quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Opinião

Cautela e Serenidade

Apesar da surpresa inicial em vista das pesquisas que apontavam a possível vitória da candidata democrata, Hillary Clinton, os efeitos para o Brasil, do resultado indicando o republicano Donald Trump como presidente eleito dos Estados Unidos, devem ser avaliados com cautela. O entendimento da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) se baseia na forte relação institucional entre nosso país e os EUA, considerados parceiros em várias áreas.

 O setor industrial cearense espera que o apelo inicial de Trump logo após a definição do pleito, no sentido de propor a união, sirva de inspiração para que a gestão do futuro presidente aconteça da forma mais serena possível. A FIEC confia ainda que as instituições americanas, ancoradas nos valores de uma sólida democracia, serão determinantes para impedir que ações voluntaristas comprometam as relações dos Estados Unidos com o resto do mundo.

Beto Studart, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário