sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Coluna do blog



O dia é hoje
Trump assume hoje a presidência da república dos Estados Unidos. Este é o fato. Mas que diabos de fato é esse tão cercado de controvérsias e brigas e desmentidos e xingamentos? Ao contrário de Obama, que assumiu a presidência cheio de esperanças, e desconfianças, claro, Trump faz questão de esculhambar com a imprensa, a negar os valores e os conhecimentos dos serviços de segurança da América e a bater nas teclas de matar o serviço de saúde pública – o SUS americano – criado por Obama e que deu ao povo, 20 milhões de norte-americanos, um plano de saúde. A outra estupidez é insistir em erguer um muro na fronteira com o México, segregando o país vizinho e botando em cheque os empresários dos EUA que utilizam mão de obra xicana nas colheitas pontuais e em outros serviços que os gringos não fazem. Foi mostrado aqui, numa nota de foto, uma imigrante portoriquenha, entrevistada pela coluna nos Estados Unidos, num ônibus urbano cheio de conflitos e discussões, que Trump poderia vir a ser um outro “Kennedy”. Entendi aquilo como o temor de que Trump correria um risco de vida. Já hoje, diante de tanta denúncia e até da confirmação de a Russia ter interferido na eleição em que derrotou Hilary, eu é que penso se Trump não poderá, em muito menos tempo que se possa imaginar,virar um novo Nixon. Lembram do Caso Watergate? A simples invasão com câmeras e escutas no comitê do adversário acabou ponto Nixon na rua, num impeachment até então sem precedentes na história daquele país. No duro no duro, olhando o passado histórico e o presente nos EUA, nada é descartável. Trump pode até tirar seus 4 anos e até ser reeleito, mas que corre o risco de cair no meio do caminho, isso corre.

A frase: “Se você não fica rico ao lidar com políticos, há algo de errado com você.”
Donald Trump durante discurso na Carolina do Sul, em julho de 2015.


A festa é aqui (Nota da foto)
Conheço o palco. Conheço o cerimonial. Conheço pratrasmente as campanhas, eleições e posses dos últimos quatro presidentes dos EUA. O que sobe a este púlpito hoje, morro de medo de conhecer.

Novidade escabrosa
Acho que foi o EI que ensinou aos bandidos brasileiros, decapitar inimigos. Os que perderam a cabeça na Amazônia são um exemplo. Na Barra do Ceará a moda chegou.

Quer ajudar
Zé Gerardo Arruda, pai da vice prefeita eleita de Caucaia, é animal político. Anda rondando o Prefeito pra convence-lo a derrubar a alíquota de ISS de 5% para 2%.
Na ZPE
Zé Gerardo, que já foi deputado federal e prefeito de Caucaia, anda encantado com os 16 hectares que a ZPE destinou no Pecém para polos calçadista e metal-mecânico.

Trump machista
“Sabe, realmente não importa o que eles escrevem sobre você, desde que você tenha uma bunda nova e bonita ao seu lado”.

Trump sem noção
“Só estou interessado na Líbia se nós ficarmos com o petróleo. Se não, não tenho interesse”.

Trump modesto
"Desculpem-me os perdedores e 'haters', mas o meu QI é um dos mais altos — e vocês sabem disso. Por favor, não se sintam estúpidos ou inseguros, a culpa não é de vocês."

Trump rico
“Quanto mais cedo se compreende o valor do dinheiro, maior é a probabilidade de que se venha a ficar muito rico.”

Trump agora
“Tento aprender do Passado, mas planejo o Futuro focalizando exclusivamente no Presente.”

Trump vilão
“Eu pago o mínimo possível [de impostos] e luto até o inferno para pagar o mínimo possível. Eu odeio o jeito que eles desperdiçam nosso dinheiro”.

Opinião
Este é o cara que a partir de hoje é o homem mais poderoso do mundo; Presidente dos Estados Unidos da América. Você compraria dele um carro usado?





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Kennedy. fim do sigilo de sua morte

Donald Trump vai retirar sigilo de arquivos sobre assassinato de Kennedy ...