terça-feira, 29 de novembro de 2016

O modelo do Avro Jet

Avião do time Chapecoense já foi usado pela seleção argentina

Avião do time Chapecoense já foi usado pela seleção argentina
O avião da delegação Chapecoense que caiu na noite da última segunda-feira (28), na Colombia já foi utilizado por outros jogadores.
Segundo o site "UOL", Messi e os jogadores argentinos na viagem para o Brasil embarcaram na mesma aeronave, quando a seleção enfrentou os comandados de Tite pelas eliminatórias da Copa do Mundo, no Mineirão.

De acordo com a publicação, os sites especializados em aviação informam que o avião que sofreu um acidente com o time da Chapecoense é novo, tem apenas 17 anos de uso e era o único da companhia aérea Lamia, da Bolívia.


 

O último voo da Chapecoense

Polícia confirma 76 mortos em acidente com o avião da Chapecoense

A polícia de Medellín confirmou a morte de 76 pessoas no acidente aéreo com a delegação da Chapecoense na madrugada desta terça-feira, na cidade de La Unión, próximo a Medellín, na Colômbia. A informação é do General José Acevedo Ossa, da polícia local, responsável pelo resgate. Não há confirmação sobre quem são as vítimas.
Segundo Ossa, inicialmente somente seis pessoas tinham sobrevivido à tragédia - o número oficial caiu a cinco. Três deles são jogadores da Chapecoense: o lateral esquerdo Alan Ruschel, além dos goleiros Danilo e Follmann. As informações são de hospitais da região e de familiares dos jogadores.
O prefeito de La Ceja, município próximo ao local da tragédia, por sua vez, informou há pouco que o acidente deixou 25 mortos, com cinco sobreviventes confirmados após as primeiras horas de resgate.
"Há cinco pessoas resgatadas e 25 cadáveres identificados em uma zona de acesso muito difícil", afirmou Osorio.
 
No voo estavam 81 pessoas, incluindo 72 passageiros e nove tripulantes. No total, eram 48 membros da Chapecoense, incluindo 22 jogadores, 21 jornalistas e três convidados, além da tripulação.
 
O modelo do avião é o Avro Regional Jet 85, também conhecido como Jumbolino, de matrícula CP-2933, produzido pela British Aerospace. O avião tem lugar para 95 pessoas, mas segundo as autoridades colombianas, tinha 72 passageiros e 9 tripulantes no momento do acidente.
Alguns atletas da Chapecoense não viajaram com a delegação. A lista inclui os seguintes jogadores: Neném, Demerson, Marcelo Boeck, Andrei, Hyoran, Martinuccio, Nivaldo e Rafael Lima. Eles não vinham sendo utilizados pelo treinador Caio Júnior. Entre todo o time, o goleiro Nivaldo é o mais antigo  do elenco e está no grupo desde que a equipe estava na Série D.
O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, também não estava no voo. Ele estava na lista como convidado do clube para a viagem à Colômbia. Mais dois integrantes da lista, Rodrigo Ernesto e Pablo Castro, também não estavam na aeronave. Ambos cuidam da logística do time, chegaram antes e estavam no aeroporto para o receptivo. 

Sumir do radar

Avião da Chapecoense sofre acidente em viagem para a Colômbia

O avião que transportava a delegação da Chapecoense, para Medellín, local do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, desapareceu do radar e sofreu um acidente em Cerro Gordo, nas cercanias da cidade de La Unión. As informações foram confirmadas pelo próprio aeroporto da cidade colombiana.
Quatro ambulâncias se deslocaram para o local, e habitantes também auxiliaram nos primeiros socorros. Ainda não há qualquer confirmação sobre o número de feridos no acidente.
O avião de matrícula CP2933 * transportava 72  pessoas. A delegação brasileira viajava rumo a Medellín, cidade na qual a Chapecoense iniciaria nesta quarta-feira a briga pelo primeiro título continental diante do Atlético Nacional.
A Aerocivil colombiana também se pronunciou sobre o acidente. "Uma aeronave procedente da Bolívia, da empresa Lamia e com matrícula SP2933 RJ 80, se acidentou em Cerro El Gordo (...), com 72 passageiros, da equipe Chapecoense (Brasil), e 9 tripulantes a bordo", emitiu, em nota, a organização.
"Os organismos atendem neste momento a situação e procedem o traslado dos feridos a diferentes centros assistenciais da região. Pessoas da Aeronáutica Civil já instalou um Posto de Mando Unificado no Centro de Operações Aéreas no Aeroporto José Maria Córdová de Rionegro para atender a situação", acrescenta, a nota.
O avião da Chapecoense saiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, rumo a Medellín na noite desta segunda-feira. Informações da imprensa colombiana apontam a falta de combustível como motivo para o acidente.

O túnel do Juraci

jurcici
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, vai entregar, às 16h30min da próxima quarta-feira, o túnel da Avenida Padre Antônio Tomás sob a Avenida Almirante Henrique Sabóia (Via Expressa). O novo equipamento receberá o nome do ex-prefeito de Fortaleza, Dr. Juraci Vieira de Magalhães.
Com investimento de R$ 17 milhões, financiados pela Caixa Econômica Federal, o novo túnel possui 240 metros de extensão e 18,5 metros de largura, com quatro faixas para tráfego, sendo duas em cada sentido. Com obras iniciadas em junho de 2015, as intervenções para a construção do equipamento consistiram ainda na implantação de nova pavimentação asfáltica com base em concreto, sinalização e iluminação em todo seu entorno.
Com a entrega do novo equipamento, a Avenida Almirante Henrique Sabóia (parte superior do túnel), volta a operar na sua configuração normal, desfazendo assim todos os desvios de tráfego implantados no local.
A obra permitiu ainda a retirada dos semáforos existentes na avenida, possibilitando cerca de 7 km de acesso expresso, desde a Avenida Alberto Sá até a Avenida Raul Barbosa. “As obras, tanto do túnel da Avenida Padre Antônio Tomás como do viaduto da Avenida Raul Barbosa, permitem mais rapidez no tempo de percurso. Com isso, é possível agora, seguir pela Via Expressa, acessar a Av. Raul Barbosa e cruzar a Avenida Governador Murilo Borges pelo viaduto; sem nenhuma interrupção de semáforos”, disse Samuel Dias, secretário de infraestrutura.
As intervenções para implantação do túnel na Avenida Padre Antônio Tomás fazem parte das obras de mobilidade do corredor expresso de ônibus Parangaba/Papicu.
(Foto – Divulgação)

Capa do jornal O Estado(CE)


Opinião


FIDEL E O SAFARI AFRICANO





Reza a lenda - em piada tudo é possível - que, nos tempos em que estava liberada a caça, uma numerosa turma de turistas que fazia um safari em certo país africano, saiu pela manhã do acampamento, deixando, nas  barracas, apenas um cozinheiro gago.

Perto da hora do almoço, estava o nosso nobre portador de disfemia cortando grandes filés de um imenso pedaço de carne bovina que havia descongelado, quando, atraído pelo cheiro de sangue, um leão introduziu-se, silenciosamente, na tenda, por trás dele.

Caçando, também, há dias, sem sucesso, ao ver a carne recém cortada e o cozinheiro, que  - para o leão, naturalmente - não era de se jogar fora, já que estava, digamos assim, um pouco acima do peso, foi natural que o estômago da fera se manifestasse, com um longo, profundo e poderoso ronco, que fez com que o homem se virasse, apavorado,  dando de cara com o felino, a enorme juba desgrenhada e os olhos vermelhos, já retesado para o salto, com a bocarra semi-aberta, de onde escorriam, viscosos, grossos fios de saliva.

Paralisado pelo medo, primeiro, apenas, com o barulho que saía das entranhas do bicho, e depois pela pavorosa visão que estava à sua frente, o cozinheiro, tremendo como vara verde, apoiou, para não cair, o  cabo da faca enorme que estava em sua mão na mesa, e, sentindo as pernas desfalecerem, foi escorregando lentamente para o chão, na expectativa de desmaiar de pavor debaixo do móvel, e a esperança de que o leão comesse primeiro a carne que já estava fatiada e só depois a dele.

Foi nesse mesmo instante que deu-se o desenlace, trágico - para um dos lados - do episódio. 

