quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Bateu, levou!

Vereadores criticam propaganda contra PT

Repercutiu na Câmara Municipal de Fortaleza os ataques ao Partido dos Trabalhadores durante propaganda veiculada pela campanha de Capitão Wagner (PR) durante inserção no rádio e televisão, na qual aborda o mensalão petista e afirma que quem vota em Roberto Cláudio (PDT), vota no PT. Ronivaldo Maia e Guilherme Sampaio repudiaram e chamaram a ação de “demagoga” e “desqualificada”.
Para Ronivaldo Maia, o candidato precisa refletir sobre os partidos que o apoiam antes de apontar e atacar outros. Ronivaldo fez um breve histórico da vida política do candidato a prefeito, que passou dois anos na Câmara Municipal e, logo após, foi eleito como deputado estadual e, agora, está concorrendo para ser chefe do Executivo. E lamentou o tipo de campanha que o candidato está utilizando para ganhar votos.
“Ele fica enganando, trabalhando a ideia de que a prefeitura resolve o problema da segurança e apela para a exploração da violência e do terror para se projetar”, frisou ele, afirmando que três dos quatro partidos mais corruptos do país estão apoiando o candidato.
“Como que ele quer defender mais saúde e segurança enquanto seus aliados protagonizam não apenas o golpe parlamentar, mas também a PEC 241? Como ele vive essa contradição de que o que seus padrinhos políticos vão causar mais dificuldade para o povo cearense? O PT lamenta e segue com a orientação de que cada um vote de acordo com sua consciência”, ressaltou.
Postura
Guilherme, por sua vez, manifestou decepção com a postura adotada pelo parlamentar e declarou que Wagner faz uma campanha “demagoga” e “desqualificada”.
“Me associar à nota exarada pela Executiva do Partido em Fortaleza e no Estado do Ceará, em que nós repudiamos com toda veemência essa postura, que, ao mesmo tempo, se associa a um posicionamento, para mim, pessoalmente, como colega do Wagner aqui na Câmara, foi motivo de grande decepção nessa eleição. E, agora, no segundo turno, se revela ainda mais desqualificada. Fortaleza não merece um prefeito covarde. Fortaleza não merece um prefeito demagogo. Fortaleza não merece quem se coloca com uma atitude como essa, explorando o medo e a violência para se eleger prefeito”, afirmou o petista.
Resolução
Após derrota de Luizianne Lins (PT), terceira colocada, o PT ficou dividido entre apoiar Roberto Cláudio, aliado do governador Camilo Santana (PT), e indicar voto nulo, já que, em 2012, o atual prefeito derrotou Elmano de Freitas (PT). Entretanto, a sigla liberou sua militância para votar como julgasse melhor. O episódio do ataque de Capitão Wagner, no entanto, deve ser usado pela ala ligada ao atual prefeito para mobilizar outros votos para o candidato do PDT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário