sábado, 29 de outubro de 2016

Contra as drogas

Ação de prevenção às drogas recebe monitoria externa da União Europeia

Desde terça-feira, o Movimento Saúde Mental Comunitária recebe Juliana Garcia Salinero, especialista em ROM (Monitoramento Orientado para Resultados), enviada pela União Europeia para fazer monitoria do Projeto de Prevenção às Drogas e fortalecimento dos serviços sociais de saúde. A ação é realizada pelo MSMC em parceria com a CBM (Christoffel-Blindenmission da Alemanha) que responde por 25% dos recursos, sendo 75% financiado pela União Europeia, totalizando aproximadamente 946 mil euros para quatro anos de atividade.
Na monitoria, estão sendo avaliados a relevância, a eficiência, a eficácia e a sustentabilidade da ação.

Nesta segunda-feira, 31 de outubro, às 11h, Juliana Garcia, a experta em equipe ROM contratada pela União Europeia, apresenta as primeiras conclusões da monitoria, na sede do Movimento Saúde Mental Comunitária, rua Fernando Augusto, 609, bairro Bom jardim, Fortaleza.

O projeto, denominado Sim à Vida, é realizado em áreas vulneráveis de Fortaleza, Maracanaú e Pacatuba, com atendimento direto a 1350 pessoas, com 240 crianças e adolescentes sendo cuidadas preventivamente contra as drogas, cinco dias por semana. Outras 210 crianças participam de atividades preventivas em escolas e instituições, realizadas quinzenalmente.

Um total de 90 mulheres das áreas atendidas estão recebendo formação em corte e costura. Uma ação cooperativa está sendo planejada para possibilitar a compra financiadas de máquinas para as novas costureiras.

A rede de medidas protetivas de saúde e assistência social dos municípios atendidos está sendo contatada, com o desenvolvimento de parcerias para fortalecer o acolhimento de crianças, adolescentes e familiares das comunidades vulneráveis das áreas de abrangência do projeto.

A coordenadora de projetos do escritório regional da CBM para América Latina e El Caribe, Alejandra Valverde, acompanha o monitoramento.

Este texto foi elaborado com a participação financeira da União Europeia. O seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva do MSMC, não podendo, em caso algum, considerar que reflita a posição da União Europeia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário