quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Coluna do blog




Presente de grego
Aquela história do Cavalo de Troia até hoje troa no pé do meu ouvido. Calma! É que morro de medo de grego, principalmente quando vem com negócio de dar presente. A própria imagem da falsidade o mais nojento dos gestos humanos. Se o reconhecimento é o mais nobre, o mais podre é a falsidade. Nenhum pecado mortal, venial ou capital será mais abominável que a falsidade. Mas eu falava de presente, um gesto altamente simbólico. Quem oferece alguma coisa a alguém tem muito a dizer de sua relação com o outro. Uma oferta é a radiografia da alma, diz um velho pensador. Eu já acho que um presente pode até ser uma forma de controle. Dar a alguém algo que esse alguém não possa retribuir será sempre uma forma de ratificar o poder de quem deu. Diz Karnal, citando Mauss que presentes falam muito além de seu simples pacote. O presente é secundário, o que vale é a intenção. Tou falando disso mas o que queria mesmo era falar de quem convida alguém pro almoço e, como já é sabido não existe almoço de graça. A troco de quê,por exemplo, a tucanagem se engajou na campanha do prefeito derrotado em Sobral? E em Fortaleza? La vale também pro PMDB, mas e em Fortaleza? Diz que esmola grande o pobre (não o cego) desconfia. Se não desconfia se faz de doido pra melhor passar? Há uma lembrança no texto evangélico que fala o óbolo da Viúva. Ao depositar as pequeninas moedas que lhe fariam falta, ela deu mais que os ricos, que davam o que sobrava. Ou não deram nada além de afagos eletrônicos. Jamais será tarde lembrar que o bom presente é uma via dupla e alegra o que oferta e o que recebe. É um gesto de comunhão de afeto, lembra ainda Karnal. Como conheço todos os afetos do mundo político, fico imaginando a cara de quem seria obrigado a retribuir o presente mesmo que este não lhe tenha sido dado por seus reais donos. Quer dizer, líderes.

A frase: “Quem nasceu pra cangalha nunca chega a sela”. O povo diz.


Vale o escrito? (Nota da foto)
“Ficarei conhecido por derrubar dois presidentes do Brasil”. Eduardo Cunha

Mulher no Icó
A prefeita eleita de Icó, deputada  Laís Nunes conseguiu a aprovação de seu projeto que criou a Delegacia da Mulher no Icó. No Icó o Trump que não se meta a besta.

Pagando o mico
Os professores da Universidade Estadual do Ceará (Uece) vão retornar às aulas hoje, quarta-feira.

Decisão no Itaperi
Foi durante assembleia geral realizada na sexta-feira, 21, sob a coordenação do Sindicato dos Docentes da Uece, no Campus Itaperi.

Greve longa
Os docentes darão continuidade ao semestre letivo 2016.1 e a previsão é de que o período seja finalizado em janeiro de 2017. Quatro meses parados e três anos de atraso.

Ainda não vazou
Sobrou nenhuma palavrinha do depoimento de Sérgio Machado sobre o que saberia sobre corrupção na chapa Dilma-Temer. Engraçado, né.

O que disse?
Será que Machado entregou Temer na união com Dilma como esperam os que gritam Fora Temer, ou ganhou mais alguma benesse por uma gravação nova?Perguntar,ofende?

Aliás...
Por falar em gravação, tem alguém  aí, tido como político razoável que anda gravando conversas com pessoas amigas pensando que ninguém nota. Saberá o que se passa em casa?

Interessa?
Eduardo Cunha vai falar, mas resta saber se o MPF quer ouvi-lo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário