quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Coluna do blog




Como vai o Interino
Ibope: governo Temer é reprovado por 39% dos brasileiros; 68% não confiam. Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) encomendada ao Ibope sobre avaliação do governo do presidente Michel Temer, divulgada nesta terça-feira (4), mostra:- 39% dos brasileiros entrevistados o acham ruim ou péssimo- 34%, regular- 14%, bom ou ótimo- 12% - não sabem ou não responderam. Os números seguem estáveis desde a última pesquisa CNI/Ibope, de junho, quando o governo ainda era interino: - 39% consideraram ruim ou péssimo-36%, regular-13%, ótimo ou bom- 13% não sabiam ou não responderam.Ibope: governo Temer é reprovado por 39% dos brasileiros; 68% não confiam. Entre os entrevistados da pesquisa divulgada nesta terça-feira, 28% aprovam a maneira do presidente Temer governar e 55% desaprovam. Na pesquisa anterior esses percentuais foram de 31% e 53%, respectivamente. Confiança - 26% confiam no presidente Temer- 68% não confiam no presidente Temer - Na pesquisa anterior, 27% declararam confiar no presidente Temer e 66% não.Comparação com governo Dilma- A pesquisa também pediu aos entrevistados que comparassem as gestões de Temer e Dilma na Presidência .- 24% consideram o governo Temer melhor- 38% consideraram igual- 31% consideraram pior- 7% não souberam ou não responderam.Sobre as perspectivas em relação ao "restante do governo", 24% responderam "ótimo/bom"; 30%, "regular"; 38%, "ruim/péssimo"; e 8% não souberam ou não responderam.A pesquisa foi feita entre os dias 20 e 25 de setembro com 2.002 pessoas em 143 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A frase: “Você é hoje o fruto daquilo que você fez ontem”. A grosso modo é o resumo do conceito do livro A Crítica da Razão Pura, teoria de Kant.


Chegando (Nota da foto)
Depois do primeiro turno os parecidos se reúnem. Ontem o grupo do Tim Gomes, nariz torcido pra soldadesca, entendeu que deveria seguir RC16. Foi pela manhã no Comitê de Imprensa da Assembleia do Estado.

Outra greve
Não bastasse o que já passamos, a Civil entrou em greve pra ganhar mais, o que é justo, mas não seria fora de hora? Fica um forte componente político no ar.

A manchete
Este jornal publicou ontem na sua principal manchete: “PT decide apoiar Roberto Claudio no segundo turno”. Atual, em cima do laço e elucidadora.

A manchete
O texto elucida algo do tipo lógico, como a frase do dia, logo aí acima. Onde se dispõe a ideia do que o povo fala tipo aqui se faz aqui se paga.

A manchete
Esta coluna leu a ultima pesquisa de intenção de voto em Fortaleza e encontrou num dos itens de quem seria o segundo voto dos eleitores de Luiziane Lins, do PT.

A manchete
Deu o quê? 34% escolheriam Roberto Claudio. 32% o Sr. Wagner. Isso em meio a 8 postulantes ao cargo de Prefeito da capital dos cearenses.

A manchete
Quando afunilou e ficaram só os dois, o PT intuiu que o caminho pra segundo turno seria descarregar em Roberto Claudio. Cabe uma análise do comportamento.

A manchete
O PT é caçado pelas forças que apoiam o Sr.Wágner. São as forças que cassaram Dilma, querem matar a Jararaca, e continuam na captura do partido.

A manchete
Surpreenderia à intimidade do pensamento prático, aquele da trilogia de Kant – A critica da Razão Pura, a Crítica da Razão Prática e da Crítica da Faculdade de Juízo, fosse diferente.

A manchete
As diferenças entre o PT e a candidatura de Roberto Claudio, sumiram no primeiro turno. O segundo turno para o PT foi negado pela coligação aí já citada. Irão todos?

A novidade
Juntaram-se ontem ao PT na trilha sonora de Roberto Claudio-Prefeito!- os adeptos de Tim Gomes. Estamos com RC, anunciou Tim no Comitê de Imprensa da Assembleia.

Finalmente...
O movimento paredista dos bancários no Brasil pode descambar pra retaliação. O povo até entende que banco tem muito lucro e que os bancários queiram uma ponta, mas o povo não está gostando de pagar juros e multas por não ter seu pobre dinheirinho que lhe está sendo negado até sem o reabastecimento dos caixas eletrônicos. Pode dar m....

Nenhum comentário:

Postar um comentário