quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Coluna do blog




Finados
Meu Padrinho, de batismo, Simão Barbosa de Paula Pessoa, pianista, empresário, esportista, era apaixonado por briga de galo. Gostava tanto que tinha uma rinha em casa. No quintal da casa dele que dava para a rua por trás da Praça da Meruoca, que algum imbecil sobralense, não legítimo, resolveu mudar para Praça de Cuba. Simão Barbosa tinha a rinha e criava dezenas de galos.  Quando, preparados para as brigas, os galos dele, lutando em casa levavam o hand cup de jogar com torcida e conheciam o ar do quintal, o cheiro do quintal, o gosto da comida do quintal. Isso dava a seus galos uma vantagem. E quando ganhavam, literalmente cantavam de galo. Aí cê diz; lá vem ele com os leriados dele. Calma! Teikirizi! É só um chiste pra fazer um comparativo. A vitória de Roberto Claudio com a margem de 8% de maioria, e que desmentiu Ibope e o DataFolha porque ficou no meio das previsões de ambos os institutos, foi jogada nas cacundas dos irmãos Cid e Ciro. Pra Ciro isso é muito mais expressivo. 2018 vem aí. Ciro é pré-candidato a Presidente da República. Chega na rinha com o cacife de jogar o jogo tendo ganho no quintal de casa. Elegeu,no bem dizer, seu candidato,Roberto Claudio,  que foi votado pelas virtudes de uma administração até o gogó de obras e ações pelas comunidades que o escolheram. Ciro, galo de briga treinado, cheinho de mondrongo pelo couro, passado na casca do alho, pode, no grito de guerra, jogar a eleição do irmão Ivo, em Sobral, a parceria do Naumi na Caucaia e a eleição de RC16 em Fortaleza. Dizer que isso não recomenda será burrice de viseira. E mais: cacifado não tem que ficar dando satisfação. Satisfação não é preciso que se dê a ninguém em política;  primeiro porque os amigos não carecem e os inimigos não acreditam. Vem aí 2018. Ciro 2018? RC18? Bom, isso é só uma reflexão de Finados. Viva quem morreu!

A frase: “A política é quase tão excitante como a guerra e não menos perigosa. Na guerra a pessoa só pode ser morta uma vez, mas na política diversas vezes”. Winston Churchill.



A morte comanda do espetáculo (Nota da foto)

Nunca houve 2016
Apostas há de que 2016 não existiu politicamente. As campanhas de vereadores e prefeitos foram como treino de apronto pro jogo de domingo.

Vereadores
Em Fortaleza foi jogo jogado. Diz em Minas que jogo é jogado, lambari é pescado. A maioria absoluta dos vereadores aliados de Roberto Claudio foi eleita. Resta afaga-los.

Como se afagam vereadores
Falam que o mais caro no bacará da política é cuidar de vereador. Até o novato dizem que é manhoso, ardiloso, atento, doidim por uma benesse. Em assim sendo...

Pois bem...
Então veio RC16, centenas de vezes repetido aqui como mantra, anunciando sua reeleição. Deu trabalho? Deu! Todo dia não se derrotam dois senadores de uma só vez.

Foi apronto
O que se quer dizer é que RC16 foi treino de apronto para o jogo bruto de 2018. Pela frente, no tabuleiro, Governo do Estado, Senadores da República e voto pra Presidente.

Fim de época
Terminam seus mandatos no Ceará, os senhores Eunício Oliveira e José Pimentel. Aquele do PMDB, este do PT. Quem se habilita?

As apostas
Hoje, apostam que Cid Gomes vai querer uma vaga. Outros apontam que Domingos Filho também quer uma vaga. Estão com trunfos. Ambos por histórias de sucessos.

Perguntas no ar
O Sr. Eunício vai tentar a reeleição? O Sr.Eunício Oliveira seria outra vez candidato ao Governo do Ceará? E Zé Pimentel? Com o “rela” dado no PT, arriscaria?

E mais...
Tem um mundaréu de deputado federal, deputado estadual e isso demanda uma logística de fazer inveja a Patton e Rommel, adversários na segunda guerra mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário