sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

De olho no tráfego de Fortaleza

Prefeito Roberto Cláudio inaugura nova Central de Controle de Tráfego em Área de Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, na manhã desta sexta-feira (06/01), a nova Central de Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR). A novidade possibilitará o melhor monitoramento da circulação de veículos e gerenciamento da rede semafórica da cidade, otimizando atendimento de acidentes, além de garantir segurança e fluidez no trânsito.
“Esta é uma nova central de controle de tráfego. E tem três principais bancos de dados, um com 40 câmeras com zoom, que possibilita monitoramento de não só um cruzamento, mas de alguns ao longo da área de cobertura da câmera. Tem também 370 fotossensores, com todas as informações centradas aqui, além de 800 semáforos inteligentes. Em síntese, a novidade vai ofertar muito mais informação para o processo de tomada de decisão, além de identificar de forma mais rápida uma colisão, um semáforo queimado ou razão de um engarrafamento específico”, afirmou Roberto Cláudio.
De acordou com Juliana Coelho, gerente da CTAFOR, a ação possibilita fortalecimento de operações em conjunto entre os órgão responsáveis por ações viárias. “Como a central de informações está ao lado da de operações possibilita que a ação na rua seja muito mais rápido. Tanto temos uma central, com muito mais informação em tempo real de qualidade, com a operação de trânsito casada com a informação, o que encurta o tempo da chegada da AMC, Guarda Municipal e Via Livre”, disse.
As câmeras operam em pontos estratégicos da cidade como centros comerciais da Aldeota e Centro, corredores como as avenidas 13 de Maio, Pontes Vieira, Bezerra de Menezes, Desembargador Moreira, Barão de Studart e locais com vocação turística como Av. Abolição e Av. Monsenhor Tabosa, dentre outros. Já o acompanhamento da dinâmica do trânsito nas vias onde existem semáforos inteligentes, ou seja, aqueles que são otimizados em tempo real, tem informações obtidas nos laços detectores instalados no asfalto.
Trânsito e Segurança Viária – programas e ações paras 2017
O prefeito Roberto Cláudio anunciou também ações para o trânsito e segurança viária da cidade. Ao todo, são 11 pontos a serem implementados já a partir de 2017. “A ideia é envolver um conjunto de interferências no trânsito da cidade que tenham como grande objetivo salvar vidas. Essa é a principal razão de mortes e sequelas em adultos jovens em Fortaleza e em cidades grandes do Brasil. Queremos entrar com uma campanha educativa publicitária, fortalecer a fiscalização em duas áreas para prevenir e evitar o uso do álcool associado com a direção e, também, a direção sem o uso de capacete por motocicletas, além de atividades de fiscalização dirigidas para as áreas que mais acontecem acidentes em Fortaleza e mudanças de algumas ações de engenharia de trânsito”, afirmou.
Em 2015, ocorreram 11 mil acidentes no trânsito de Fortaleza. As ações da Prefeitura na área já diminuíram em 36% os acidentes envolvendo carros e 58% envolvendo ciclistas.
Conheça cada um dos 11 pontos dos programas e ações de 2017 para o Trânsito e Segurança Viária:
– Programa de Operação Unificada
Irá credenciar empresas e instituições que tem poder de criar grande fluxo de trânsito ao redor delas, para, através de ação conjunta com AMC, formar operadores de trânsito que darão suporte e orientações aos motoristas.
– Trânsito Livre
Ação estimulará a cultura de desobstrução de via, quando ocorrerem acidentes sem vítima.
– Zona Azul Protegida
Ampliará de 2.500 para 10 mil o número de vagas de zona azul em regiões de grande demanda de estacionamento, além de implementar tecnologia de vídeo monitoramento e app móvel para todas elas.
– Programa de Modernização dos Semáforos
Implementará em todos os semáforos da cidade nobreaks, dando autonomia de 3h em caso de falta de energia, além da mudança total para tecnologia led, diminuindo custos de operação.
– Criação do Departamento de Segurança Viária
Instituição de departamento que será responsável por coletar dados e indicadores, além da realização de auditorias nos serviços prestados.
– Auditoria de Segurança Viária
Realização de auditorias dos pontos críticos da cidade e criação de propostas para a promoção da segurança na área.
– Observatório de Segurança Viária
Ferramenta para estimular e melhorar práticas para o trânsito, envolvendo poder público e meio acadêmico, possibilitando ampliação de discussões e pesquisas na área.
– Campanhas de Segurança Viária
Criação e divulgação de campanhas de massa para atentar temáticas específicas para diminuição de acidentes e educação no trânsito. Neste ano, as temáticas a serem abordadas serão alcoolemia e uso do capacete por motociclistas.
– Áreas de Trânsito Calmo
Criação de áreas de priorização de pedestres, possibilitando a redução de velocidade, através de ferramentas em áreas de grande fluxo de pedestres e motoristas.
– Elementos de Apoio ao Pedestre
Implementação de políticas para faixas elevadas, mini canteiros centrais e travessias em diagonal.
– Esquina Segura
Tolerância zero para estacionamento nas esquinas de ruas e avenida, possibilitando a ampliação do campo de visão dos motoristas. Serão utilizados elementos de engenharia para coibir o estacionamento irregular ao redor de 50m dessas esquinas.
Com informação do A.I

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segurança, o grande calo do governo

Odilon Aguiar critica falta de planejamento em segurança pública O deputado Odilon Aguiar (PMB) denunciou, durante o primeiro expe...