quinta-feira, 30 de julho de 2015

Infiel é Eunicio,diz Anibal. Ói!


Aníbal Ferreira Gomes acusa senador Eunício Oliveira de infidelidade partidária
O deputado federal peemedebista Aníbal Ferreira Gomes acusou o presidente estadual do PMDB, Eunício Oliveira, de infidelidade partidária, nas últimas eleições ao Governo do Estado, em 2014. Conforme o parlamentar se existiu traição na última eleição, foi cometida por Eunício, onde denuncia que votou no tucano Aécio Neves para a Presidência da República. O senador, segundo o deputado, era para ter votado em Dilma Rousseff, que tinha como vice da sua chapa Michel Temer, que é o presidente nacional do PMDB. “Quem deve ser expulso do partido é o senador Eunício Oliveira”, decreta. Aníbal teve recentemente a informação de que o senador Eunício Oliveira, entrou com pedido na comissão de ética do partido, para que seja expulso, em razão de ter votado, na eleição de 2014, em Camilo Santana. “Eu não estou criticando o senador Eunício Oliveira, porque ele pode votar em quem quiser fora do partido, mas posso provar que ele votou em Aécio Neves e não em Dilma Rousseff, que tem como vice-presidente o peemedebista Michel Temer”, disse o parlamentar, criticando que quem deveria ser punido pela executiva nacional do PMDB, era o senador. “Isso não vai acontecer, porque Eunício Oliveira é poderoso, é rico e tem livre trânsito na área federal”, pontuou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coluna do blog

Dulce começa santificado Roma 9 Itália - 18 graus -A Basílica Sant"Andrea Della Valle, no Corso Vitorio Emanuelle locou cedo. 90% era...