quinta-feira, 21 de julho de 2016

Os shows do Festival de Musica da Ibiapaba


XII Festival Música na Ibiapaba começa neste sábado, 23/7. Confira a programação de shows, todos com acesso gratuito
Violinista Ricardo Herz e Samuca do Acordeon (SP/RS), Lorena Nunes (CE), Erivan Produtos do Morro (CE), Dona Zefinha (CE), Trio Herluno (CE) e o grupo vocal BeBossa (RJ) estão entre as atrações do Festival, que acontece de 23 a 30 de julho, em Viçosa do Ceará e outros nove municípios, com realização da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). A programação tem entrada franca aberta a todos os interessados
A diversidade musical vai embalar as noites do XII Festival Música na Ibiapaba, que de 23 a 30 de julho promete atrair público de todas as idades com um objetivo em comum: vivenciar uma semana de música em todos os sentidos nas salas de aula, nos palcos e plateias dos diversos shows. O Festival acontece em Viçosa do Ceará, em outras oito cidades da região da Ibiapaba e em Sobral, sempre com entrada franca. Além dos participantes das oficinas, o público em geral está convidado para curtir uma programação especial de shows, com grandes nomes da música do Ceará e do Brasil, em apresentações que dialogam com as ações de formação promovidas no evento, propondo novas formas de pensar, fazer e viver a música.

Nos dois primeiros dias (23 e 24) e nos três últimos (28 a 30) as atividades formativas e artísticas acontecerão em Viçosa do Ceará. De 25 a 27 a programação será realizada nas outras cidades, com oficinas simultâneas nos nove municípios e shows em duas a três cidades por noite. É a programação "Nosso Som", com shows de artistas da região, possibilitando um rico intercâmbio. São eles: Rapper Henrique MH (Tianguá), Saxteto de Sopros e Percussão (Croatá), Glaydson Frota (Sobral), Trovador Eletrônico (Sobral), Jofran Fontenelle (Meruoca), show "Amigos do Choro" (São Benedito) e Grupo Choro Feliz (Ipu). A programação completa pode ser conferida no site do Festival: www.festivalmusicaibiapaba.com

Shows e formação: "Música em Todos os Sentidos"

A programação artística, assinada pelas curadoras Lu Basile e Consiglia Latorre, foi pensada dentro do conceito desta edição do Festival, de provocar a "Música em Todos os Sentidos", buscando contemplar a diversidade musical, apresentar grupos de formações inovadoras e convidar o público em geral, compreendendo que todos podem - e devem - fazer e viver a música. Essa será a marca nos palcos de Viçosa do Ceará. Nos demais municípios, o Festival proporciona um intercâmbio de grupos da região da Ibiapaba, com a programação "Nosso Som".

A festa musical começa em Viçosa do Ceará, com a banda Dona Zefinha, no dia 23 (sábado), às 21 horas, no Patamar da Matriz Nossa Senhora da Assunção. A banda apresenta "Invocado que só", espetáculo cênico-musical que combina elementos multiétnicos. No fim da tarde de domingo, 24, na Praça da Matriz, a riqueza dos metais será evidenciada na apresentação das bandas de música dos municípios da região.

Grandes nomes: criatividade e experimentação

Na fase final do festival, grandes artistas voltam a se apresentar em Viçosa do Ceará. Na quinta-feira, dia 28, às 19h30, no Teatro D. Pedro II, vão ecoar os sons do Grupo Uirapuru, orquestra de barro criada pelo artista plástico e luthier Tércio Araripe, com instrumentos de corda, sopro e percussão, todos feitos de barro. O grupo apresenta composições autorais sob a regência do multiinstrumentista e compositor Luizinho Duarte. Às 21h começa a programação na Praça General Tibúrcio com o rapper Erivan Produtos do Morro apresentando o novo show, “Bendito Som das Quebradas”, e sua mistura das batidas do rap com vertentes do rock, do ragga, da MPB, do morro com o asfalto, sem perder de vista as influências regionais do repente e da embolada e de toda gente que figura sua memória afetiva. Na sequência, o público vai conferir e a riqueza sonora provocada pelo violinista Ricardo Herz e Samuca do Acordeon (SP/RS), em um criativo diálogo musical passando por ritmos como choro, frevo, tango e chamamé.

A inventividade também vai marcar a noite da sexta-feira, 29, dedicada aos instrumentais da Orquestra Transversal, formada por alunos do Bacharelado em flauta transversal e de Licenciatura em Música da Universidade Estadual do Ceará (UECE), sob a direção do professor Heriberto Porto, interpretando composições e arranjos de autores cearenses que vão do erudito ao experimental, passando pelo regional; Trio Herluno, o mais novo trabalho do baixista Hermano Bezerra, do baterista Luizinho Duarte e do acordeonista Nonato Lima, interpretando composições próprias e de autores nacionais e internacionais em ritmos como bossa nova, baião, samba, frevo, tango, tudo sem largar mão da improvisação jazzístico. E para fechar a noite, a tradicional Roda de Som dos professores e alunos do festival, um dos momentos mais aguardados do evento, pela liberdade das performances e pela interação entre jovens e mestres.

Com a Apresentação de Encerramento das Oficinas o Festival conclui sua 12ª edição no domingo, 30, na Praça General Tibúrcio, a partir das 18 horas. Em seguida, o palco é do BeBossa, sexteto vocal do Rio de Janeiro que traz as influências de grandes grupos como Boca Livre, MPB4, Quarteto Em Cy, Take6. A pesquisa musical que vem sendo feita desde 2000 pelo BeBossa é a sequência de uma importante tradição no Ceará e no Brasil, da música vocal, em grupos ou corais, apresentada pelo grupo carioca em uma fusão da rítmica brasileira com a harmonia do jazz. Entre os integrantes do Bebossa está o arranjador Zeca Rodrigues, que já participou como professor do Festival Música na Ibiapaba nas edições de 200a a 2007 e em 2014.

Encerrando a programação de forma festiva, com um show de muita intensidade e com arranjos diferenciados, a cantora Lorena Nunes, uma das maiores vozes do novo cenário da música no Ceará, faz sua Homenagem à Tropicália, projeto lançado em fevereiro deste ano no Festival Jazz & Blues, e mostra canções do aplaudido disco "Ouvi Dizer que Lá Faz Sol".

Quem faz o festival

O XII Festival Música na Ibiapaba é uma realização da Secretaria da Cultura do Governo do Estado (Secult), com a Fundação Educacional Silvestre Gomes como entidade parceira selecionada via edital. Organização: W10 Produções e Eventos.

SERVIÇO

XII Festival Música na Ibiapaba - De 23 a 30 de julho de 2016 em Viçosa do Ceará. Inscrições até o dia 11 de julho pelo site www.festivalmusicaibiapaba.com.  Informações:  (85)​3021-2111 e festivalibiapaba2016@gmail.com / f: Festival Música na Ibiapaba / Instagram: @festivalibiapaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitos quebram a cara

‘Encontro de contas’ do INSS frustra prefeitos Lançada como moeda de troca pelo governo federal para conseguir apoio à reforma d...