terça-feira, 26 de julho de 2016

Brasileira tenta ampliar voto pro Hillary nos Estados Unidos

Isabel Santos é a única brasileira que atua como delegada na convenção democrata - O Globo / Henrique Gomes Batista
FILADÉLFIA — Nascida em São Félix de Minas, cidade de 3.823 habitantes na região de Governador Valadares, Isabel Santos é a única brasileira que atua como delegada na convenção democrata. Representando o condado de Palm Beach, na Flórida, ela comemora o feito e afirma que quer ser a voz dos brasileiros no debate político nos Estados Unidos.
- Eu não quero ter cargo político, mas estou no partido para representar os brasileiros e mostrar que temos peso - afirmou Isabel, que mora há 30 anos no país. - E temos muito trabalho por fazer. Na minha região, nas últimas eleições, apenas 45% dos brasileiros com direito a voto foram às urnas.
ADVERTISEMENT
Envolvida sempre com a área de educação, ela afirma ter sido no trabalho com crianças, em Massachusetts, que despertou para a necessidade de ampliar a atuação política da comunidade brasileira. Ela diz que, quando criou o programa de português como segunda língua para filhos de brasileiros, identificou que muitos iam mal na escola por causa dos problemas de integração dos pais na sociedade americana. Então passou a trabalhar com adultos e viu a necessidade de ampliar o debate político. - Os imigrantes que vieram aos EUA chegaram com desgosto pela política brasileira e não queriam se envolver com política aqui. Tento mostrar para eles como isso é importante - disse.
Quando se mudou para a Flórida, envolveu-se ainda mais com os brasileiros e começou a mostrar para os delegados a força da comunidade, que conta com jornais, revistas e rádios em português. Assim, foi convidada para ser delegada do partido em 2008 e, agora, novamente. Orgulhosa, diz que nem pensa em votar em Bernie Sanders:
- A maior parte da comunidade brasileira que é democrata vota em Hillary Clinton, até porque só conseguiu se legalizar com as políticas de Bill Clinton - conta ela, afirmando que a ex-secretária de Estado, se eleita, será uma presidente que fará história no país. - É muito emocionante viver este momento e, ainda mais, representando o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A luz

Ainda bem que tem o sol.