segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Disputa eleitoral provoca violência contra políticos no CE

O vereador José Valmir de Sousa, de 58 anos, candidato à reeleição pelo PSDB em Aiuaba, (município do Sertão dos Inhamuns, distante 458 km de Fortaleza), foi morto a tiros na noite do último sábado (24), quando participava de uma carreata, seguida de comício no distrito de São Nicolau.
De acordo com a polícia, ao fim do evento, por volta das 20 horas, a vítima foi abordada por um homem armado que efetuou vários disparos a queima roupa. O vereador acabou atingido na cabeça e foi levado ainda com vida para o hospital local, mas não resistiu aos ferimentos.
O Destacamento de Polícia de Aiuaba, que acompanha o caso, não tinha informações sobre a identidade do acusado até o fechamento desta edição.
O clima de acirramento político fez, ainda, outra vítima no município. Minutos depois da morte do vereador José Valmir de Sousa, o filho do parlamentar, Alan Franklin de Sousa, seria autor de um outro assassinato. Alan Franklin, que tem 27 anos, é suspeito de balear dois antigos rivais do grupo político do pai, na localidade de Bom Nome. Uma das vítimas, identificada como Pedro Lopes, morreu no local. A Polícia Militar, no entanto, descarta a possibilidade de vingança e diz que não houve “ligação entre o caso”.
No dia 10 de junho, o vereador José Valmir de Sousa e seu filho Alan Franklin de Sousa foram presos acusados de porte ilegal de arma, em Aiuaba. A polícia encontrou, na residência dos dois, uma espingarda calibre 20, uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38. As armas foram apreendidas pela Polícia Civil de Tauá. O presidente da Câmara Municipal de Aiuaba decretou luto oficial pela morte de José Valmir. A realização de comícios na cidade foi suspensa.
Icó
Ainda no final de semana, um motociclista disparou contra a casa do candidato a prefeito de Icó pelo PV, Gliobel Correia. O fato aconteceu por volta das 20 horas do último sábado (24). O atirador estava em uma moto Honda Today preta, de placa não identificada.
Cerca de duas horas e meia depois, por volta das 22h30, a casa do fisioterapeuta e militante político Marcos Barreto também foi atingida por disparos de arma de fogo. Segundo testemunhas, os tiros foram efetuados por dois homens em uma moto vermelha.
Após o ocorrido, a polícia enviou reforços para o município de Icó. Integrantes do Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) se juntaram ao Comando Tático Rural (Cotar), Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), e Comando Tático Motorizado (Cotam). Desde a semana passada equipes da Polícia Federal também estão na cidade.
Segurança
Com o objetivo de garantir a segurança do primeiro turno da eleição municipal, que acontece no próximo dia 2 de outubro, 5.600 policiais militares serão mobilizados no Ceará, com pelo menos um oficial da Polícia Militar (PM) em cada um dos 184 municípios cearenses.
O efetivo está previsto no Plano de Segurança para as Eleições 2016, entregue na última sexta-feira (23) ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), Abelardo Benevides, pelo secretário adjunto de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS), coronel Lauro Prado, e pelo comandante geral da PM, coronel Geovani Pinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstado Ce