sábado, 29 de outubro de 2016

Teimososia prejudica campanha do sr.Wagner


Programa de Wagner não é exibido na televisão

No último dia de veiculação de propaganda eleitoral em rádio e televisão, apenas um dos dois candidatos à Prefeitura de Fortaleza teve programa exibido no horário eleitoral gratuito. Por decisão liminar concedida pela Justiça Eleitoral, os dez minutos destinados a Capitão Wagner (PR) foram de silêncio total. Roberto Cláudio (PDT), por outro lado, repetiu a inserção que havia ido ao ar no dia anterior, na qual fez um balanço de ações da atual gestão e pediu votos para seguir no comando do Executivo.
 
Durante todo o tempo reservado ao candidato do PR, a mensagem “Horário reservado à propaganda eleitoral - Lei 9504197 - Coligação Juntos Somos Mais” ficou sobreposta a uma tela azul. A Justiça Eleitoral – mais de um juiz cuida de propaganda – havia determinado que todas as cenas externas da propaganda de Capitão Wagner fossem suprimidas do programa. Devido a quantidade de sequências do tipo proibidas pela decisão judicial, e a proximidade do horário de exibição da propaganda, não houve tempo de o programa ser substituído ou editado pelos representantes da coligação punida.
O candidato exibiria na televisão o mesmo programa que havia ido ao ar na noite de quinta-feira (28). O vídeo foi publicado na íntegra na página da candidatura de Capitão Wagner no Facebook, mas o texto da postagem não fazia qualquer referência ao ocorrido na televisão.
Nesta sexta, o juiz eleitoral José Krentel havia determinado que o perfil do candidato do PR no Facebook fosse retirado do ar por publicação de vídeo considerado difamatório contra Roberto Cláudio. Ele já havia perdido 2.246 inserções em rádio e TV por decisões da Justiça Eleitoral.
Já no programa de Roberto Cláudio, veiculado em seguida, o atual prefeito, que tenta reeleição, exibiu cenas gravadas em diversos locais da cidade para reapresentar ações e projetos desenvolvidos ao longo de sua administração, em áreas como educação, mobilidade urbana, juventude, drenagem e urbanização, habitação e outras.
Saúde, contudo, foi a área que ele apontou como “um dos principais motivos que me fazem querer continuar na Prefeitura”. Roberto Cláudio reconheceu que “há muito para fazer” e sinalizou ações que pretende colocar em prática caso seja reeleito.
Ao final do programa, junto da esposa, das duas filhas e de outros apoiadores de sua candidatura, o pedetista ressaltou que está mais experiente para um segundo mandato. “Aos 41 anos, estou muito mais experiente e preparado”, disse, acrescentando que, caso seja reeleito, trabalhará para “entregar tudo que iniciei, resolver os problemas que ainda existem, principalmente na saúde, e iniciar novos projetos, como o novo modelo de vigilância nas praças, mercados, Areninhas e outros espaços públicos de grande movimento”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário