sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Bom dia

Justiça eleitoral proíbe inserção de Wagner que apresenta Eunício Oliveira como presidente do Senado
Após conceder mais de 2 mil inserções à coligação do prefeito Roberto Cláudio em direitos de resposta, a Justiça Eleitoral proibiu, nesta quinta-feira (27/10), inserção de rádio do candidato Wagner Souza que apresenta o senador Eunício Oliveira como presidente do Senado. “A propaganda eleitoral contém informação sabidamente inverídica ao atribuir a apoiador do candidato da coligação representada condição que o mesmo não ostenta, in casu, ao apontar o senador Eunício Oliveira como Presidente do Senado da República, posição ocupada por outrem”, afirma o juiz eleitoral Francisco Jaime Medeiros Neto, da 1ª Zona Eleitoral.
Na decisão, o juiz declara ainda que os contornos de irregularidade da propaganda são bem visíveis, já que a inserção tenta falsear a verdade sobre fato incontroverso. O juiz deferiu o pedido de liminar e mandou notificar as emissoras sobre a decisão, advertindo que a veiculação da propaganda irregular está sujeita a multa.
Na verdade, Eunício Oliveira não é presidente do Senado nem sequer faz parte da Comissão Diretora da Casa, composta pelos senadores Renan Calheiros (presidente), Jorge Viana (1º Vice-presidente), Romero Jucá (2º Vice-presidente), Vicentinho Alves (1º Secretário), Zezé Perrella (2º Secretário), Gladson Cameli (3º Secretário), Angela Portela (4ª Secretária).

Nenhum comentário:

Postar um comentário