O leão, rugindo, saltou por cima da mesa, certamente para alcançar, primeiro, o  cozinheiro, mas acabou caindo sobre a faca que o outro estava segurando, e,  ferido  de morte, arrastou-se, moribundo, para fora, onde, em frente à entrada do acampamento, deu, deitado, o último grunhido.

Tremendo, sem acreditar que o animal estava mesmo morto, o gago aproximou-se do leão, e, com muito cuidado, levando nisso quase meia hora, aproximou o pé da sua cabeça, cutucando de leve seu pescoço com a ponta da bota.

E estava ele nessa atitude, com a faca ensanguentada ainda na mão direita, quando surgiu, no horizonte, o grupo de  turistas, que, frustrados por não terem caçado nada, voltava ao acampamento para o almoço.

À medida em que se aproximavam, se apercebendo da cena, os caçadores davam vivas e batiam palmas para o mestre-cuca, que, tudo indicava, havia matado o leão praticamente à unha, sozinho e armado apenas de seu instrumento de trabalho.

O cozinheiro,  por sua vez, parecia que, excitado com a situação, também comemorava efusivamente o acontecido. 

Com surpreendente agilidade, ele havia subido para cima de umas grandes caixas de madeira, e, dirigindo-se aos companheiros que chegavam, levantando as mãos para o céu, descia o braço direito, apontando repetidamente a faca para eles, gritando Hip... Hip....Hip.... Hip...Hip...Hip... aos quais, a cada vez que isso ocorria, os outros respondiam, ruidosamente, Hurra! Hurra!, Hurra!

E foi assim, na maior euforia, que, em poucos minutos, morreram todos, incluído o cozinheiro, esmagados pela manada de hipópotamos cuja aproximação não tinham ouvido, por trás deles, e que, esmigalhando tudo, passou sobre o acampamento como um tsunami.

Como aqueles que desenvolveram a tese de que a queda da União Soviética correspondia à vitória do Ocidente sobre o mundo e a uma espécie de "Fim da História", - até que a história  esmurrou brutalmente os EUA em uma certa manhã de setembro, com a sutileza de dois boiengs cheios de passageiros batendo nas torres do World Trade Center - tem gente que, no contexto da morte de Fidel Castro, ocorrida ontem, só está vendo o cozinheiro pulando em cima dos caixotes.

Enquanto os conservadores e os  anticomunistas de plantão estão dando hurras ao gago, comemorando a morte do velho leão barbado e, mais uma vez, o fim do socialismo  como alternativa utópica a um capitalismo e a uma democracia muitas vezes imperfeitos e hipócritas, como se vê pela controversa eleição indireta de Donald Trump, nos EUA, fingindo, malandramente,  que só existem dois países comunistas no mundo, Cuba e a Coréia do Norte; a China faz o papel do improvável, porém didático,  tropel de hipopótamos,  atropelando e atrapalhando, velozes e furiosos, a história segundo os privilegiados, o faz de conta dos imbecis,  o seu discurso superficial, artificial, midiático, manipulado, tão sólido, consistente e profundo como um colarinho de chopp.

Tirando um bilhão de pessoas do subdesenvolvimento. 

Transformando-se, embora com um regime de partido único e um sistema financeiro e produtivo altamente estatizado - e 5 trilhões de dólares em reservas internacionais - no maior credor do planeta e na segunda maior economia do mundo - por enquanto.

Sem deixar de ser, ao lado da Rússia e da Índia, também uma poderosa potência espacial e atômica.

Ora, o que seria do azul se todos gostassem do amarelo?

Se o mundo não tivesse opções, e fosse unipolar e hegemônico, alguém duvida de que já viveríamos sob um governo único, autoritário e tirânico?  

A História só irá acabar, senhores, quando e se um dia, acabar a desigualdade, a hipocrisia, a exploração do homem pelo homem, de países por outros países, a humilhação, a maldade e a covardia.

Por uma razão muito simples, cristalina:

Dinâmica e incontrolável, caprichosa como uma amante volúvel, ou uma folha ao vento que precede as tempestades, a História ainda é o melhor, senão o único, antídoto, de que dispõem o Homem, a Humanidade, contra a opressão, a injustiça e a infâmia.

Coluna do blog




As preferências duradouras
Impossível fazer previsão política quatro anos à frente. Ora,ora,ora. Impossível é achar que não é possível prever ou, no mínimo exercitar um tiquim de achismo, desde que com base naquilo que se tem à mão. Os fatos, as conversas, os movimentos. Política é um tabuleiro de xadrez onde as brancas começam o jogo, nem sempre ganham mas há quem sempre movimente peão-4-do rei. É isso que dá ao analista a chance de errar a longo prazo ou não conter seu ânimo de apontar a agulha imantada de seu feeling para onde o norte indica. O feliz resultado desses premonições vem das apostas em Roberto Claudio, desde sua eleição para a presidência da Assembleia do Ceará. Os passos seguintes foram apostas fáceis num “cavalo” vencedor, corredor de grande prêmio, bicho de disputa de carreira longa. Isso já foi, mas não foi tudo. Contem com os próximos passos de Roberto Claudio acima do patamar em que anda. Pois bem. Essa conversa vem a propósito dos movimentos que hoje rodeiam Salmito Filho. Presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, reeleito com votação crescente e preferido pela imensa maioria de seus pares para continuar tocando o barco na Casa do povo, Salmito tem desde antes lugar marcado no futuro de Fortaleza. Sua próxima presidência da Câmara é credencial para seguir seguindo e isso já foi dito a ele no pé do ouvido. Essa preferência repetida de Salmito Filho é poule de dez para um futuro onde quatro anos não é nada e apostar em preferências é fato normal na vida de quem segue a corrida de cada sangue puro.

A frase: "Conversei com dois secretários de Estado, Ildivan Alencar (SEDUC) e Inácio Arruda (Ciência e Tecnologia), sobre a importância de garantir ensino superior para nossa gente de forma continuada e perto de casa". Deputada Laís Nunes falando luta pelo campus da UFCA em Icó.


A próxima queda?(Nota da foto)
Em seis meses do Interino caíram seis ministros de suas arrumações. O último foi defendido por ele numa pinimba por um apartamentozinho de R$3 milhões, mais ou menos, na Bahia. Quem matou Odete Roitman?

Respeitosamente
Não seria querer demais que deputados e senadores votassem contra si próprios nessa história de caixa dois “pratrasmente”?

Ora,ora,ora
Os caras, uma maioria avassaladora, usou caixa dois, imoral mas não criminal, para suas candidaturas no passado e agora vai votar pra se incriminar?

Daqui pra frente...tudo bem
Caixa dois crime, daqui pra frente, até que tudo bem, mas valendo pra trás? Que lei se muda no meio do caminho pra punir pênalti de jogo passado? Penso na cabeça deles.

Ô Prefeitinho
A prefeitura de Icó, na semana nacional da música,  recolheu  os instrumentos, lotou o maestro Bonfim Estevão na unidade do CAPS e acabou a Banda de Música.

E mais...
Por ordem do Prefeito JJ, a Prefeitura deixou de pagar a bolsa remunerada aos componentes da banda assim extinta por um cara que nunca mais vai passar no Icó.

A Cogerh informa
Mês que vem será suspenso o fornecimento de água para a agricultura irrigada no Ceará. A informação é da Companhia de Gestão de Recursos Hidricos. E bra!

De lascar
Na briga do mar com o rochedo sempre perde o camarão. Na seca de quatro anos outra vez perde o camarão e seu criador.

Pela metade
Em 2015 produzimos 55 mil toneladas de camarão de cativeiro. Para 2016 o povo do setor acha que a balança final não vai pesar  30 mil toneladas.

Mutirão
O Tribunal de Justiça do Ceará, seguindo normas do STJ, está realizando o 11º. Mutirão da conciliação entre partes em demanda jurídica no Estado. Diminui os pepinos, arruma problemas e ajusta brigas muitas vezes bobas que entopem causas graves.

Tá é bom
Turistas entraram num ônibus, todo mundo morrendo de alegria pra pegar um bronze em Canoa Quebrada. Tudo estrangeiro. No meio do caminho o ônibus foi fechado por carros e os passageiros assaltados.

Levaram tudo
Dinheiro, câmeras, computadores de mão, passaportes, os bandidos levaram tudo o que havia no interior do veículo assaltado. Pior: os assaltados só fizeram o BO muito tempo depois porque havia greve na Civil.

Volta
Assaltados pediram passaporte de urgência pra passarem pela federais dos países por onde trafegariam e foram embora. Fica um grande exemplo para o turista e um ensinamento para o trade ou de como não vir ao Ceará.Alias,porque não vir ao Ceará.

Devemos ao FMI?
Uma missão do FMI desembarca no Brasil nesta semana para estudar de perto a situação financeira dos Estados brasileiros. Deve conversar com autoridades, técnicos e economistas de organismos internacionais que atuam no país. E vem aqui.



Bom dia

O Interino ta com fogo nas coivaras.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Nós na Segurança

Ver. Márcio Cruz solicita inclusão de Fortaleza
no Plano Nacional de Segurança Pública

 O pedido foi feito pelo presidente da Comissão de Segurança Pública da CMFor durante encontro no Ministério da Justiça, em Brasília


            O vereador Márcio Cruz (PSD), presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Fortaleza – CMFor – esteve em Brasília no último dia 25 para reunião com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Na pauta do encontro a participação das Guardas Municipais na política nacional de Segurança Pública e a inclusão de Fortaleza nas ações do Plano Nacional de Segurança Pública, elaborado pelo referido Ministério como alternativa para a redução da violência no País.

            Segundo Cruz, essa foi a primeira vez na história política do Brasil que o Ministério da Justiça buscou as Guardas Municipais com o intuito de reunir as forças de segurança em torno da redução de crimes. “O momento é importante para a consolidação da Lei 13.022 e demonstra que somente as forças unidas poderão dar resposta aos anseios da população que busca dias mais seguros, com menos crimes”, avaliou o vereador.

            O Plano Nacional de Segurança Pública, que entra em vigor já nos próximos dias em Aracajú (SE), Natal (RN) e Porto Alegre (RS), desenvolverá ações de combate aos crimes divididos em três eixos estratégicos: Combate e Prevenção a Homicídios; Combate e Prevenção a Violência Contra as Mulheres; e Combate e Prevenção às Drogas.

            Fundamentado pelos números da violência na capital cearense, Márcio Cruz solicitou a urgente inclusão de Fortaleza entre as cidades que receberão as ações e investimentos do Plano. “Os números mostram que Fortaleza necessita de um replanejamento em sua política de Segurança e nós temos pressa em que ela ocorra”, argumenta o parlamentar que em conversa com o secretário Nacional de Segurança Pública, Celso Perioli, conquistou a garantia de que as ações chegarão à capital cearense ainda em 2017.  

            “Agora o momento é de preparar a cidade para que possa receber as ações previstas no Plano”, avalia o vereador que já estuda a proposição de Leis que garantam a participação da Guarda Municipal de Fortaleza na política nacional; assim como a implantação de medidas emergenciais e eficazes, como o trabalho de prevenção à violência contra mulheres, por exemplo.

Apoio À PRF

Sest Senat Fortaleza e PRF promovem evento voltado
para a saúde dos patrulheiros e colaboradores da PRF

Em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, o Sest Senat Fortaleza promove nos dias 29 e 30 de novembro, para 150 patrulheiros da PRF, o evento Patrulha da Saúde 2016, das 8h às 12h, na sede da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (KM 06, BR 116).

Na ocasião, o Sest Senat Fortaleza realizará ações como cálculo da circunferência abdominal e cervical, cálculo de IMC (peso e altura), exames de glicemia, pressão arterial, gordura corporal, saturação do oxigênio, frequência cardíaca.

Realizado por meio do Projeto Servidor Saudável, da PRF, o evento tem o objetivo de despertar nos servidores a consciência sobre a importância dos cuidados com a saúde, como forma de melhorar a qualidade de vida no ambiente de trabalho e fora dele, por meio da realização de um conjunto de atividades avaliativas e de cunho pedagógico.

A Patrulha da Saúde acontece por meio da participação voluntária de servidores e colaboradores da PRF, que serão submetidos a questionário sobre histórico de saúde e rotina diária, atividades recreativas e esportivas, qualidade de sono, relações interpessoais, passando por aferição de dados biométricos e outros parâmetros clínicos.

Serviço:
Patrulha da Saúde 2016
Dias, 29 e 30 de novembro de 2016
Hora: 8h às 12h
Local: Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (KM 06, BR 116)

Tapebas

MPF/CE defende demarcação de terra Tapeba em audiência na Justiça Federal
Na terça-feira, 29, será realizada segunda etapa de audiência para instrução de processo movido pelo Ministério Público Federal

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) pediu que a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai) realizem a demarcação da Terra Indígena Tapeba, no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. A defesa da demarcação foi feita nesta segunda-feira, 28, na Justiça Federal, durante o primeiro dia de audiência pública de instrução do processo movido pelo MPF contra a União e a Funai.

Os índios Tapeba lutam há mais de 30 anos pela demarcação das terras que habitam em Caucaia. Na audiência, a procuradora regional dos Direitos do Cidadão, Nilce Cunha Rodrigues, ressaltou que tanto a Constituição Federal quanto a Organização das Nações Unidas (ONU) reconhecem o direito dos povos indígenas à terra. “Se não garantimos que os índios tenham acesso às terras tradicionalmente ocupadas, estamos desrespeitando um direito humano”, lembrou Nilce.

As terras dos Tapeba ainda não tiveram a demarcação concluída, tendo sido publicado o relatório de identificação e delimitação. A próxima fase é a assinatura de portaria declaratória pelo Ministério da Justiça. Por conta da demora no processo de demarcação, a etnia Tapeba vem sofrendo sucessivos prejuízos, com a perda de área territorial e danos ambientais pela invasão de não índios. Levantamento apresentado pelo MPF na audiência mostra que entre os anos de 2005 e 2016 foram instaurados 151 procedimentos para investigar diferentes problemas na área reivindicada pelos índios. A maioria dos casos é de conflitos fundiários, degradação ambiental e violência.

“Nós queremos terra para retirarmos nossa sobrevivência e preservamos nossa cultura”, disse a pajé Dona Raimunda, que estava entre os três representantes do povo indígena que falaram na audiência. A pajé reforçou o relato feito pelo MPF dos problemas que a comunidade enfrenta à espera da demarcação.

Nesta terça-feira, 29, será realizada a segunda etapa da audiência de instrução do processo movido pelo MPF. Na quarta-feira, 30, será realizada inspeção judicial nas terras indígenas. A Justiça Federal vai verificar as condições em que se encontra a região envolvida na ação.

Água

Obra para o aproveitamento hídrico do Maranguapinho será inaugurada nesta terça-feira (29)
O  governador Camilo Santana, inaugura, nesta terça-feira (29),  o sistema adutor para o aproveitamento das águas do Maranguapinho e aciona a estação de bombeamento para abastecimento do município de Maranguape.  A ação está prevista no Plano de Segurança Hídrica para Fortaleza e Região Metropolitana.
Serviço:

Inauguração do sistema adutor do Maranguapinho e acionamento da estação de bombeamento para abastecimento do município de Maranguape

Local: Barragem do Rio Maranguapinho - Acesso pela Rua Souza Filho. Bairro Novo Maranguape II - Maranguape - CE.
Data: 29.11.2016
Hora: 9h

Adiantando diretrizes


Base governista defende reeleição de Zezinho Albuquerque na Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), conquistou, nesta segunda-feira (28/11), na residência oficial do Governo do Estado, o apoio da base de apoio governista para concorrer à reeleição, na próxima quinta-feira (01/12). Ele participou de encontro em que recebeu a adesão dos parlamentares, ao lado do governador Camilo Santana (PT), do ex-governador Cid Gomes (PDT) e do prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT).

No encontro, os parlamentares trataram das diretrizes de atuação da Mesa Diretora da Casa para o biênio 2017/2018. A eleição será realizada a partir das 11 horas desta quinta-feira.

