quarta-feira, 20 de julho de 2016

Coluna do blog



É só uma questão de paciência
Com a simplicidade da pomba e a prudência da serpente, pessoas um pouco mais avisadas reúnem documentos que um dia serão contados como a história do Brasil recente. As histórias de 1962 pra cá, quando na verdade começou a Redentora, incensada pela gringaiada em desespero ao receio de Cuba se espalhar pela América Latina e ter no Brasil um grandalhão abobalhado seguindo seus passos, já estão sendo contadas. Não vão mostrar isso pro meu neto, mas eu vou. Não vou permitir que se diga a ele que o Brasil foi descoberto por Pedro Alvares Cabral no dia 22 de abril de 1500. Nem vou aguentar escutar mais que fulanim passou por aqui pra descobrir a América e essas bobagens todas que ainda hoje se contam escondendo a excrescência dos descobrimentos, o julgo da coroa, a ambição de juntar terras e mais terras e fazer do mundo uma grande aldeia de uns poucos. Por acaso alguém aí se toca dos braços estendidos da Holanda, da França e da Inglaterra sobre  a América e o Caribe? Ou não sabem o que vêm a ser as Guianas?  A história nova está sendo contada no novo golpe, outra obliteração gringa pra ver com quantos metros de broca se toma um pré-sal. Sabem o que é isso? As notícias manipuladas, a pauta única ditada pelo mesmo pauteiro estão virando capítulos para uma história que, quando contada, lá na frente, e mesmo não indo ao currículo escolar do meu neto, guardará um lugarzinho frio e solitário para novos Silvérios dos Reis. Aliás, olhando Liberdade,Liberdade, na Globo, deu pra notar que em Vila Rica já havia plantio de pé de baitola, até hoje muito em voga por lá.

A frase: "Os pregos tiram-se puxando para cima. Ou colocamo-los a descansar, ao lado, quando chega a idade da reforma". Francisco explicando como isolar religiosos em pecado.


Férias? Qual o quê! (Nota da foto)
Os deputados estaduais cearenses deveriam estar de recesso desde quinta feira. Por invenção da oposição que queria contestar mensagens do Governo e fazer o resto perder tempo, foi tudo empurrado pra sessão especial ontem. Só pra marcar presença na TV e aparecer mais pros eleitores de outubro que vem. Deu em nada. A base não apareceu para votar e novas manobras das oposições acabaram mandando o final do semestre para hoje.

O cheiro é de pólvora
A guerra traz resultados mais rápidos, permitindo o desmonte das quadrilhas. É assim que as populações mais velhas ensinam como se põem as coisas no lugar; na bala.

Raio, basta?

A tese de que não basta matar formigas, e é preciso eliminar os formigueiros, significa guerra. Parceiros das antigas diriam simplesmente...avante companheiros.

 

Sagarana

O saudoso pai da minha amiga Vilma Rosa, seu Guimarães, de Grandes Sertões um dia escreveu em Sagarana: "O sapo não pula por boniteza, ‘mas porém’ por precisão".

 

Novo anel viário

A avenida José Jatahy, que ligará a Avenida José Bastos à Bezerra de Menezes, será entregue em agosto, conforme informações da Prefeitura de Fortaleza.

 

Quase pronta

A obra tem 90% de sua execução concluída. A via terá duas faixas em cada sentido, ciclofaixa e urbanização de calçadas. Orçada em R$ 2,1 milhões, teve recursos apenas da Viúva.

 

Quem quer emprego?

Desde segunda feira estão abertas as inscrições (só pela internet) para 508 vagas de trabalho na Prefeitura de Tianguá, no alto da Serra Grande.

 

O dindim é bom

Os salários vão de R$800 a mais de R$9 mil reais. Tem vaga de bombeiro a arquiteto passando pelo magistério. O clima é bom e na região tem muito o que fazer.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Evangelho

Sexta-feira, 13 de Outubro de 2017. Santo do dia:  São Venâncio de Tours, abade Cor litúrgica: verde Evangelho do dia: São Lucas 11, 15...