quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Coluna do blog



As cartas não mentem jamais
Postos à mesa, números explicitados em pesquisas eleitorais, quando sérios, servem para rumos de campanhas, amostragem pro eleitor e clarear certas perguntas que são feitas no dia-a-dia pelo Zé Ruela que não sabe de nada e vive de dar palpite, de achismos e etc. e coisa e tal. Daí que, quem anda junto dessa arrumação e olha a coisa com outros olhos, encontra nos mais simples quesitos respostas inesperadas. Perguntaram aos eleitores quem seria seu segundo candidato, caso tivesse que mudar de voto. Foi um tipo de resposta. E perguntaram pra todos. Para os eleitores de Luiziane Lins, no dia da pesquisa fora de um possível segundo turno, qual seria a segunda opção de voto deles. Aí embolou o meio de campo. Quem, achava que a turma da Luiziane descarregaria sua zanga num ou noutro, dançou. Simplesmente de dividiram. Se não votassem em Luiziane ou imaginando um segundo turno entre os ponteiros, 34% iriam votar em Roberto Claudio e 32% em Wagner. Entendeu agora? Se a eleição fosse agora, quem não votasse em Luiziane estaria de coração partido quase meio a meio com ligeira supremacia pra Roberto Claudio. Mas anote um numero assustador: 29% dos eleitores disseram que podem mudar a intenção de voto até a hora de chegar na urna. Com todo respeito, é  aí que mora o perigo na hora de a porca dar o nó no rabo.

A frase: “Jamais se mente tanto como depois de uma pescaria ou antes de uma eleição”. É que nem toda verdade deve ser dita.


O cacete do Faustão (Nota da foto)
O apresentador Fausto Silva, o Faustão, criticou durante seu programa ao vivo na TV Globo no domingo (25) o projeto de reforma do ensino médio anunciado pelo governo Michel Temer (PMDB) na semana passada. "A educação física os caras iam tirar. Essa porra desse governo nem começou, não sabe se comunicar e já faz a reforma sem consultar ninguém", disse Faustão.

Seguiu Faustão...
"Então, o país que mais precisa de educação faz uma reforma com cinco gatos pingados que não entendem porra nenhuma, que não consultam ninguém e aí, de repente, tiram a educação física, que é fundamental na formação do cidadão", disse Faustão, para aplausos dos presentes no estúdio.

Nada igual
No Cariri jamais houve disputa mais parelha do que a que há hoje no Cratinho de Açucar. Samuelzinho e Ailton estão rigorosamente empatados. Né nessa coisa de três pra lá três pra cá, não. É no pau: 41% a 41%. Isso é saudável.
Cearenses no mundo
Pronde ce se vira encontra alguém do Ceará mandando em algum lugar do mundo.Por muito tempo, no Pernambuco, o velho Arrais deu as cartas. Deixou uma neta, hoje vereadora no Recife e uma filha, Ministra do TCU.

A novata
Quem chega com  força na tentativa de ser vereadora no Recife é uma menina danada de valente. Puxou à mãe. Seu nome? Noélia Brito. É procuradora em Pernambuco. Mais que isso; é filha da querida Julieta Brontee. Noélia é terror dos corruptos.

É como se...
Fui a Aquiraz ver a campanha pela prefeitura. Não tem campanha na cidade. Sem um adesivo, sem uma bandeira, sem um grupo nas esquinas, sem um carro de som. Nada. A ideia é de que não há campanha embora se saiba que nos bastidores tem coisa feia.

Triste
O Ceará fica mais triste. Sábado passado perdemos o querido José Olavo. Alguém há de perguntar quem é o querido. Ninguém menos que nosso Peixoto de Alencar...Ora, Senhoras e Senhores...O implacável tempo nos deixou órfãos da alegria do Peixoto.

Deu aqui
Luiziane Lins disse neste jornal que armar a Guarda “é de uma enganação absurda”. Ô na testa do senhor Wagner. Tia Lu, numa avaliação ampla, disse que só voltou pra política pra levantar o nome do PT com uma candidatura forte. Ela se acha!!!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dente siso

Tem uma grande falta de vergonha no ar.