A dura hora da espera


Revelação
Penso que não tenha usado essa ferramenta aqui para fazer proselitismo ou contar vantagem minha. Mas deu uma vontade enorme agora cedinho de contar aos parceiros minha sexta negra. Não sou consumidor, a não ser uma ou outra viagenzinha ou um livrozinho, últimos agrados que me tenho feito. Na tal da black fraude, fui tangido que nem gado pra bebida. Caí no cheiro do queijo inocentemente. Fui a um desses muitos e variados shoppings da cidade caçar um amigo que não vejo faz meses pra da ruma abraço. Não o encontrei, eis que de férias e aproveitei, já que alguém disse que todo aquele movimento era de black fraude e fui ver as novidades. Numa das lojas olhei os lepi topis. O que era 1.200 contos, tava de 2 mil por 1.400. Fraude pura. Fiquei pau da vida e me retirei da loja reclamando pro vendedor. Entrei numa loja na frente da dita cuja já´com a ma intenção de comparar. Não deu. A mesma coisa. Segui adiante e vi um movimento grande numa terceira loja. Parecia a flauta de Merlim. Entrei e fui olhando as coisas. Gente comprando de tudo, incluindo bebidinhas e pneus. Neguim comprando uisque com cara de quem nunca beliscou um 12 anos. Ar de campeão de fórmula 1. Meu Deus, pensei salivando. Pois bem; todo menino pobre tem seus sonhos, né não? Eu tenho cá os meus. Juro a você que sempre tive vontade, desde que apareceram essas cafeteiras elétricas com cápsulas, de ter uma. Aí o cão atentou. Quando era menino não se brincava com coisa perigosa...Minha Mãe Maria, filha de Mãe Vovó Petronilha, A RAcista, ensinava sempre...faça isso, não, o cão atenta e o ferro entra. Pois bem, fique,i olhando, examinando, lendo as bulas nas bichinhas nas caixas quando passa por mim uma mulher de preto, com ar de mulher fatal e diz pra mim o que tenho mania de fazer com as pessoas...essa aí; eu tenho uma em casa. É maravilhosa. Faz um café... enlouqueci. Aquilo era um pré orgasmo. Na minha cabeça habitava um turbilhão de pensamentos. Uma suruba de desejos daquele excitante instrumento de prazer. Nem olhei o preço, afinal era black fraude e eu estava ali, exposto, calças na mão, o vil metal sonante, fustigando o bolso. Peguei uma. Fui aos caixas. Dezenas de pentes em todas as filas. Fui indo, afastando-me da muvuca até cair num caixa clamo, manso, onde uma senhorinha esperava a filha, na fila, por mais blequeis. Na vez dela cedeu lugar a mim. Nem sei se por estar esperando a filha ou se por dó de meus cabelos esbranquiçados (os que sobraram) pelo sereno da madrugada. Passei. R$199,00 reais. Dei duzentos. Recebi R$1,00 de volta. Serviria pra pagar parte do estacionamento. Pense num cabra vaidoso! Era proprietário de uma cafeteira de fazer café expresso de caixinha de aluminio. Uma vitória de menino pobre. Botei numa sacola, não. Levei pro estacionamento a nu como que pra todo mundo ver. Orgulhoso!!! Pimpão!!! EM casa li a bula de montagem e ligação. Fiz tudo como deveria fazer. Botei a capsula na ranhura lá e...tres copos de uma água que Mãezinha chamava de lavagem de espingarda. Isso foi sexta. Até agora, frustrado, estou esperando dar a hora certa pra ligar pra minha amiga Noélia Brito, barista de primeira e proprietária de várias dessas maquinas para uma consulta técnica ou ainda, oferecer uma passagem pra ela vir do Recife, com urgencia, me ensinar como usar minha "boneca inflavel" de café de piula.

Capa do jornal O Estado(CE)


Coluna do blog




80 anos,podre de rico e caçando o que fazer
“Vocês aqui em Sobral estão muito a frente do que acontece no restante do Brasil. É fantástico o que está acontecendo aqui!”, disse o empresário Jorge Paulo Lemann, parabenizando os resultados da rede municipal de educação de Sobral, que saiu da posição 1.366º, em 2005, e hoje tem a melhor nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), entre mais de 5.570 municípios brasileiros. Jorge Paulo Lemman acredita profundamente na educação e no empreendedorismo como a base para um país andar para frente. Não é à toa que se dedica a projetos como a Fundação Estudar, Fundação Lemann, Khan Academy e a própria Endeavor. Em uma sessão de mentoria coletiva, Jorge Paulo ouviu desafios e perguntas, compartilhou histórias e deu conselhos com uma simplicidade admirável. “O Brasil nunca é tão bom quanto poderia ser, mas também não é tão ruim quanto falam. Podemos não estar no melhor momento, mas as maiores operações que tivemos foram em época de crise. O mercado e os empreendedores do Brasil são muito bons, então é melhor olhar para frente, ver como aproveitar qualquer dificuldade e o que é possível fazer a mais”.  “Gosto de sócio que trabalha e contribui. Quanto ao momento certo para abrir as portas, quanto mais conseguir engordar o porquinho antes de buscar dinheiro dos outros, melhor. E se for buscar, não olhe só para o dinheiro, entenda o que de valor ele poderá agregar ao negócio”. “Sou um cara muito organizado e disciplinado. Sempre pratiquei esporte, pelo menos uma hora por dia, seja o que estiver acontecendo no mundo. Além disso, sempre fui muito participativo com a minha família, deu tempo de fazer e criar seis filhos. Um certo equilíbrio é importante. Delego muito: nunca fiz questão de ser o cara que fazia tudo. Gastei mais tempo escolhendo e formando gente muito boa, para eventualmente dar oportunidades a eles e ter mais tempo para mim. O segredo talvez seja ter uma mistura de disciplina e regras com base no que se quer fazer (e pessoas são diferentes, então tem que fazer regras que façam sentido para você) e ter equipes que possam transformar uma empresa”.

A frase: Sonhar grande e sonhar pequeno dá o mesmo trabalho”. Jorge Paulo Lemann.


Lemann em Sobral (Nota da foto)
“Tenho três metas de vida: deixar algum marco significativo na área de educação, empresas sólidas com possibilidades de se perpetuarem e uma família produtiva que tenha responsabilidade sobre aquilo que receber”. Jorge Paulo Lemann veio a Sobral ver como foi que a educação da cidade virou exemplo nacional.

Saco cheio
Interlocutores contam que Gilmar Mendes está incomodado com a pressão de advogados sobre o TSE.

Citou Cezinha
Nas conversas, o ministro cita Cesar Asfor Rocha como autor de investidas para acelerar a análise do processo de cassação do governador José Melo (AM).

Na-na-ni-na-não
“Não vou admitir aqui -no TSE- pressões como as que são feitas sobre o STJ”, disse Mendes, segundo relatos. Asfor Rocha, por meio de sua assessoria, negou tais pressões.

Não entendi
Como e por quê a entrevista do ex-Ministro Marcelo Calero, da Cultura do Interino, foi parar na Polícia Federal. Calero disse que Geddel tocou terror pressionando benesses.

Zé Arnon informa
O irmão dele, Luis Ivan, vice que assumiu a Prefeitura com Raimundão afastado, será  importante na futura administração. Ele será o Secretário de Governo.

Novidade pra seca
Segundo a Funceme agora tem dois tipos de seca no Ceará; seca extrema e seca excepcional. Extrema deve ser tipo língua de papagaio já a excepcional é...sei lá.

Pois bem...
Sabe aquele negócio votado quinta feira pra esquecer caixa dois do passado? O Planalto, quer dizer, o Interino não vetará, jamais. Não é doido de ser contra tantos parceiros.

Começou a chegada
Vereador em Sobral abriu a temporada de apoiamento a Ivo Gomes. Um, da oposição já foi. A turma da canoa se arruma pra ir. O Ivo vai querer?

Cinturão queimado
O ex-governador do Ceará Ciro Gomes afirmou  não acreditar que o presidente Michel Temer continue no seu mandato até 2018. Tá perto!

Em evento
A declaração foi dada durante evento realizado na Assembleia Legislativa para discutir o papel do Banco Central no desenvolvimento econômico do país.

Colapso fiscal
Sobre seu diagnóstico para os próximos anos, o ex-ministro aponta: “O país, provavelmente, encerrará esse ano com o maior colapso fiscal da sua história.


Direto da fonte.

A procissão diária continua a mesma. Ver o por do sol na Vila de Jeriquaquara. Curtir Mostrar mais reações Comentar Compar...