o mundo estaria salvo”. Parece coisa do Nelson Rodrigues.


Salmito publicou (Nota da foto)
O presidente da Câmara de Vereadores de Fortaleza, Salmito Filho, anunciou,com o colégio de líderes, a formação das Comissões da Casa que gerenciarão os grupos em 2017/2018. Todos os partidos tiveram vereadores em postos diversos.

Não aprendeu
O deputado estadual sr. Wagner, andou reclamando do Governo. Destacou casos em que o Legislativo estadual aprovou projetos que viraram mensagens do Governo. Wagner é adversário do Governo e queria tratamento melhor.

Explica
“Quando viraram, depois do prazo, não citaram uma referência ao nosso projeto de indicação. Muitas vezes, nem meu é, e nem da assessoria, mas da população, que procura nosso gabinete e dá sugestões”.

O filme do Francis
O filme "Trem da Alegria - Arte, Futebol e Ofício", mais recente produção do cineasta cearense Francis Vale, sobre o grande time de futebol dos anos 70, que partiu do Rio de Janeiro para correr o Brasil unindo esporte, amizade e debate político, tem pré-estreia nesta terça-feira, 14/2, às 14h, no Centro Cultural Banco do Nordeste.

 

Observação

Não há panelaços e bonecos infláveis para os acusados do governo Temer. Nem pro Geddel, pro Gato Angorá ou...cê sabe. Fica cada vez mais fácil entender.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Interino bota a armadura

Temer escolhe Raquel Dodge para suceder Janot O presidente Michel Temer escolheu nessa quarta-feira (28) a procuradora Ra...