terça-feira, 3 de janeiro de 2017

RC18 e os rumos a 2020

Secretários assumem com meta de usar ‘criatividade’ contra crise

O primeiro dia útil de 2017 foi de movimentação intensa entre o fim da manhã e o início da tarde de ontem, no Paço Municipal. É que além da sessão solene de posse do novo secretariado, o prefeito Roberto Cláudio e o vice-prefeito Moroni Torgan conduziram a primeira reunião com a equipe. A cerimônia formal de leitura e assinaturas da ata e decretos foi acompanhada pelos familiares dos gestores municipais, novo secretariado, funcionários da Prefeitura e vereadores.
Na ocasião, o chefe do Executivo frisou que a gestão 2017/2020 trata-se de um novo desafio. Por mais uma vez em seu discurso, RC direcionou sua fala para a missão assumida naquele momento pelo secretariado, afirmando que todos os secretários têm noção exata da responsabilidade que lhes foi delegada. O prefeito pediu que os gestores assumam o compromisso de representar o sentimento popular e não tenham medo deste modelo de governar “inovador”. Ele destacou que o compromisso com a administração pública, o repúdio aos “erros morais” e a manutenção do sentimento de indignação com a desigualdade ainda existente na sociedade, devem prevalecer. “Aqui, não haverá um governo dentro de uma secretaria. Aqui, haverá um governo. Aqui, há missões comuns de integração e espírito de união e equipe, que deverá nortear o trabalho”, frisou ele.
“A única missão é fazer o segundo governo melhor do que fizemos no primeiro governo. Nos compararmos com nós mesmos e com mais ninguém. Muito pelo contrário, entender que a cidade de futuro precisa valorizar a memória e o passado, as boas práticas, boas experiências e tratar de criar um ciclo de união e não de apartação e divisão”, disse ele, acrescentando que, agora, passado o período eleitoral, “é hora de unir para trabalharmos juntos e respeitar a memória de todos que trabalharam pela cidade, respeitar também é emergência do presente e preparar a cidade para o futuro”.
RC também pediu comprometimento com as ações do Fortaleza 2040, plano que prevê investimento em diversas áreas da cidade a médio e longo prazo, e que devem ser implementadas já neste primeiro ano da nova gestão.
Reunião
A primeira reunião do secretariado convocada pelo prefeito serviu para traçar as ações do segundo governo. Nas primeiras orientações, RC pediu para que cada secretário realize um profundo e detalhado levantamento das respectivas pastas, priorizando as ações exitosas, além do estabelecimento de metas futuras. Também focou especialmente os ajustes que pretende fazer, necessários devido à situação econômica do país.
Na Saúde, a prioridade é regularizar o abastecimento de medicamento – assunto bastante cobrado durante a disputa eleitoral. A secretária municipal Joana Angélica disse que, apesar da escassez do recurso, a estrutura da rede de saúde está bem estruturada, com postos reformados, novos postos em construção e UPAs em funcionamento. “O desafio é aprimorar alguns processos, principalmente a questão do abastecimento de medicamento. E na rede de saúde em geral, a interligação da atenção primária com a rede hospitalar, com funcionamento adequado da estrutura”, pontuou ela.
O prefeito cobrou criatividade dos gestores por conta da crise econômica. Pelo menos, foi o que revelaram secretários ouvidos pelo Jornal O Estado. “Vamos manter a inovação e focar, principalmente, em trazer incentivos fiscais para empresas internacionais desenvolver o trabalho aqui no município, além de aumentar as parcerias público-privada”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Mosiah Torgan. Em dezembro passado, RC já havia anunciado que estuda um “arranjo público-privado” para manter os investimentos na capital cearense diante da recessão econômica vivenciada pelo país.
O ponto principal do trabalho de Alexandre Pereira à frente do Turismo, segundo suas próprias palavras, será a busca de rotas criativas para fomentar a área. Embora os recursos para investimentos sejam importantes, em ano de crise é preciso “deixar de ficar refém do Turismo de infraestrutura”. A meta principal da pasta, de acordo com ele, é concluir a obra da Avenida Beira Mar, assim como revitalizar a Praia de Iracema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EDUCAÇÃO EM CAUCAIA

Capacitação: Prefeitura entrega Centro de Formação para profissionais da Educação   ​ O prefeito Naumi Amorim inaugurou na tarde dest...