quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Audic Mota estava na aula e perdeu a posse

Nova Mesa Diretora é empossada na Assembleia Legislativa

 
A Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) retornou aos trabalhos, ontem, com a posse da nova Mesa Diretora para o biênio 2017-2018. Na nova composição, o deputado Zezinho Albuquerque (PDT) foi reconduzido ao cargo de presidente da Casa durante sessão solene, ocorrida pela manhã. Esta é a terceira vez que o deputado assume a presidência.
“É uma gestão nova, novas ideias, mas sempre com o mesmo compromisso: fazer o melhor para o povo do Ceará. Estou no terceiro mandato como presidente, coisa inédita no Estado do Ceará e nós precisamos, primeiro, agradecer as duas mesas anteriores que tive a satisfação de presidir. Em segundo lugar, já pedir o apoio da nova mesa e dos senhores deputados, uma união só, para que nós possamos cada vez mais fazer o que queremos, que é a participação do povo na Assembleia Legislativa e votar leis a favor da população”, disse Zezinho.
Também foram empossados para compor a mesa diretora, o deputado Tin Gomes (PHS) como primeiro vice-presidente; o segundo vice-presidente, deputado Manoel Duca (PDT); primeiro secretário, deputado Audic Mota (PMDB), que não acompanhou a solenidade já que está em Portugal para cursar mestrado; segundo secretário, deputado João Jaime (DEM); terceiro secretário, deputado Júlio César (PDT); quarta secretária, deputada Augusta Brito (PCdoB); primeiro, segundo e terceiro suplentes, respectivamente, deputados Robério Monteiro (PDT), Ferreira Aragão (PDT) e Bruno Pedrosa (PP).
Durante o discurso de posse, o deputado Zezinho ressaltou que irá dar continuidade a projetos que “deram certo”, como o Comitê Cearense Pela Prevenção de Homicídios na Adolescência e o Ceará Sem Drogas, com a criação dos Conselhos Municipais Contra as Drogas. Além de se comprometer em continuar o incentivo ao trabalho da Frente Parlamentar para Acompanhamento das Obras da Transposição do Rio São Francisco.
Prioridades
O deputado também destacou que sua prioridade, agora, é de manter a harmonia entre os poderes e de votar mensagens que deveriam ter sido votadas no ano passado, a exemplo da união das secretarias, a extinção do Tribunal de Contas do Município (TCM) e da proposta de igualar o salário de policiais militares e bombeiros à média do Nordeste.
E ainda
A sessão contou com a presença do governador do Estado, Camilo Santana; do presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o desembargador Francisco Gladyson Pontes; e do presidente do Tribunal de Contas do Estado, Edilberto Carlos Pontes, entre outras autoridades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstado Ce