sábado, 29 de outubro de 2016

Bom dia

Polícia Civil destaca sanções a servidores que persistam em paralisação ilegal

Diante da tentativa de manutenção da paralisação dos policiais civis, já considerada ilegal pela Justiça, a Superintendência da Polícia Civil reforça que os serviços ofertados à população devem ser mantidos nas delegacias.

Uma Portaria da Superintendência foi expedida para todas as delegacias exigindo a manutenção dos serviços. Caso alguma ilegalidade seja mantida, os policiais que persistam com a paralisação terão os casos encaminhados aos órgãos responsáveis,  como a Controladoria Geral de Disciplina (CGD), Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) e Procuradoria Geral do Estado (PGE).

"A grande maioria das delegacias está funcionando. As que não estão funcionando os servidores estão sendo nominados e vão sofrer as medidas cabíveis", destaca o delegado Geral da Polícia Civil, Andrade Junior.

As delegacias devem prestar os serviços corriqueiros, como flagrantes e registros de Boletim de Ocorrência. Caso o cidadão não tenha o atendimento realizado pode registrar a situação via o telefone 190.

Entre as medidas cabíveis estão o corte de salários, a aplicação de multas - já previstas pela Justiça no despacho que declara a ilegalidade - e sanções disciplinares, que podem ser até de demissão do servidor público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário