domingo, 4 de setembro de 2016

Imagina se a moda pega

Bispo inglês admite ser homossexual e que está numa relação com um homem

O Bispo de Grantham, na Inglaterra, é o primeiro bispo a admitir que é homossexual e que está mesmo numa relação com um homem. Nicholas Chamberlain decidiu contar a sua história depois de um jornal britânico o ter ameaçado que iria revelar o seu ‘segredo’, informa o The Guardian. Mesmo assim, garantiu que a sua orientação sexual já era conhecida.
“As pessoas sabem que eu sou gay, mas não é obviamente a primeira coisa que diria a alguém. A minha orientação sexual faz parte de quem eu sou, mas é no meu cargo que estou focado”, disse o bispo anglicano numa entrevista exclusiva ao jornal inglês.
Chamberlain consagrou-se bispo em novembro de 2015 e todos aqueles que estiveram envolvidos na cerimônia sabiam qual era a sua orientação sexual.
“Sempre tive e estou plenamente consciente da relação bastante longa do Nick. A decisão de se ter tornado bispo foi baseada nas suas capacidades. Ele vive de acordo com as regras da igreja e a sua orientação sexual é completamente irrelevante para o seu cargo”, disse Justin Welby, arcebispo de Canterbury.
Nos últimos anos – devido às fortes crenças de que o casamento é composto por duas pessoas do sexo oposto – a Igreja tem estado envolvida numa série de discussões internas devido aos direitos da comunidade LGBT.
Em 2003, Peter Wheatley, então bispo de Edmonyon, admitiu ser gay e que estava vivendo com o seu parceiro. Denominava-se como um “cristão celibatário, que vivia segundo os ensinamentos cristãos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstado Ce