quarta-feira, 6 de julho de 2016

Coluna do blog




Sérgio Machado informa ao STF que apresentará novas provas na Lava Jato
A defesa do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que vai apresentar novas provas para serem anexadas aos depoimentos de delação premiada prestados por ele na Operação Lava Jato.Na petição, a defesa informa que Machado está levantando dados complementares aos depoimentos prestados e pede mais 20 dias para finalizar o trabalho.O acordo assinado por Machado com a Procuradoria-Geral da República diz que novas informações podem ser apresentadas pelo delator em 60 dias, mas não especifica o período inicial da contagem do prazo. Por esse motivo, os advogados pediram autorização do ministro Teori Zavascki, responsável pelos processos da Lava Jato no STF, para anexar novas provas.Machado ficou no comando da subsidiária da Petrobras de 2003 a novembro de 2014. Ele disse que políticos indicavam aliados para cargos em empresas estatais para conseguir “o maior volume possível de recursos ilícitos tanto para campanhas eleitorais quanto para outras finalidades”. Segundo Machado, a função dos diretores indicados era administrar as empresas e “arrecadar propina para os políticos que os indicaram”.Nos depoimentos, o ex-presidente da Transpetro disse que repassou propina para mais de 20 políticos de vários partidos. Em outro depoimento, ele afirmou que foram repassados ao PMDB “pouco mais de R$ 100 milhões”, que tiveram origem em propinas pegas pelas empresas que tinham contratos com a Transpetro.De acordo com os termos do acordo de delação, divulgados hoje, após decisão de Zavascki, Sérgio Machado vai devolver R$ 75 milhões. Desse total, R$ 10 milhões deverão ser pagos 30 dias após a homologação, que ocorreu no mês passado, e R$ 65 milhões parcelados em 18 meses. Por ter delatado os supostos repasses de recursos da Transpetro para políticos, Machado vai cumprir pena em regime domiciliar diferenciado. Pelo visto o homem gostou de ser dedo duro. É P.O.

A frase: "É preciso pensar em grandes coisas enquanto estamos a fazer pequenas coisas, de modo a que todas as pequenas coisas possam ir na direção certa." Alvin Toffler. Sabe quem foi?


Quem autorizou? (Nota da foto)
Ninguém quer o bem publico que não esteja de acordo com o seu. Por incrível que possa parecer tem idiota que está de acordo com a esse monstrengo sendo erguido em plena Praça do Ferreira. Tão fazendo essa m.... escondido do Roberto Claudio.

Não esqueçam
Vou dizer agora de uma vez por todas: Quando a guerra acabar, a fratura entre os dois lados da barricada já não passará pelas habituais estruturas partidárias, mas por aqueles que desejam restabelecer as soberanias nacionais e pelos que aspiram criar um Brasil federal.

Seminário Internacional
Amanhã, 7, no Auditório Petrônio Portela, do Senado,às 9h – Painel 1: Modelos de Programas de Apoio às Famílias na Promoção do Desenvolvimento Infantil Integral, palestra  Programa Cresça com Seu Filho,com  Carolina Bezerra primeira Dama de Fortaleza.

Saudades
A política anda tão nojenta que sinto saudades da inteligência irônica e grave de um cara sério, honrado, educador primoroso, poeta inveterado. Frasista então..."ninguém resiste ao farfalhar do Diário Oficial". Este era o Barros Pinho da minha saudade.

Que país é este!
Foi concedida prisão domiciliar para Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira; Adir Assad; Marcelo Abbud; Cláudio Abreu e Fernando Cavendish.Teriam que usar tornozeleiras eletrônicas. Como estão em falta, as figuras ficam na cadeia mesmo.

Tudo por uma greve
É ano eleitoral. Qualquer coisinha que possa depender da política (há sindicalistas candidatos,por exemplo) estoura uma greve ou ameaça de. O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Ceará quer aumento de 18% de salário. O patrão oferece 4%. Vai dar greve, que dizer, discurso pedindo voto.

Controle
O portal e as páginas do Facebook das Prefeitura de Fortaleza e do Ceará inteiro, estão indisponíveis, desde sexta-feira (1º), até o fim das eleições municipais. É a legislação eleitoral e também o calendário do Tribunal Superior Eleitoral, que veta propaganda e publicidade institucional três meses antes do pleito. E quando as Prefeituras poderão informar algo do interesse da comunidade em que está circunscrita? Ou também é proibido informar que a rua tal será fechada pra recapagem do asfalto e etc. e tal?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opinião

UMA HORA DESSAS   Por MARLI GONÇALVES Vapt, você nem percebeu, tão anestesiados que já andamos, mas acabaram de roubar uma hora sua. Di...