sábado, 16 de julho de 2016

Quando o povo quer falar

REDE DE ENTIDADES DO GRANDE BOM JARDIM ELABORA E APRESENTA UMA PLATAFORMA POLÍTICA AO CEARÁ PACÍFICO

A Rede de Desenvolvimento Local, Integrado e Sustentável do Grande Bom Jardim (Rede DLIS do GBJ) entregará ao Governo do Estado do Ceará um documento denominado Carta Pública e Plataforma – (Pro)Posições de Políticas de Segurança Pública para o Território GBJ e a Cidade, neste sábado, 16, por ocasião do I Seminário Ceará Pacífico Território Bom Jardim, evento que deflagrará a política de segurança do atual governo Pacto por um Ceará Pacífico no território.

O documento é composto por uma Carta Pública, apresentando o movimento popular e tecendo uma leitura geral acerca do cenário de vulnerabilidades do território e apontando questões centrais a serem enfrentadas, e também por uma plataforma com 53 propostas de políticas públicas, sendo 04 gerais e 49 por dimensão do Pacto por um Ceará Pacífico (29 Desenvolvimento Urbano e Qualidade de Vida; 11 Prevenção Social e Oportunidades para a Juventude; e 9 Segurança e Justiça).Trinta e quatro organizações do Grande Bom Jardim são signatárias do documento.

A Rede DLIS conta ainda com o apoio de 05 instituições parceiras: o Programa de Educação Tutorial da UFC (Ciências Sociais e Arquitetura), o Laboratório de Seguridade Social e Serviço Social (LASSOSS), o Laboratório de Estudos e Pesquisas em Afro-brasilidades, Gênero e Família, juntamente com o grupo de estudos Margens Urbanas, e o Grupo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas sobre a Cidade e o Urbano, da UNILAB.

A Rede definiu, em abril, a segurança pública como uma de suas temáticas prioritárias de enfrentamento. Então, planejou e desenvolveu um plano estratégico de abordagem ao tema. Dentre as ações estartadas neste do processo, citamos: dia 12 de abril, através de uma comissão, reuniu-se em audiência com a vice-governadora, a senhora Izolda Cela (PDT); Dia 07 de maio, realização do Seminário A Política de Segurança Pública Cearense: uma Visão Histórica e o Pacto de Pacificação; dia 28 de maio e dia 02 de julho, Encontros Ordinários da Rede DLIS sobre a temática; Dias 10 e 27 de maio e 11 de julho encontros da comissão de trabalho, criada para elaborar o documento; e dia 12 de julho, reunião da Comissão de Articulação da Rede DLIS para última leitura, qualificação e validação do documento.

A estratégia definida pelo coletivo é a entrega do documento à vice-governadora durante painel de apresentação da Rede DLIS do Grande Bom Jardim,no painel de experiências, e a incidência das 53 propostas da plataforma de política públicas nos grupos de trabalho por dimensão do Pacto. Um processo de mobilização das 34 organizações integrantes e signatárias do documento e de outros coletivos territoriais parceiros foi organizado e desenvolvido.

Serviço:
I Seminário Territorial Ceará Pacífico Bom Jardim
Dia 16 de julho de 2016 – 8h -16h30
Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias – Rua Franciscano, 50, Bom Jardim, Fortaleza, Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olhaí o que é que o Camilo faz hoje

Agenda do governador Camilo Santana para esta quarta-feira, 18 de outubro de 2017 Desde 9h30: Reuniões em Brasília para acompanhamento de...