segunda-feira, 11 de julho de 2016

Coluna do blog




Racha
Nos próximos dias estará evidente que o controle do Congresso por Michel Temer não é o que se lê e ouve. No Senado prolifera a reação à farsa da "austeridade" financeira, acompanhada de aumentos bilionários dos gastos. Com a participação até de integrantes do DEM, articula-se no Senado a derrubada de projetos de aumento propostos ou apoiados por Temer. A semana promete. Inclusive, embora de outra maneira, para os deputados, que se deram uns dias de lazer restaurador. Aliás...ativistas da nova (i)moralidade, deputados do PSDB juntam-se, sob orientação de Aécio Neves, a Michel Temer para escolher um futuro presidente da Câmara aprovável por Eduardo Cunha. Ou seja, que ajude a salvá-lo.

A frase: "O que tenho certeza que o perturba(Trump), que o enfurece, é a invocação de raça e etnia na política". "A mensagem de Obama é sobre a América emergente e a força de nossa diversidade. Ele a representa. E quando Trump diz 'Faça a América Grande de Novo', há um elemento de voltar no tempo para a época em que as minorias tinham que se sentar no fundo do ônibus". Disse David Axelrod, um ex-assessor da Casa Branca.


Teria sido traquinagem?
O Juiz de Direito Aldenor Sombra de Oliveira, lá em Sobral, concedeu liminar em ação contra José Crisóstomo Baroso Ibiapina, (Zezão) e Valfredo Linhares Ribeiro, (Fredim), vereadores e o auxiliar lá deles, Willian Ramos Tavares, mandando indisponibilizar os bens dos mesmos porquanto teriam cometido irregularidades junto à Câmara Municipal de Sobral. Houve manifestação popular. O vereador Zezão é o presidente da Casa Legislativa.

Acrisio foi ao meio fio
O vereador Acrísio Sena (PT) está acusando a desigualdade econômica e a concentração de renda como os principais responsáveis pela violência em Fortaleza. 

Desigualdade
O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará confirma que vivemos na capital mais adensada do Brasil, com os dez bairros mais ricos localizados na SER II e os dez mais pobres nas regionais V e VI”, expõe.

Um terço em favela?
Segundo Acrísio, o mapa da exclusão em Fortaleza mostra outros dados contundentes. Os 7% da população que vivem nos dez bairros mais ricos da cidade abocanham 26% da renda produzida, enquanto 1/3 mora em favelas. 

E agora,Acrisio?
“Quase 80% dos nossos habitantes ganham, no máximo, R$ 1.020. Somos apenas a 20ª capital na remuneração das pessoas com empregos formais, com 24% de informais e 134 mil cidadãos vivendo na extrema pobreza”, ressaltou.

Recesso na Assembleia
Esta semana a Assembleia do Ceará vai trabalhar pra limpar a pauta do primeiro semestre. O recesso que tem data marcada pra 17, já na sexta, 15, deveria contar. É ano eleitoral. Vale quase tudo.

Que lembrança
Governo do Estado e Prefeitura inauguraram um novo conjunto habitacional do Minha Casa. 1.920 novas famílias no complexo dos escritores. O que gostei mesmo para fazer este registro, além das casas, foi a homenagem a Antero de Quental.

Na cidade grande
Falam que é  para este ano a instalação de uma unidade da Defensoria Pública da União em Sobral. Será a primeira fora do Quintal.

Demolição
A Prefeitura mandou demolir na Praça do Ferreira, o que seria um trambolho para abrigar a Guarda Municipal. Vai ter uma guarita sim, para a GM, mas será uma espécie de contêiner itinerante a ser movimentado em lugares da Praça. Coisa de boa educação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstado Ce