sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Coluna do blog



 Passo lento ou queixo duro?
Justificar tragédias como “vontade divina” tira da gente a responsabilidade por nossas escolhas. Isso é do filósofo italiano Umberto Eco. Exceção feita todos aqueles que justificam sua miséria na miséria alheia, por favor, todos os demais queiram aceitar meu respeito. Eu, que de filósofo só sei ler. E não quero botar gasolina nessa fogueira que virou o corta cabeça de Manaus, muito menos na frase do interino que assinalou o evento como um “acidente pavoroso”. Tudo bem, então foi um acidente pavoroso? O que deixa o neguim aqui encafifado é como esse homem passou tantos dias vendo as coisas pela televisão, vídeos, sabendo pelo rádio, pelo jornal, pelo cliping oficial, pra cunhar tão filosófico vaticínio. Francisco, o Papa, lá nos cafundós do judas do Vaticano imediatamente acusou o golpe e rezou pelos envolvidos direta e/ou indiretamente na barbárie. Mas o interino precisou de uma semana pra falar do assunto. E daí se ele pensa a longo prazo. É passo lento. Mas...

A frase: “...acidente pavoroso”.  Dita pelo presidente da república federativa do brasil dias e dias depois de presos se matarem em cadeias de Manaus.


Nossos concorrentes (Nota da foto)
Você acha que uma onça só ataca outro bicho se for para comê-lo? Hienas, lobos e leões, por exemplo: matam regularmente competidores que ousem invadir seu território.O caso mais chocante, porém, talvez seja o dos chimpanzés - justamente nossos parentes mais próximos.Além de matar uns aos outros dentro de um mesmo grupo, eles matam integrantes de grupos vizinhos" diz John Mitani, antropólogo da Universidade de Michigam, nos EUA. Na ultima década, o grupo estudado pelo antropólogo em Uganda, matou 21 membros de outro bando.

Vendendo a refinaria
Hoje, dia 13, o governador Camilo, com o secretário de Assuntos Internacionais, Antônio Balhmann, voará para a China/Irã, onde terá reuniões com investidores interessados na refinaria e na ZPE do Pecém.

Mania de federal
Foi  Tasso quem inventou que policial federal seria um bom Secretário de Segurança. O primeiro foi o querido Renato Torrano.

Indicação
Sugerido àquele governador em 1987, Torrano chegou a Fortaleza num começo de tarde e quase foi trabalhar. Gaucho, de Brasilia, gostou tanto que ficou.

Moroni
Veio Moroni. Outro que gostou tanto que ficou e é o que é. Passaram ainda Fux e aquele General bom de carteado e de quem roubaram o carro oficial.

Outros
Vieram outros, vários outros, quase tudo do Departamento de Polícia Federal. Gente preparada pro mister de federal. Mas estavam prontos pra segurança de bandidagem?

O último
Acaba de deixar o posto o Delci. Homem de bom trato, dizem que bom parceiro e que foi pra aposentadoria. Não fica por aqui. Volta pro Rio Grande do Sul.

Eis que chega...
...André Costa. É mais um federal. Formado por aqui mesmo, pela UFC, especialista em Ciências Criminais pela UF de Alagoas,combate tráfico de drogas e crime organizado.

Vantagem
Pros especialistas em secretário de segurança  nosso André Costa (desculpa a intimidade, mas nosso,cearense) homem conhece porque serviu na Civil do Ceará.

Comendo mosca
Não entendi patavina nas mudanças que inventaram pro governo do senhor Camilo, o Camilo do Crato criado em Barbalha.

Vejamos
A Secretaria de Políticas Públicas sobre Drogas será transformada em uma coordenação e ficará submetida ao Gabinete do Governador.

Foi absinto
Secretaria de Relações Institucionais, Casa Militar e Conselho Estadual da Educação passarão a ter suas atividades vinculadas ao Gabinete do Governador.

Sem gelo
O Instituto de Desenvolvimento Institucional das Cidades (Ideci) será extinto e ficará vinculado ao Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica (Ipece).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Evangelho

Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017. Segunda Semana do Advento Santo do dia: São Dâmaso I, Papa, Beata Maria do Pilar Villalonga Villa...