domingo, 25 de setembro de 2016

Seis pontos separam Roberto Claudio de Wagner


Datafolha: Roberto Cláudio tem 34%, Wagner 28% e Luizianne 15%

A nova pesquisa OPOVO/Datafolha divulgada na tarde deste sábado, ontem, 24, com a intenção de votos para a Prefeitura de Fortaleza mostra que desde o levantamento realizado nos dias 08 e 09 de setembro, Roberto Cláudio (PDT) voltou a subir na pontuação acompanhado do Capitão Wagner (PR), enquanto Luizianne Lins (PT) voltou a oscilar negativamente.
Roberto Claudio  avançou dois pontos e agora marca 34%. Wagner subiu quatro e chegou aos 28%. Em terceiro lugar está Luizianne, que recuou um ponto, com atualmente 15%. Considerando a margem de erro de três pontos percentuais, o pedetista e o republicano estão no limite do empate técnico, porém, com Roberto Cláudio em vantagem.
Na sequência, estão os candidatos Heitor Férrer (PSB), que oscilou de 8% para 6%; Ronaldo Martins (PRB) manteve os 3%, enquanto que João Alfredo (Psol) foi de 2% para 1%, Gonzaga (PSTU) e Tin Gomes (PHS) não pontuaram. Brancos e nulos foram de 8% para 6%, e indecisos passaram de 8% para 6%.
Segundo a pesquisa divulgada pelo jornal O Povo, a principal mudança geral ocorreu entre os eleitores mais jovens, com idade entre 16 e 24 anos. Entre eles, Capitão Wagner cresceu 11 pontos, passando de 29% para 40%. Já Roberto Cláudio caiu seis pontos no segmento, indo de 32% para 26%, e Luizianne caiu 4 pontos, de 20% para 16%. Heitor permaneceu nos 5%.
Ainda conforme o Datafolha, Wagner teve perda acentuada entre os mais ricos. Entre os que ganham mais de cinco salários mínimos, o deputado perdeu 10 pontos percentuais, indo de 24% para 14%. O maior crescimento no segmento foi de Heitor Férrer, que ganhou 9 pontos e foi de 10% para 19%. Roberto Cláudio foi de 34% para 36%, e Luizianne de 18% para 15%.
Na divisão por escolaridade, tanto Roberto quanto Wagner melhoraram seu desempenho entre eleitores com o ensino médio completo. Enquanto o prefeito cresceu cinco pontos, passando de 30% para 35%, o deputado estadual cresceu seis, indo de 27% para 33% no segmento. Já Luizianne perdeu 2 pontos percentuais, de 16% para 14%, e Heitor perdeu três, de 8% para 5%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sofre é o povaréu

Aeroporto: esperas de mais de uma hora para entrar em Lisboa subiram 500% A ANA, empresa que gere os aeroportos instalou uma máquina de...