sábado, 29 de outubro de 2016

Press release - Imprensa coligação "Fortaleza só tem a ganhar"

Justiça eleitoral manda retirar perfil de Wagner no Facebook do ar por conteúdo difamatório
Depois de retirar 2.246 inserções do candidato do PR à Prefeitura de Fortaleza, Wagner Sousa, a Justiça Eleitoral mais uma vez pune o candidato por propaganda difamatória e inverídica. O juiz eleitoral José Krentel Ferreira Filho determinou, nesta sexta-feira (28/10), a retirada imediata do ar do perfil do candidato Wagner Souza no Facebook por conta da publicação de vídeo difamatório e contendo inverdades contra o candidato Roberto Cláudio.

Na mesma ação, o juiz concedeu ainda direito de resposta em relação à publicação de vídeo com conteúdo mentiroso, que tenta relacionar Roberto Cláudio com operação da Polícia Federal. “Na realidade não há, até o momento, qualquer notícia ou indício de veracidade desse fato, o que caracteriza a irregularidade e ilegalidade da postagem, ainda mais na reta final da eleição, trazendo prejuízos irreparáveis”, afirma o juiz.

Ele condena ainda a postura da campanha de Wagner ao fazer postagens desse tipo. “Tal postura é deveras lamentável e reprovável na democracia, não admissível a um candidato que aspira um cargo público importante, denotando desvio indevido e impróprio da propaganda eleitoral”, completa.

O juiz estabeleceu multa de R$ 30 mil, por cada nova veiculação, em caso de descumprimento da decisão. Dos oito candidatos que disputaram a Prefeitura de Fortaleza em 2016, apenas o candidato do PR foi punido pela Justiça por mentir em suas propagandas eleitorais e agora Wagner está respondendo a procedimento policial por descumprimento de decisão judicial, por ter mantido no ar inserções proibidas pela Justiça Eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário