quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Bom dia

Três jovens de Fortaleza lutam pela liberdade em “Com os Punhos Cerrados”
 
Depois de passar por festivais brasileiros e internacionais, longa estreia em 16 de março
 
A partir de uma rádio clandestina, Eugenio, Joaquim e João usam suas vozes para gritar por liberdade enquanto planejam uma revolução. Eles invadem as transmissões de rádios tradicionais de Fortaleza com poesias, músicas, citações, arquivos de som e provocações.
 
Certa noite, eles são vistos disfarçados pelas ruas da cidade, em ações que atacam a base constitutiva da sociedade burguesa e capitalista. Aos poucos, os três começam a incomodar os poderosos.
 
Franco, empresário influente e magnata do forró, decide destruir a qualquer custo, a rádio e a vida deles. Quando o perigo começa a rondar a rádio, surge Salomé, uma ouvinte bela e misteriosa que quer se unir a eles na revolução. Mas a chegada da moça pode transformar o destino dos três revolucionários.
 
Esta é a história de “Com os Punhos Cerrados”, quarto longa-metragem dirigido coletivamente por Luiz Pretti, Pedro Diogenes e Ricardo Pretti. Rodado em Fortaleza (CE), foi finalizado por meio de uma campanha de financiamento coletivo.
 
O filme, que estreia em 16 de março, foi exibido pela primeira vez em 2014, no Festival de Locarno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário