quinta-feira, 4 de agosto de 2016

O menino é danado e tem a quem puxar


Domingos Neto é listado pelo DIAP como deputado em ascensão





O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – DIAP divulgou a lista dos “Cabeças do Congresso 2016”, que relaciona os cem parlamentares mais influentes no Congresso Nacional, e os “parlamentares em ascensão”. Pela segunda vez, Domingos Neto (PSD) figura na relação. 

De acordo com o Diap, entendesse por parlamentar em“ascensão” aquele deputado ou senador que vem recebendo missões partidárias, políticas ou institucionais e se desincumbindo bem delas.

Estão também nessa categoria os parlamentares que têm buscado abrir canais de interlocução, criando seus próprios espaços e se credenciando para o exercício de lideranças formais ou informais no âmbito do Parlamento.

Na relação dos 100 parlamentares que comandam o processo decisório no Congresso, 62 são deputados e 38 são senadores. Os dois partidos melhor representados na elite parlamentar são o PT, atual oposição, ao qual é filiada a presidente da República afastada, Dilma Rousseff, e o PMDB, atual base, partido do presidente interino da República, Michel Temer, e do Senado, Renan Calheiros (AL). 

Está na terceira posição o PSDB, que é o segundo maior partido da base do governo. 

Do Ceará, figuram na lista dos cabeças, os deputados André Figueredo e José Guimarães, que exerciam cargos de lideranças partidárias.

Na lista dos parlamentares em ascensão, que segundo o Diap, estão entres 150 mais influentes do Congresso, figura o deputado Domingos Neto.

A presença feminina entre os “Cabeças” 2016 do Congresso, em termos proporcionais, é maior que a participação total da mulher no Legislativo Federal, fenômeno que já ocorreu em 2015.

Enquanto as mulheres representam atualmente apenas 9.28% do Congresso Nacional (64, sendo 52 deputadas e 12 senadoras). Já na elite do Parlamento (Câmara dos Deputados e Senado Federal), elas correspondem a 13% , sete senadoras e seis deputada. Na pesquisa 2016, a quantidade de mulheres no Senado consideradas influentes, pela primeira vez, é maior que na Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstado Ce