terça-feira, 12 de julho de 2016

Coluna do blog




Olha como paulista pensa que pensa

Editorial da Folha de S.Paulo: "O dossiê para a candidatura do Rio continha 1.100 projetos de arquitetura e urbanismo distribuídos em 538 páginas. Foram anexados 130 documentos de garantias que, se empilhados, alcançariam 2,5 metros de altura. Trata-se um monumento representativo do que restará para a cidade após a Olimpíada: mais papel do que legado". Se isso fosse em São Paulo, isto é, a olimpíadas fosse na pauliceia desvairada é grandeza, coisa da monumental Sampa, a maior cidade de America Latina, uma das maiores do mundo. Mas não é lá, então não presta. Aliás e só pra ilustrar, na verdade a título de ilustração, aquele tal de Paulo Skaf, que inventou o Pato da Paulista pra barrar os juros da Dilma, já está de texto novo, como explica do Brickman: “Um dos articuladores do impeachment foi Paulo Skaf, da Fiesp, que criou os patos infláveis contra a alta dos impostos ("não vou pagar o pato"). Agora o presidente Temer já admite a alta dos impostos para reduzir um pouco o tremendo déficit orçamentário. A CISE, talvez, sobre os combustíveis, que não precisa de aprovação do Congresso. Ou a CPMF, que o pessoal de Dilma tanto defendia. Problemas? Não: o pessoal de Dilma agora é de Temer. Nem é preciso modificar as ideias de que todos precisam ter múltiplos assessores. Para o Governo, vamos combinar, é mais fácil aumentar impostos do que reduzir despesas. Onde já se viu privar um funcionário de médio escalão de seu carro com motorista?A campanha "somos contra a alta dos impostos, mas é necessária" já começou: pesquisa patrocinada pela Associação Comercial de São Paulo diz que 77% dos brasileiros acham justo que os mais ricos paguem mais impostos. Aliás, não são bem os mais ricos: são os que têm maiores salários. As grandes fortunas ficam fora. Rico mesmo é sempre poupado.


A frase: “O interino vai privatizar os aeroportos da Ponte Aérea Rio-São Paulo”. E tinha idiota pensando que a Dilma era bandida.



Anúncio do caos (Nota da foto)
Tem gente querendo legalizar o jogo do bicho. Tem gente querendo a reabertura dos cassinos de forma aos que existem saiam da ilegalidade. Tem gente querendo estabilizar as roletas de quermesses, os caipiras de porta de mercado, as pretinhas e tudo quanto é tipo de jogo de azar que existe no Brasil. Isso é um horror!!! Como vai correr dinheiro pra campanhas eleitorais? Como vai ser a vida de um bocado de agente da Lei que vive exatamente graças às tais proibições? Se legalizarem isso deixa e ser Brazil e não quero deixar que isso aqui deixe de ser Brasil.

O mérito
A Federação Lojista do Ceará comemora nessa quinta feira, dia 14, o DIA DO COMERCIANTE, quando será outorgada medalha Clóvis Rolim ao empresário Paes Mendonça.

Loterias dos sonhos
O senador Fernando Bezerra Coelho  participa hoje, de reunião com representantes do Ministério Público e da Polícia Federal para discutir o PLS 186/2014, do qual ele é o relator.

Hipocrisia é não legalizar
Trata-se do projeto que legaliza o funcionamento de cassinos, bingo, jogo do bicho e vídeo jogos.

Aprimoramento
A reunião terá por objetivo colher sugestões dos órgãos de fiscalização para aprimorar o texto, que foi considerado prioritário pelo presidente do Senado, Renan Calheiros.

Economia pela tavolagem
Ele faz parte da Agenda Brasil, conjunto de propostas em tramitação no Senado para incentivar a retomada do crescimento econômico do país.

Não vai passar
Será proibido que detentores de mandatos eletivos explorem essa atividade. Essa vedação ainda atinge cônjuge, companheiro ou parente em linha reta até o 1° grau.

PMDB vai de carona
Por absoluta falta de quadros, também por receio de nova derrocada, o PMDB não terá candidato próprio a prefeito de Fortaleza. No máximo criará mais um vice.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Terra treme em Sobral e repercute em Lisboa

Sismo de 4,3 de magnitude sentido em Lisboa Epicentro registou-se a cerca de 4 quilómetros a Este-Nordeste de Sobral de Monte Agraç...